Serra Negra (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município da Estância Hidromineral de Serra Negra
Vista da cidade do Mirante do Redentor

Vista da cidade do Mirante do Redentor
Bandeira da Estância Hidromineral de Serra Negra
Brasão da Estância Hidromineral de Serra Negra
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 23 de setembro de 1828 (185 anos)
Gentílico serrano - (vide site do ibge)
Lema Virtvte Pavlistarvm Florvi traduzido do latim, significa: "Floresço Graças ao Valor dos Paulistas"
Prefeito(a) Antônio Luigi Ítalo Franchi
(2009–2012)
Localização
Localização da Estância Hidromineral de Serra Negra
Localização da Estância Hidromineral de Serra Negra em São Paulo
Estância Hidromineral de Serra Negra está localizado em: Brasil
Estância Hidromineral de Serra Negra
Localização da Estância Hidromineral de Serra Negra no Brasil
22° 36' 43" S 46° 42' 03" O22° 36' 43" S 46° 42' 03" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Campinas IBGE/2008[1]
Microrregião Amparo IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Itapira e Lindoia; Sul: Monte Alegre do Sul; Leste: Amparo; Oeste: Socorro
Distância até a capital 142 km[2]
Características geográficas
Área 203,010 km² [3]
População 26 362 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 129,86 hab./km²
Altitude 925 m
Clima Tropical de Altitude Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,817 muito alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 262 606,851 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 10 201,89 IBGE/2008[6]
Página oficial

Serra Negra é um município do estado de São Paulo, no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter como dia de fundação 23 de setembro de 1828, na realidade sabe-se que esta data pertence a outro importante fato acontecido em nossa cidade: a concessão de Capela Curada localizada no terreno de Lourenço Franco de Oliveira (no atual bairro de Três Barras) a Serra Negra pelo Bispo Diocesano de Mogi- Mirim.

No início do século XVIII ( por volta de 1700) era grande a quantidade de colonizadores pretendendo terras nos locais cortados pelos caminhos que ligavam o litoral à região das minas de Goiás (ouro e diamantes).

Requerida as sesmarias (lote de terra inculta que os Reis de Portugal cediam a quem se dispusesse a cultivá-lo) localizadas à margem da estrada referida, eram logo concedidas e, assim, penetravam os bandeirantes léguas e léguas pelo sertão adentro.

Por ser penoso o acesso a estas terras devido as montanhas chamadas de negras pela cor da vegetação, o povoamento se tornou difícil. Somente após 1800 (século XIX) é que começaram a aparecer alguns moradores nessa região.

O mais importante nome que aparece na História de Serra Negra é o de Lourenço Franco de Oliveira, que é considerado o verdadeiro fundador da cidade. Nascido no ano de 1775 na cidade de Bragança Paulista, era casado com Dona Manoela Bueno.

Tinha um espírito aventureiro e decidiu sair pelos sertões com sua família e uma caravana de escravos até chegar a Mogi-Mirim, que na época era uma espécie de posto avançado ligando a sede da capitania de São Paulo as terras desconhecidas.

Após explorar certas áreas, fixou residência no atual Bairro das Três Barras (barra=foz de rio).

Formou uma fazenda, com criação de gado e cultivo de cereais, propôs aos poucos moradores da região a fundação de uma pequena capela, que foi erigida em nome de Nossa Senhora do Rosário do Rio do Peixe. A tradição conta que a imagem da santa foi encontrada perto de um velho tronco de árvore e a crença popular afirmava que a Santa desejava não sair da companhia do velho tronco, ficando assim a capela estabelecida neste ponto.

Em 1828, foi feita a pedido de Lourenço Franco de Oliveira ao Bispo Diocesano de Mogi-Mirim, a concessão de Capela Curada a Serra Negra, sendo designado um padre para "conduzir aquelas ovelhas".

Por este motivo é comemorado a data de fundação da cidade em 23 de setembro. Lourenço Franco de Oliveira morreu em 13 de março de 1883 e seu corpo foi sepultado dentro da ainda Capela de Nossa Senhora do Rosário do Rio do Peixe.

Quase dez anos se passaram, e em 1841 uma lei elevava o povoamento de Serra Negra a Freguesia (povoação sob o aspecto eclesiástico; conjunto de paroquianos). Sendo cada vez mais próspera a situação do povoado, os seus influentes moradores trabalharam ativamente a fim de conseguir sua elevação à categoria de Vila (povoação de categoria entre aldeia e cidade) e a criação de um Município (circunscrição administrativa que se exerce a jurisdição de uma vereança), o que foi alcançado em 24 de março de 1859, e mais tarde, a elevação à categoria de Cidade, em 21 de abril de 1885.

Estância hidromineral[editar | editar código-fonte]

Serra Negra é um dos 11 municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de "estância hidromineral", termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de Amparo.

Possui as Paróquias de Nossa Senhora do Rosário e São Francisco de Assis.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 22º36'44" sul e a uma longitude 46º42'02" oeste, estando a uma altitude de 925 metros. Sua população estimada em 2008 era de 25 741 habitantes.(no minimo 27 mil habitantes. by bexiga de socorro.) Possui uma área de 203,010 km².

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Tem, como principal atividade econômica, o turismo, com uma forte e extensa rede hoteleira, seguido da agricultura e da extração de água mineral, sendo, hoje, um dos maiores produtores nacionais do produto, com onze empresas atuando.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista. Página visitada em 28 de fevereiro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Serra Negra