Soyuz 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Soyuz 3
Insígnia da missão
Sinal de chamada Аргон (Argon)
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 1
Lançamento 26 de outubro de 1968, 08:34:18 UTC
Cosmódromo de Baikonur LC1
Aterrissagem 30 de outubro de 1968, 07:25:03 UTC
Órbitas 64
Duração 3 dias, 22 h, 50 min, 45 s
Navegação
Último
Último
Soyuz 2
Soyuz 4 Soyuz-4-patch.png
Próximo
Próximo

Soyuz 3 (em russo Союз 3 - União 3) foi a segunda missão tripulada do programa Soyuz da URSS.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Missão[editar | editar código-fonte]

O objetivo da missão era acoplar com a missão não tripulada Soyuz 2 (a missão tripulada Soyuz 2 original foi cancelada devido aos problemas com a Soyuz 1, que resultaram na morte do cosmonauta Vladimir Komarov). A missão ocorreu entre 26 e 30 de outubro de 1968. A acoplagem planejada para a missão falhou, por erro humano de Beregovoi, que insistentemente colocava a nave em uma posição que provocava a falha no acoplamento e terminou por consumir boa parte do combustível do veículo. Ao fim da missão, contudo, a imprensa soviética informou que o voo fora coroado com êxito. Segundo informações oficiais, o objetivo da missão era apenas aproximar-se da Soyuz 2 como um teste, sem acoplamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas (em inglês)[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a União Soviética é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.