Soyuz TMA-12

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soyuz TMA-12
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 3
Lançamento 8 de abril de 2008, 11:16:00 UTC
Baikonur LC1/5
Aterrissagem 24 de outubro de 2008, 03:37 UTC
Imagem da tripulação
Da esquerda para direita: Yi So-Yeon, Sergey Volkov, Oleg Kononenko
Da esquerda para direita:
Yi So-Yeon, Sergey Volkov, Oleg Kononenko
Navegação
Último
Último
Soyuz TMA-11 Patch.png Soyuz TMA-11
Soyuz TMA-13 Soyuz-TMA-13-Mission-Patch.png
Próximo
Próximo

Soyuz TMA-12 foi uma missão da Soyuz à Estação Espacial Internacional (ISS), sendo a 99ª missão tripulada do programa Soyuz. Lançada do Cosmódromo de Baikonur em 8 de abril de 2008, acoplou com a ISS no dia 10 de abril. A missão permaneceu em órbita até 24 de outubro de 2008.

A nave levou dois integrantes da Expedição 17 os cosmonautas russos Sergey Volkov e Oleg Kononenko e a primeira sul-coreana a viajar ao espaço, a doutora em ciências e cosmonauta Yi So-Yeon. A astronauta sul-coreana retornou com a tripulação da Expedição 16 na Soyuz TMA-11.

A nave ficou acoplada à ISS durante toda a duração da Expedição 17 servindo como veículo de escape de emergência.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Tripulação lançada na Soyuz TMA-12[editar | editar código-fonte]

Tripulação retornada na Soyuz TMA-12[editar | editar código-fonte]

Missão[editar | editar código-fonte]

A Soyuz TMA-12 teve o mais jovem comandante da história do programa Soyuz-ISS, o russo Volkov, primeiro comandante da segunda geração de cosmonautas russos aos 35 anos, filho do ex-cosmonauta Aleksandr Volkov e levou a bordo o primeiro coreano ao espaço, a cosmonauta So-Yeon, graças ao programa conjunto entre a Agência Espacial Russa e o programa espacial coreano, que realizou experimentos científicos por onze dias na ISS.

O retorno ocorreu em 24 de outubro de 2008, quando além dos dois cosmonautas russos, que integravam a Expedição 17 da ISS, ela trouxe a bordo o turista espacial e programador de games para computadores Richard Garriott, que subiu ao espaço naquele mesmo mês, na missão Soyuz TMA-13.

Ver também[editar | editar código-fonte]