Václav Havel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Václav Havel
Primeiro-ministro
Mandato 2 de fevereiro de 1993
a 2 de fevereiro de 2003
Primeiro-ministro Václav Klaus
Josef Tošovský
Miloš Zeman
Vladimír Špidla
Sucessor(a) Václav Klaus
10º Presidente da Checoslováquia Tchecoslováquia
Mandato 29 de dezembro de 1989
a 20 de julho de 1992
Primeiro-ministro Marián Čalfa
Jan Stráský
Antecessor(a) Gustáv Husák
Sucessor(a) Posição abolida
Vida
Nascimento 5 de outubro de 1936
Praga, Checoslováquia
Morte 18 de dezembro de 2011 (75 anos)
Praga, República Checa
Nacionalidade checa
Dados pessoais
Alma mater Universidade Técnica Checa de Praga
Faculdade de Teatro de Praga
Primeira-dama Olga Havlová (falecida em 1996)
Dagmar Veškrnová (desde 1997)
Profissão Escritor e Dramaturgo
Assinatura Assinatura de Václav Havel
Website http://www.vaclavhavel.cz

Václav Havel GColL (Praga, 5 de outubro de 1936 — Praga, 18 de dezembro de 2011[1] ) foi um escritor, intelectual e dramaturgo checo. Foi o último presidente da Checoslováquia e o primeiro presidente da República Checa.

Firme defensor da resistência não-violenta (tendo passado cinco anos preso por suas convicções), tornou-se um ícone da Revolução de Veludo em seu país, em 1989. Em 29 de dezembro de 1989, na qualidade de chefe do Fórum Cívico, elegeu-se presidente da Checoslováquia pelo voto unânime da Assembleia Federal.

A 13 de Dezembro de 1990 recebeu o Grande-Colar da Ordem da Liberdade.

Manteve-se no cargo após as eleições livres de 1990. Apesar das crescentes tensões, Havel apoiou a preservação da federação entre checos e eslovacos durante a dissolução da Checoslováquia. Em 3 de julho de 1992, o parlamento federal não logrou elegê-lo - o único candidato a presidente - devido à falta de apoio dos deputados eslovacos. Após a declaração de independência da Eslováquia, Havel renunciou à presidência, em 20 de julho. Quando da criação da República Checa, candidatou-se ao cargo de presidente e venceu as eleições em 26 de janeiro de 1993.

Após combater um câncer de pulmão, Havel foi reeleito presidente em 1998. Seu segundo mandato presidencial terminou em 2 de fevereiro de 2003, sucedendo-lhe seu grande adversário, Václav Klaus. Encontra-se sepultado no Cemitério Vinohradsky, Praga, na República Checa.[2]

Václav Havel (2008)

Obras[editar | editar código-fonte]

Coleções de poesia[editar | editar código-fonte]

  • Čtyři rané básně
  • Záchvěvy I & II (1954)
  • První úpisy (1955)
  • Prostory a časy (1956)
  • Na okraji jara (cyklus básní) (1956)
  • Antikódy (1964)

Peças teatrais[editar | editar código-fonte]

  • Motormorphosis (1960)
  • Hitchhiking Here (Autostop) (1960)
  • An Evening with the Family (1960)
  • The Garden Party (1963)
  • The Memorandum (1965)
  • The Increased Difficulty of Concentration (1968)
  • Butterfly on the Antenna (1968)
  • Guardian Angel (1968)
  • Conspirators (1971)
  • The Beggar's Opera (1975)
  • Unveiling (1975)
  • Audience (1975)
  • Mountain Hotel (1976)
  • Protest (1978)
  • Mistake (1983)
  • Largo desolato (1984)
  • Temptation (1985)
  • Redevelopment (1987)
  • Tomorrow (1988)
  • Leaving (2007)
  • Dozens of Cousins (2009) – um esboço curto de Unveiling
  • The Pig ou Václav Havel's Hunt for a Pig (2009) – baseado em um texto de 1987, adaptado por Vladimír Morávek em 2009

Livros de não-ficção[editar | editar código-fonte]

  • The Power of the Powerless (1985) (Incluído ensaio titular de 1978)
  • Living in Truth (1986)
  • Letters to Olga (Dopisy Olze) (1988)
  • Disturbing the Peace (1991)
  • Open Letters (1991)
  • Summer Meditations (Letní přemítání) (1992/93)
  • Towards a Civil Society (1994)
  • The Art of the Impossible (1998)
  • To the Castle and Back (2007)

Livros de ficção[editar | editar código-fonte]

  • Pizh'duks

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • Odcházení (2011)

Referências

  1. Morreu Vaclav Havel Diário de Notícias (18 de dezembro de 2011).
  2. Václav Havel (em inglês) no Find a Grave.
Precedido por
Marián Čalfa
Presidente da Checoslováquia
19891992
Sucedido por
Jan Stráský
Precedido por
nenhum
Presidente da República Checa
19932003
Sucedido por
Václav Klaus


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]