Victor Fasano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Victor Fasano
Victor Fasano em visita a Academia Brasileira de Letras
Nome completo Victoriano Augusto Duarte Fasano
Outros nomes Victor Fasano
Nascimento 2 de setembro de 1958 (56 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Ator, cineasta, diretor teatral, escritor
Atividade 1990 - presente
IMDb: (inglês)

Victoriano Augusto Duarte Fasano[1] mais conhecido apenas como Victor Fasano (São Paulo, 2 de setembro de 1958) é um ator, cineasta, escritor, poeta, diretor teatral e dramaturgo brasileiro de teatro e televisão.

Victor é conhecido por seus trabalhos em telenovelas e no cinema, além do teatro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu na cidade de São Paulo, em 1958. Estreou na televisão na telenovela Barriga de Aluguel, na Rede Globo, no papel do protagonista Zeca.

O ator já fez seis tramas da novelista Glória Perez, tendo sido cinco novelas - Barriga de Aluguel, De Corpo e Alma, O Clone, América e Caminho das Índias - e uma minissérie - Amazônia, de Galvez a Chico Mendes.

Outros dois de seus trabalhos também foram Heitor, de Salsa e Merengue (escrita por Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa), e Edmundo Falcão, de Torre de Babel, assinada por Silvio de Abreu, também da Globo. 

Seu primeiro trabalho fora da Rede Globo foi a telenovela Canavial de Paixões, do SBT, na qual fez uma participação especial na primeira fase, como o canalha é mulherengo Amador Giácomo. Em 2010 Victor esteve em Ribeirão do Tempo, de Marcílio Moraes, da Rede Record.

Foi secretário da Secretaria Especial de Proteção e Efetivação dos Animais da cidade do Rio de Janeiro, na gestão do ex-prefeito Cesar Maia.

O ator declarou não possuir conta em sites de relacionamento social como Orkut e Twitter.[2]

No dia 1 de janeiro de 2010, Fasano foi internado com malária no Hospital Barra D'Or, no Rio de Janeiro.[3] Recebeu alta no dia 3.[4] Ele pegou a doença depois que viajou para Atalaia do Norte, no Amazonas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

  • 2000 - Sai de Baixo .... cliente do restaurante (participação especial)
  • 2001 - O Clone .... Tavinho (Otávio Valverde)

Referências

  1. Perfil do ator (em português) Globo Entretenimento (15 de outubro de 2009). Página visitada em 22 de junho de 2011.
  2. Victor Fasano diz não ter se arrependido de ter agredido o Repórter Vesgo (em português). Página visitada em 22 de junho de 2011.
  3. Victor Fasano é internado em Hospital (em português). Página visitada em 22 de junho de 2011.
  4. Victor Fasano é internado (em português). Página visitada em 22 de junho de 2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.