Área de Proteção Ambiental de Anhatomirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Área de Proteção Ambiental Anhatomirim
Categoria V da IUCN (Paisagem/Costa Protegida)
Boto-cinza da espécie Sotalia fluviatilis
Localização SC, Brasil
Dados
Área 3 000 ha
Criação 20 de maio de 1992
Gestão ICMBio
Coordenadas 27° 25' 23" S 48° 36' 18" O
Área de Proteção Ambiental Anhatomirim está localizado em: Brasil
Área de Proteção Ambiental Anhatomirim

A área de proteção ambiental de Anhatomirim é uma unidade de conservação brasileira de uso sustentável da natureza localizada no município catarinense de Governador Celso Ramos.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A área de proteção ambiental de Anhatomirim (APA de Anhatomirim) foi criada pelo Decreto nº 528, de 20 de maio de 1992.[2] A solicitação de criação da unidade, segundo o Ibama, partiu do arquiteto André Ferreira.[3]

Objetiva assegurar a proteção da população residente de boto-cinza (Sotalia fluviatilis), a sua área de alimentação e reprodução, bem como de remanescentes da floresta pluvial Atlântica e fontes hídricas de relevante interesse para a sobrevivência das comunidades de pescadores artesanais da região.[2]

O projeto da APA de Anhatomirim concorreu contra os interesses envolvidos em um estaleiro, cuja implantação, planejada na região, encontrava-se em fase de licenciamento ambiental.[3][4]

Caracterizacão da área[editar | editar código-fonte]

Com uma área de 3 000 ha, inicia-se na foz do Rio Pequeno ou das Areias, junto à Praia do Tijuquinhas, seguindo em direção Norte pela estrada que liga a Praia Tijuquinhas ao povoado de Areias Segunda, deste ponto, segue pela Rodovia Estadual SC-409 em direção NE até o local em que a mesma cruza o Rio Antônio Mafra, deste ponto, segue o curso do Rio Antônio Mafra até sua foz na praia da Armação da Piedade; deste ponto, segue em direção NE, acompanhando o limite dos terrenos de marinha até a Ponta do Mata-Mata; deste ponto, segue numa linha reta em direção Sul até a distância de uma milha marítima da costa; deste ponto, o limite acompanha a distância de uma milha marítima da costa, rumo geral Sudoeste, até encontrar a Baía de São Miguel; deste ponto, segue numa linha reta em direção Norte, até encontrar o seu início na foz do rio Pequeno/das Areias, onde o perímetro da área protegida é fechado.[2]

Referências

  1. Área de proteção ambiental Anhatomirim. Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente. Página visitada em 23 de dezembro de 2011.
  2. a b c «DECRETO No 528, DE 20 DE MAIO DE 1992». Presidência da República - Casa Civil- Subchefia para Assuntos Jurídicos. 20 de maio de 1992. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  3. a b «APA de Anhatomirim». #blog Coletivo UC da Ilha. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
  4. «DOSSIÊ AMBIENTAL CONTRA A OSX E SEU ESTALEIRO EM BIGUAÇU – SC». #blog Coletivo UC da Ilha. Consultado em 23 de dezembro de 2011. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.