Eike Batista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Eike Batista
EIKE BATISTA (crop).jpg
Nome completo Eike Fuhrken Batista da Silva
Nascimento 3 de novembro de 1956 (60 anos)
Governador Valadares, Brasil
Fortuna Baixa US$ −900 milhões (falido) (2015)[1][2]
Parentesco Eliezer Batista da Silva (pai)
Filho(s) Thor Batista (n. 1992)
Olin Batista (n. 1996)
Balder Batista (n. 2013)[3]
Ocupação Empresário

Eike Fuhrken Batista da Silva (Governador Valadares, 3 de novembro de 1956)[4] é um empresário brasileiro que fez e perdeu fortuna na exploração de mineração, petróleo, gás, logística, energia, indústria naval e carvão mineral.[5]

Segundo último Balanço da Organização o valor estimado era de 40 Bilhões de Dólares Norte-americanos.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Eike Fuhrken Batista da Silva é filho de uma alemã e um brasileiro. É presidente do Grupo EBX, um conglomerado formado por seis companhias listadas no Novo Mercado[6] da Bovespa na cidade de São Paulo, segmento com os mais elevados padrões de governança corporativa.

Em 2012, Eike Batista teve sua fortuna ampliada em 10,1 bilhões de dólares por causa de cláusulas da venda de parte da EBX para o fundo Mubadala Development, de Abu Dhabi.[7] Isso o tornou a 3ª pessoa mais rica do Brasil, com uma fortuna avaliada em US$ 12,4 bilhões, ficando na 75º posição de pessoa mais rica do mundo.[8]

Em entrevista ao programa Fantástico,[9] da Rede Globo, e Conta Corrente,[10] da GloboNews, o empreendedor diz que cria riquezas do zero e que “empreender é identificar riquezas”.[11]

Em julho de 2012, foi eleito o 21º maior brasileiro de todos os tempos, no concurso realizado pelo SBT.

Em julho de 2013, segundo o ranking da Bloomberg, a fortuna de Eike Batista derreteu para 200 milhões de dólares.[12] Assim, Batista perdeu mais de 99 por cento de seus ativos dentro de um ano.

Em 2014, seu patrimônio foi reduzido, segundo suas contas, a 1 bilhão de dólares negativo.[1][2]

Em fevereiro de 2015 os bens de Batista e familiares, como ex-mulher, foram bloqueados.[13] Em fevereiro a Polícia Federal (PF) apreendeu três carros de luxo na casa de Luma de Oliveira, ex-mulher do empresário. O empresário responde por seis crimes na Justiça Federal; no dia 11 de fevereiro os agentes apreenderam em sua casa de praia, em Angra dos Reis, uma lancha, três motos aquáticas e um iate. A embarcação italiana, com capacidade para 20 pessoas, foi comprada em 2006 por cerca de 85 milhões de reais.[14]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Eike é um dos sete filhos de Jutta Fuhrken e de Eliezer Batista da Silva, ex-presidente da Companhia Vale do Rio Doce (de 1961 a 1964 e de 1979 a 1986) e ex-ministro de Minas e Energia[carece de fontes?].

A mãe nasceu em Hamburgo, Alemanha e, com ela, Eike afirma ter aprendido a ter autoestima e disciplina, atributos fundamentais para sua formação de empreendedor[15]. Depois de passar a infância no Brasil, foi morar, no início da adolescência, em Genebra (Suíça), Dusseldórfia (Alemanha) e Bruxelas (Bélgica), acompanhando a família, que se mudou para a Europa por causa da carreira profissional do pai. Em 1974, iniciou o curso de Engenharia Metalúrgica na Universidade Técnica de Aachen, na Alemanha[16], mas nunca o concluiu[17]. Aos 18 anos, quando seus pais voltaram ao Brasil, começou a vender apólices de seguro de porta em porta na cidade para garantir sua renda pessoal e manter-se de forma independente no exterior.[15] Em entrevistas, Batista costuma afirmar que o estresse e o aprendizado adquiridos com essa experiência foram decisivos para sua formação.

De volta ao Brasil, no início dos anos 1980, passou a se dedicar ao comércio de ouro e diamantes. Fluente em cinco idiomas[18], foi intermediário entre produtores da Amazônia e compradores de grandes centros do Brasil e da Europa. Com apenas 21 anos, montou uma empresa de compra e venda de ouro, chamada Autram Aurem, que já tinha o sol inca como símbolo, marca registrada de suas empresas[carece de fontes?]. Em um ano e meio, acumulou 6 milhões de dólares com a comercialização de ouro[carece de fontes?]. Implementou a primeira planta aurífera aluvial mecanizada na Amazônia[19], criando o próprio grupo. Aos 29 anos, tornou-se o principal executivo da TVX Gold, empresa listada na Bolsa do Toronto, Canadá, o que marcou o início do seu relacionamento com o mercado de capitais global. De 1980 a 2000, criou 20 bilhões de dólares em valor com a operação de oito minas de ouro no Brasil e Canadá e uma mina de prata no Chile. Entre 1991 e 1996, o valor de sua empresa mais que triplicou. Um projeto na Grécia, contudo, causou perdas na companhia, como resultado da recusa do governo grego de licenciar a mina. Em 2001, a TVX Gold acabou sendo comprada pela Kinross Gold Corp. por 875 milhões de dólares canadenses.

Eike gosta de correr[20], de nadar e de lanchas desportivas. No início dos anos 1990, foi campeão brasileiro[21][22], americano[carece de fontes?] e mundial[carece de fontes?] na categoria Super Powerboat Offshore. Em 2006, completou as 220 milhas náuticas entre Santos e Rio de Janeiro em 3h01m47s e bateu o recorde da travessia a bordo da máquina Spirit of Brasil[23].

O empreendedor é pai de dois filhos: Thor e Olin, fruto do casamento, que terminou em 2004, com a atriz e modelo Luma de Oliveira. Eike namora a empresária e advogada Flávia Sampaio, que esteve à frente da Beaux, centro de saúde e beleza do Grupo EBX na Barra da Tijuca, que encerrou suas operações em fevereiro de 2012[24].

Eike mantém uma vida digital atualizada[25]. Possui um sítio pessoal com artigos, vídeos[26] e notícias sobre suas empresas[27]. O canal digital que Batista elegeu para ser seu principal meio de comunicação pessoal é o Twitter. Seu perfil no microblog, @eikebatista, tem mais de 1,2 milhoes de seguidores, que repercutem suas mensagens[28] e conversam com ele. Em 2011, Eike lançou o livro O X da Questão[29], que conta sua trajetória no mundo dos negócios e dá dicas de empreendedorismo.

A revista Veja apontou o empreendedor[30] como fonte de inspiração para a nova leva de milionários brasileiros. "Está florescendo um novo capitalismo no Brasil, formado por empreendedores que se orgulham do próprio sucesso e não têm vergonha de mostrar o dinheiro que têm. É exatamente esse discurso que venho repetindo há anos, desde que comecei a levar minhas empresas à bolsa, mesmo sendo visto com desconfiança para alguns. Se ganhei dinheiro com meu trabalho, porque não falar sobre isso abertamente?", afirmou Batista em entrevista.

Reportagem da Veja Rio revelou[31] como o empresário adotava na filantropia a mesma atitude que usa para empreender e realizar. São iniciativas que promovem o desenvolvimento social, a diversidade cultural e o equilíbrio ambiental. Desde 2006, as doações realizadas pelo empreendedor já somam cerca de 253 milhões de reais. Em 2011, foram 91 milhões de reais. "Não quero ser apenas o homem mais rico do Brasil, quero ser também o mais generoso", diz o empresário à revista. A revista cita iniciativas como o apoio aos parques nacionais dos Lençóis Maranhenses, Marinho de Fernando de Noronha e do Pantanal Mato-grossense, o patrocínio a oito filmes do cinema nacional e a doação de recursos para conclusão do Hospital Pro Criança, no Rio.

Em 2008, Eike Batista foi alvo de investigação que denunciou uma operação da Polícia Federal que recebeu o nome Toque de Midas. Eike foi "mentor intelectual" de fraude em licitação, segundo a Polícia[32].

Em 13 de setembro de 2014, o Ministério Público Federal denunciou Eike por crimes contra o mercado: manipulação de mercado e uso indevido de informação privilegiada.[33]

Em 23 setembro de 2015 a OSX, do grupo EBX, foi citada por delator como envolvido no escândalo da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato[34]

Visão 360º[editar | editar código-fonte]

Eike Batista desenvolveu em suas empresas o chamado “processo de empreender”[35], que permite identificar os vários processos que precisam ser executados simultaneamente em cada empreendimento para que se obtenha sucesso: a "Visão 360º". Trata-se de um quadro esquematizado com nove áreas/tipos de engenharia: engenharia de pessoas, financeira, jurídica, política, logística, ambiental e social, de marketing, de saúde e de segurança, além da própria engenharia comum (a engenharia da engenharia).

Empresas[editar | editar código-fonte]

O grupo[editar | editar código-fonte]

As empresas que fazem parte do grupo são: OGX (óleo e gás), MPX (energia), LLX (logística), MMX (mineração), OSX (indústria naval offshore) e CCX (carvão mineral). O nome do grupo leva as iniciais de Eike Batista[36] (EB) acrescidas de um X, que simboliza o potencial de gerar e multiplicar riquezas e o acompanha desde a década de 80, quando Eike, aos 29 anos, se tornou acionista maioritário, chairman e CEO da TVX Gold, empresa listada na bolsa do Canadá (TSX). A utilização de siglas compostas de três letras, sempre finalizadas pela letra X tem uma explicação dada pelo próprio Eike: "O X representa a multiplicação, acelera a criação da riqueza"[37].

O Grupo EBX, que já produz minério de ferro em Minas Gerais e no Mato Grosso do Sul[38] e colocou em operação a primeira usina solar em escala comercial do País[39], investe U$S 15,5 bilhões entre 2011 e 2012 no Brasil. 20 mil pessoas trabalham na operação e construção dos empreendimentos do grupo, entre eles o Superporto do Açu[40], da LLX, em São João da Barra (RJ); o Superporto Sudeste[41], da MMX, em Itaguaí (RJ)[42]; as usinas termoelétricas da MPX em Itaqui[43] (MA) e Pecém (CE)[44] e a usina de energia solar de Tauá (CE)[45]; além da campanha exploratória da OGX nas bacias de Campos (RJ), Santos (SP) e Parnaíba (PI)[46][47], e investimento em mineração de ouro, prata e cobre, por meio da AUX.

Em março de 2012, a Mubadala Development Company (Mubadala), empresa de desenvolvimento e investimento estratégico de Abu-Dhabi, nos Emirados Árabes, e Eike Batista, fundador do Grupo EBX, anunciaram a assinatura de uma parceria estratégica.[48] Conforme os temos do acordo, a Mubadala fará um investimento inicial de US$2 bilhões. O investimento da Mubadala está estruturado de forma a garantir uma participação de 5,63% na EBX, incluindo participação indireta tanto nas suas empresas de capital aberto como também nas de capital fechado.

O grupo de Eike Batista tem sede no Rio de Janeiro, atua em nove estados e possui escritórios em Nova York (EUA), Colômbia e Chile.

Além das áreas de infraestrutura e exploração de recursos naturais, o grupo do empresário Eike Batista investe ainda nos segmentos imobiliário (REX)[49], de entretenimento (IMX)[50], tecnologia (SIX)[51] e catering (NRX)[52]. Na cidade do Rio, a EBX desenvolve iniciativas nas áreas de esporte[53][54], entretenimento, gastronomia[55], saúde e beleza[56].

Pelas iniciativas realizadas no Rio de Janeiro, Batista foi reconhecido como empreendedor de 2011 e personalidade do ano, pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide Rio)[57], Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro (Rio Negócios) e Ademi (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário)[58].

Desde o começo dos anos 2000, esforçou‐se principalmente nas áreas de recursos naturais e infraestrutura[59]. De 2004 a 2010 criou, estruturou e abriu o capital das empresas MMX (mineração), MPX (energia), OGX (petróleo), LLX (logística), OSX (indústria offshore) e CCX (carvão mineral).

MMX[editar | editar código-fonte]

A MMX[60] é a companhia de mineração do Grupo EBX. Criada em 2005, a companhia tem dois sistemas em plena operação: Sudeste (MG) e Corumbá (MS). Constrói no município de Itaguaí (RJ) o Superporto Sudeste[61] – terminal portuário privativo de uso misto, dedicado exclusivamente à movimentação de minério de ferro.

MPX[editar | editar código-fonte]

A MPX[62], companhia de energia presente no Brasil, Chile e Colômbia, tem negócios complementares em geração elétrica, mineração de carvão e exploração e produção de gás natural. Em agosto de 2011, a companhia inaugurou a primeira usina de energia solar em escala comercial do país, em Tauá, no Ceará[63].

OGX[editar | editar código-fonte]

A OGX[64] é a empresa do Grupo EBX que atua no setor de exploração e produção de óleo e gás natural. A companhia é responsável pela maior campanha exploratória privada em curso no Brasil[65]. Em 31 de janeiro de 2012, a OGX anunciou a produção do seu primeiro óleo, marcando também o início da produção de um novo campo. O poço produtor foi batizado de Waimea e fica nas águas rasas da bacia de Campos.

A OGX é a primeira empresa privada nacional a operar em plataforma offshore (plataforma petrolífera) brasileira. Até o final de 2012, quando três poços estiverem em operação, está prevista a extração de aproximadamente 50 mil barris por dia, o que colocaria a empresa como a quinta maior do setor no Brasil, atrás de Petrobras, Chevron, Shell e Statoil.[66]

Em 30 de outubro de 2013, a OGX ajuizou pedido de recuperação judicial, em função de sua situação financeira.[67]

LLX[editar | editar código-fonte]

A LLX[68], empresa de logística do Grupo EBX, tem principal atuação na construção do Superporto do Açu, no Estado do Rio de Janeiro, maior empreendimento porto-indústria da América Latina[69].

OSX[editar | editar código-fonte]

A OSX, companhia do grupo que atua na área de indústria naval offshore, trabalha na construção do maior estaleiro[70] das Américas no complexo industrial do Superporto do Açu. A companhia também presta serviços para a indústria naval offshore de petróleo[71] e gás natural.

CCX[editar | editar código-fonte]

A CCX[72] é a companhia que desenvolve projeto integrado de mineração de carvão do Grupo EBX. Surgiu a partir da cisão dos ativos de carvão mineral da MPX na Colômbia.

Classificações[editar | editar código-fonte]

No início de setembro de 2011, a revista Bloomberg Markets divulgou a lista das 50 pessoas mais influentes para as finanças globais, e o presidente do Grupo EBX foi o único brasileiro citado[73]. Eike Batista aparece na categoria “empreendedores inovadores”, como um dos dez empresários da classificação mundial.

Com patrimônio avaliado em 30 bilhões de reais, Eike Batista subiu uma posição na classificação de fortunas da Forbes, passando para a 7.ª colocação em 2012, o primeiro colocado sul-americano.[74]

Em janeiro de 2012, a revista IstoÉ o escolheu como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo na categoria Ousados[75], ao lado de personalidades da política, economia e entretenimento.

Pelo 5.º ano consecutivo, em 2012, a Revista Época o citou como um dos 100 brasileiros mais influentes do ano[76]. Ele também esteve na lista dos 100 mais influentes de 2010 da Revista Istoé [77] e, em 2011, foi destaque como um dos principais líderes mobilizadores e revolucionários no mundo dos negócios nacionais e internacionais, na lista de mil CEOs da revista Dinheiro[78]. Em pesquisa com mais de mil empresários, a revista Carta Capital elegeu Eike o "Líder mais admirado no Brasil"[79], que levou em consideração critérios como responsabilidade social, ética, respeito pelo consumidor e qualidade de produtos e serviços. Com patrimônio avaliado em 30 bilhões de reais [80], a Forbes o listou em 2011 como a 8.ª pessoa mais rica do mundo, sendo o primeiro entre os sul-americanos e lusófonos.[81] A Folha de S. Paulo destacou Eike como exemplo de empreendedor[82] com fortuna chamada "self-made", ou seja, adquirida por esforço próprio (e não por herança)[83].

Em março de 2008, o brasileiro mais bem colocado na lista da revista Forbes era Antônio Ermírio de Morais, na 77.ª posição com um patrimônio familiar de dez bilhões de dólares. Outros 17 brasileiros, dentre eles Eike Batista (que declarara em 2008 que pretendia se tornar o homem mais rico do mundo em cinco anos), apareciam na lista. Em 2008, Batista tinha uma fortuna estimada em 6,6 bilhões de dólares e ocupava a posição de n.º 142 na lista dos homens mais ricos do mundo.[84] Em 2009, o empresário passou para a posição n.º 61, sendo considerado o homem mais rico do Brasil.[85]. Além do tamanho da fortuna, impressiona a velocidade com que Batista aumentou seu patrimônio e criou empresas. De 2004 a 2010, ele criou, estruturou e abriu o capital das empresas MMX (mineração), MPX (energia), OGX (petróleo), LLX (logística) e OSX (indústria offshore)[86][87].

Parte de seu sucesso é atribuído à experiência adquirida ao longo de três décadas de atividades no Brasil[79] e no mundo, com o desenvolvimento de negócios globais, capacidade para “gerar riquezas a partir do zero” e disciplina.[15]

Desde a década de 1980, Batista criou e colocou em operação oito minas de ouro no Brasil e Canadá (Amapari, Casa Berardi, Crixás, Musselwhite, New Britania, Novo Astro, Novo Planeta e Paracatu), uma mina de prata no Chile (La Coipa), além de três minas de ferro no Brasil (Mina 63, Tico-tico e Ipê). O sucesso do empresário também pode ser creditado à capacidade de formar parcerias e de contratar grandes executivos do mercado, convencidos a trabalhar com o empreendedor em troca de generosas participações no capital das empresas.

Em novembro de 2012, perdeu o título de pessoa mais rica do Brasil para Jorge Paulo Lemann, investidor da Anheuser-Busch InBev. Em 7 de dezembro, recuperou o posto e esteve em terceiro lugar, atrás de Lemann e de Dirce Camargo, herdeira do setor de construção civil. O patrimônio de Batista estava avaliado em 12,7 bilhões de dólares, segundo a classificação da Bloomberg.[88][89][90]

Em fevereiro de 2013, a revista “Pequenas Empresas & Grandes Negócios (PEGN)”, da Editora Globo, divulgou pesquisa que elegeu Batista como o empresário mais admirado. Em parceria com a Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), ouviram-se mais de 3 mil donos de negócios, para traçar um perfil dos empreendedores brasileiros.[91]

Referências

  1. a b Lima, Samantha (17 September 2014). «‘Voltar à classe média é um baque gigantesco’, afirma Eike Batista». Folha de S. Paulo. Folha da manhã. «Seu patrimônio, estimado em US$ 30 bilhões, em 2012, foi reduzido, segundo suas contas, a US$ 1 bilhão negativo.» 
  2. a b Antunes, Anderson (18 de setembro de 2014). «Former Billionaire Eike Batista Bemoans His Return To The Middle Class». Forbes (em inglês). Consultado em 25 de março de 2016. «Former billionaire Eike Batista, the flamboyant Brazilian entrepreneur whose wealth peaked at $30 billion in 2012, now says he has a negative net worth of $1 billion» 
  3. (junho de 2013) "Nasce Baldur, terceiro filho de Eike Batista, diz jornal". Folha de S. Paulo.
  4. Eike Batista, BR: Blog-X, http://www.eikebatista.com.br/(X(1)S(h0mkw1jdfyru2b45dx2mia45))/page/bio.aspx, visitado em 11 de outubro de 2012 
  5. "Ascensão e queda de Eike", G1 (Globo), http://g1.globo.com/economia/ascensao-e-queda-de-eike-batista/platb/, visitado em 13 de março 2015 .
  6. "EBX Brasil SA", Empresas listadas, BR: BM&F Bovespa, http://www.bmfbovespa.com.br/cias-listadas/empresas-listadas/BuscaEmpresaListada.aspx?Nome=EBX, visitado em 22 de setembro 2011 
  7. "Brazilian Batista’s wealth down X billion on EBX pledge" (em inglês), Bloomberg, 13 de dezembro de 2012, http://www.bloomberg.com/news/2012-12-13/brazilian-batista-s-wealth-down-x-billion-on-ebx-pledge.html .
  8. "Aktien Wachwechsel in Brasilien" (em alemão), Handelsblatt, http://www.handelsblatt.com/finanzen/boerse-maerkte/boerse-inside/aktien-wachwechsel-in-brasilien/7581040-3.html .
  9. "Eike Batista dá dicas para você se tornar um empreendedor", Fantástico (Globo), 1 de janeiro de 2011, http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1677595-15605,00-EIKE+BATISTA+DA+DICAS+PARA+VOCE+SE+TORNAR+UM+EMPREENDEDOR.html .
  10. "Eike Batista compartilha os segredos do bom empreendimento", G1 (Globo), 14 de janeiro de 2012, http://g1.globo.com/videos/globo-news/conta-corrente/t/todos-os-videos/v/eike-batista-compartilha-os-segredos-do-bom-empreendimento/1778846/ .
  11. "Eike Xiaoping, o otimista Buffet e o capitalista Romney", Veja (BR: Abril), 16 de janeiro de 2012, http://veja.abril.com.br/blog/nova-york/crise-economica/eike-xiaoping-o-otimista-buffett-e-o-capitalista-romney/ .
  12. Spinetto, Lucchesi & Cuadros 2013.
  13. «Eike Batista e família têm bens bloqueados pela Justiça Federal do Rio». O Globo. Globo. 4 de fevereiro de 2015. Consultado em 19 de dezembro de 2015. 
  14. Santos, Ana Paula (12 de fevereiro de 2015). «Polícia Federal apreende bens de Eike Batista e de Luma de Oliveira». G1 Jornal Nacional. Globo. Consultado em 28 de fevereiro de 2015. 
  15. a b c "Eike Batista: "É preciso ter algum tipo de estresse"", Época (Globo), 9 de junho de 2011, http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI236883-15228,00.html .
  16. "Oitavo mais rico, Eike Batista quer fazer do Brasil uma potência", Economia (BR: Terra), 9 de março 2011, http://economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201103100044_EFE_79563851 .
  17. "8 executivos famosos que não terminaram a faculdade", Exame (BR: Abril), http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/8-executivos-famosos-que-nao-terminaram-a-faculdade 
  18. "A Brazilian magnate points to himself for inspiration" (em inglês), The New York Times, 2012-1-21, http://www.nytimes.com/2012/01/21/world/americas/a-brazilian-magnate-points-to-himself-for-inspiration.html .
  19. Oliveira, Darcio (30 de abril 2011). «O enigma Eike». Época Negócios. Globo. .
  20. "Bilionário Eike Batista corre cercado de seguranças", Ego (Globo), 17 de setembro 2011, http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1673240-9798,00-BILIONARIO+EIKE+BATISTA+CORRE+CERCADO+DE+SEGURANCAS.html .
  21. "Eike Batista quebra o recorde de travessia Santos-Rio em quase meia hora", Náutica (BR), 3 de janeiro 2006, http://www.nautica.com.br/noticias/viewnews.php?nid=ultd4e7e6c1a68583b48e78466190821179 .
  22. "Velocidade Milionária", IstoÉ Dinheiro (BR), 7 de setembro 2011, http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/5310_VELOCIDADE+MILIONARIA .
  23. "Santos-Rio em 3 h 1 min 47 s", Paraná Online, 19 de julho 2008, http://www.parana-online.com.br/editoria/pais/news/162000/ .
  24. "Beaux, clínica de estética de Eike Batista suspende operações", Exame (BR: Abril), 7 de fevereiro de 2012, http://exame.abril.com.br/pme/noticias/beaux-clinica-de-estetica-de-eike-batista-suspende-operacoes .
  25. "Como os CEOs usam as redes sociais", IstoÉ Dinheiro (BR), 15 de julho 2011, http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/61377_COMOS+OS+CEOS+USAM+AS+REDES+SOCIAIS .
  26. "Grupo EBX de Eike Batista lança plataforma digital e canal no YouTube", UOL (Folha da manhã), 18 de novembro 2010, http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2010/11/18/grupo-ebx-de-eike-batista-lanca-plataforma-digital-e-canal-no-youtube.jhtm .
  27. "EBX lança plataforma digital", Meio & Mensagem (BR), 19 de novembro 2010, http://grupomm.mmonline.com.br/noticias.mm?url=ebx_lanca_plataforma_digital_ .
  28. "Frases de Eike Batista", UOL (BR: Folha da manhã), http://fotos.noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/frases-eike-batista_album.htm, visitado em 27 de janeiro de 2011 .
  29. «Leia o primeiro capítulo da biografia de Eike Batista que será lançada hoje». Época. Globo. 5 de dezembro de 2011. 
  30. "Eike Xiaoping, o otimista Buffet e o capitalista Romney", Veja (BR: Abril), 16 de janeiro de 2012, http://veja.abril.com.br/blog/nova-york/crise-economica/eike-xiaoping-o-otimista-buffett-e-o-capitalista-romney/ .
  31. "Eike Batista doa milhões", Veja Rio (BR: Abril), 28 de dezembro de 2011, http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/eike-batista-doa-milhoes-657007.shtml .
  32. "Delegado afastado critica superintendente da PF", Folha de S. Paulo (BR: Folha da manhã), 22 de junho 2008, http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2207200809.htm .
  33. "MPF-RJ denuncia Eike Batista por crimes contra o mercado", G1 (BR: G1), 13 de setembro de 2014, http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/09/mpf-rj-denuncia-eike-batista-por-crimes-contra-o-mercado.html .
  34. «Novo delator envolve empresa de Eike em esquema de propinas na Petrobras». UOL. 23 de setembro de 2015. Consultado em 13 de março de 2016. 
  35. Nunca pare de sonhar, diz Eike O Globo, 18 de novembro de 2011
  36. "O enigma Eike", Época Negócios (Globo), 15 de abril 2011, http://epocanegocios.globo.com/Revista/Epocanegocios/0,,EDG83434-8374-15-6,00-O+ENIGMA+EIKE.html .
  37. "Eike Batista é o 8º mais rico do mundo", O Estado de S. Paulo (BR), 11 de março 2011, http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100311/not_imp522542,0.php .
  38. "MMX diz ter 1,5 bi de toneladas de recursos auditados", O Estado de S. Paulo (BR), 14 de março 2011, http://economia.estadao.com.br/noticias/neg%C3%B3cios,mmx-diz-ter-15-bi-de-toneladas-de-recursos-auditados,58500,0.htm .
  39. "Eike inaugura primeira usina solar comercial do país", Veja (BR: Abril), 4 de agosto 2011, http://veja.abril.com.br/noticia/economia/eike-inaugura-primeira-usina-solar-comercial-do-pais .
  40. "Eike Batista vê crescimento robusto para o Brasil na próxima década", Jornal da Imprensa (BR), 13 de fevereiro 2011, http://www.jornaldaimprensa.com.br/TvVideo/1025/Eike-Batista-v%C3%AA-crescimento-robusto-para-o-Brasil-na-pr%C3%B3xima-d%C3%A9cada .
  41. "MMX conclui perfuração do túnel do Superporto Sudeste", UOL (BR), 28 de setembro 2011, http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/valor/2011/09/28/mmx-conclui-perfuracao-do-tunel-do-superporto-sudeste.jhtm .
  42. "Conselho da MMX aprova aumento de capital de R$ 464,5 milhões", O Estado de S. Paulo, 23 de maio 2011, http://economia.estadao.com.br/noticias/ae-mercados,conselho-da-mmx-aprova-aumento-de-capital-de-r-4645-milhoes,68202,0.htm .
  43. "Materiais da MPX chegam ao Porto do Itaqui", Tribuna do Maranhão, 19 de janeiro 2011, http://www.tribunadomaranhao.com.br/noticia/materias-da-mpx-chegam-ao-porto-do-itaqui-9066.html .
  44. Centec capacita 100 jovens para a Termelétrica MPX Pecém II, Governo do Ceará, 2 de junho 2011, http://www.ceara.gov.br/component/content/article/3464/3464 .
  45. "MPX inicia testes de usina de energia solar no Ceará", O Globo, 24 de maio 2011, http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/05/24/mpx-inicia-testes-de-usina-de-energia-solar-no-ceara-924531911.asp .
  46. "OGX anuncia descoberta de hidrocarbonetos na bacia de Santos", Folha de S. Paulo, 12 de maio 2011, http://www1.folha.uol.com.br/mercado/914836-ogx-anuncia-descoberta-de-hidrocarbonetos-na-bacia-de-santos.shtml .
  47. "Eike prevê receita de U$60 bi com exportação de óleo até 2020", Folha de S. Paulo (BR: Folha da manhã), 31 de maio 2011, http://www1.folha.uol.com.br/mercado/923409-eike-preve-receita-de-us-60-bi-com-exportacao-de-oleo-ate-2020.shtml .
  48. "Mubadala investe U$ 2 bilhões no Grupo EBX", Exame (BR: Abril), 26 de abril de 2012, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/aquisicoes-fusoes/noticias/mubadala-investe-us-2-bilhoes-no-grupo-ebx .
  49. "EBX vai transformar prédio do Flamengo em hotel no Rio", Exame (BR: Abril), 10 de janeiro de 2012, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/servicos/noticias/ebx-vai-transformar-predio-do-flamengo-em-hotel-no-rio .
  50. "Eike Batista lança IMX, que pretende ser a maior do Brasil em esportes", Exame (BR: Abril), 9 de dezembro de 2011, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/eike-batista-lanca-imx-que-pretende-ser-a-maior-do-brasil-em-esportes .
  51. "Eike Batista cria uma nova empresa: a SIX", Exame (BR: Abril), 5 de outubro de 2011, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/eike-batista-cria-uma-nova-empresa-a-six .
  52. "EBX de Eike Batista cria a NRX Newrest para entrar no setor de catering", Folha de S. Paulo (BR: Folha da manhã), 27 de dezembro de 2011, http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1026640-ebx-de-eike-cria-nrx-newrest-para-entrar-no-setor-de-catering.shtml .
  53. Eike Batista investe R$13 milhões e cria nova equipe de vôlei no Rio, 5 de abril de 2011, http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,eike-batista-investe-r-13-milhoes-e-cria-nova-equipe-de-volei-no-rio,701996,0.htm .
  54. "Empresa de esportes de Eike quer investir R$500 milhões em 4 anos", G1 (BR: Globo), 9 de dezembro de 2011, http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2011/12/empresa-de-esportes-de-eike-quer-investir-r-500-milhoes-em-4-anos.html .
  55. "Comida Chinesa 5 estrelas", IstoÉ Gente (BR: Terra), http://www.terra.com.br/istoegente/361/diversao_arte/gastronomia.htm, visitado em 27 de janeiro de 2012 .
  56. "Eike no mundo da beleza", IstoÉ (BR), 17 de setembro de 2010, http://www.istoe.com.br/reportagens/101491_EIKE+NO+MUNDO+DA+BELEZA .
  57. "Lide, de Dória, prestigia Eike Batista e vice-versa", R7, 24 de agosto de 2011, http://noticias.r7.com/blogs/hildegard-angel/2011/08/24/lide-de-doria-prestigia-eike-batista-e-vice-versa/ .
  58. "O melhor do melhor da construção civil nos últimos 40 anos", R7, 13 de dezembro de 2011, http://noticias.r7.com/blogs/hildegard-angel/2011/12/13/o-melhor-do-melhor-da-construcao-civil-nos-ultimos-40-anos/ 
  59. "Brasil poderia viver em isolamento, disse Eike em entrevista à rede BBC", Exame, 28 de novembro de 2011, http://exame.abril.com.br/economia/noticias/brasil-poderia-viver-em-isolamento-disse-eike-em-entrevista-a-rede-bbc .
  60. "Eike Batista quer transformar MMX em segunda Vale", Mercado em Ação (Google Blogger), 16 de setembro 2010, http://mercadoemacao.blogspot.com/2010/09/eike-batista-quer-transformar-mmx-em.html .
  61. "MMX obtém lucro e quer novas parcerias na venda de minério", DCI, 11 de agosto 2011, http://www.dci.com.br/MMX-obtem-lucro-e-quer-novas-parcerias-na-venda-de-minerio-9-385193.html .
  62. "Empresa de Eike leva térmica em leilão de energia", O Globo, 17 de agosto 2011 .
  63. "A hora e a vez da energia solar", G1 (Globo), 25 de agosto 2011, http://g1.globo.com/platb/globo-news-cidades-e-solucoes/2011/08/25/a-hora-e-a-vez-da-energia-solar/ .
  64. "Eike Batista prevê que OGX poderá exportar U$ 40 bilhões em petróleo e gás em 2015", O Globo, 31 de maio 2011, http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/05/31/eike-batista-preve-que-ogx-podera-exportar-us-40-bi-em-petroleo-gas-em-2015-924576919.asp 
  65. "OGX concluída a perfuração do poço OGX 23 na bacia de Santos", Petróleo etc (BR), 11 de janeiro 2011, http://www.petroleoetc.com.br/pretoleo-e-gas/ogx-concluida-a-perfuracao-do-poco-ogx-23-na-bacia-de-santos/ .
  66. Manzoni, Ralphe Jr; Ferreira, Rosenildo Gomes (27 de janeiro de 2012), "A prova de Eike", Istoé Dinheiro, http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/77331_A+PROVA+DE+EIKE .
  67. «OGX, petroleira de Eike, oficializa pedido de recuperação judicial». G1 Economia. 31 de outubro de 2013. Consultado em 19 de dezembro de 2015. 
  68. "Empresa Eike Batista obtém licença para porto no Rio", Exame (BR: Abril), 13 de abril de 2009, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/empresa-eike-batista-obtem-licenca-porto-rio-449097 .
  69. WORLD "Brazil's richest man builds huge port" (em inglês), CNN, 21 de outubro 2010, http://articles.cnn.com/2010-10-21/world/brazil.port_1_lula-da-brazilian-coast-richest-man?_s=PM WORLD 
  70. "OSX recebe licença para construção de estaleiro", Brasil Econômico, 27 de junho 2011, http://www.brasileconomico.com.br/noticias/osx-recebe-licenca-para-construcao-de-estaleiro_103482.html .
  71. "OSX fecha contrato de U$800 milhões para construção de plataforma", Exame (BR: Abril), 21 de julho 2011, http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/osx-fecha-contrato-de-us-800-mi-para-construcao-de-plataforma .
  72. CCX adere ao Novo Mercado da BM&F Bovespa, BR: BM&F Bovespa, 25 de maio de 2012, http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/noticias/2012/CCX-adere-ao-Novo-Mercado-da-BMFBOVESPA-2012-05-25.aspx?idioma=pt-br .
  73. "50 Most Influential" (em ingles), Bloomberg, 9 de setembro 2011, http://media.bloomberg.com/bb/avfile/reeflAHmtmiE .
  74. "Na Forbes, Eike sobe uma posição e vira o 7º mais rico do mundo", Estadão (O Estado de Sao Paulo), 7 de março de 2012, http://blogs.estadao.com.br/radar-economico/2012/03/07/na-forbes-eike-sobe-uma-posicao-e-vira-o-7%C2%BA-mais-rico-do-mundo/ .
  75. "As 1000 personalidades mais influentes de 2012 - ousados", IstoÉ, 20 de janeiro de 2012, http://www.istoe.com.br/reportagens/187321_AS+100+PERSONALIDADES+MAIS+INFLUENTES+DE+2012+OUSADOS .
  76. Época, Globo, http://glo.bo/XvAbnx .
  77. "Os 100 mais influentes de 2010: Ousados", IstoÉ, 7 de janeiro 2011, http://www.istoe.com.br/reportagens/118875_OS+100+MAIS+INFLUENTES+2011+OUSADOS .
  78. "Dinheiro lança guia com os principais CEOs do mundo", IstoÉ Dinheiro, 25 de maio 2011, http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/58617_DINHEIRO+LANCA+GUIA+COM+OS+PRINCIPAIS+CEOS+DO+MUNDO .
  79. a b "Sou o anti-mega-puxadinho", Carta Capital (Mino Carta), 1 de novembro de 2011, http://www.cartacapital.com.br/economia/%E2%80%98sou-o-anti-mega-puxadinho%E2%80%99/ .
  80. "Lista Forbes Brasil mostra os 74 bilionários brasileiro", Finanças (Yahoo), http://br.financas.yahoo.com/noticias/lista-forbes-brasil-mostra-os-74-bilion%C3%A1rios-brasileiros.html .
  81. "The 20 richest people in the world" (em inglês), Forbes, 27 de maio de 2011, http://www.forbes.com/2011/03/09/billionaires-20-richest_slide_8.html .
  82. Eike Batista, o bilionário que quer fazer do Brasil uma potência, UOL, 9 de março de 2011, http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2011/03/09/eike-batista-o-bilionario-que-quer-fazer-do-brasil-uma-potencia.jhtm .
  83. "Herança e origem da fortuna de 50 bilionários do Brasil", Folha de S. Paulo, 11 de março de 2011, http://www1.folha.uol.com.br/mercado/887215-heranca-e-origem-da-fortuna-de-50-dos-bilionarios-do-brasil.shtml .
  84. Eike Batista entra na lista da "Forbes" e Warren Buffet desbanca Bill Gates, UOL, 5 de março de 2011 .
  85. "O Mr. X da Bolsa", Veja, 18 de junho de 2008, http://veja.abril.com.br/180608/p_094.shtml .
  86. Eike Batista fala sobre o inicio de sua bem sucedida carreira, Globo, 20 de maio de 2011, http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1515050-7822-EIKE+BATISTA+FALA+SOBRE+O+INICIO+DE+SUA+BEMSUCEDIDA+CARREIRA,00.html .
  87. Manhattan Connection entrevista Eike Batista, Globo, 13 de março de 2011, http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1459236-7823-MANHATTAN+CONNECTION+ENTREVISTA+EIKE+BATISTA,00.html .
  88. Cuadros, Alex (14 de dezembro de 2012). «Fortuna de Eike passa a 3ª do país após perda de US$ 6,8 bilhões». Exame. BR: Abril. Consultado em 15 de dezembro de 2012. 
  89. «Eike Batista "perde" US$ 6,8 bi e cai para 3º mais rico do Brasil». Terra Networks. 14 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2012. 
  90. «Eike "perde" US$ 6,8 bi em um dia e passa a ser 3º brasileiro mais rico». Gazeta do Povo. 14 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2012. 
  91. PEGN (Globo), 1º de março 2013, http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI332643-17180,00.html .

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Spinetto, Juan Pablo; Lucchesi, Cristiane; Cuadros, Alex (2013-7-25), "Brazil’s Batista Loses Billionaire Status as Debts Mount" (em inglês), Bloomberg 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Último Balanço consolidado da Organização "X", segundo Justiça Federal do Brasil (Processo Falimentar da Organização, em Dólares - americanos