Área de trabalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Desktop, expressão inglesa oriunda de desktop publisher (editor de textos de mesa), é o termo internacionalmente usado para se referir aos computadores de mesa, que têm tudo separado (rato ou mouse, teclado, gabinete, monitor, impressora...), em oposição aos laptops (computadores portáteis, por vezes também chamados notebooks). Na comparação, os desktops também costumam ter um menor custo.

O termo desktop também pode ser defindo como: tampo da mesa, onde se apoiam os objetos de trabalho. Esta ideia é metaforicamente usada no meio computacional para denominar a Área de Trabalho (na tradução do Windows no Brasil) ou Ambiente de Trabalho (na tradução do Windows em Portugal) ou, ainda, Mesa (na tradução do Mac OS no Brasil) ou Secretária (na tradução do Mac OS em Portugal) é como se a tela do monitor de um computador pessoal representasse a área de trabalho de uma tampa de uma mesa de escritório.

Em meio computacional, uma área de trabalho consiste em um ambiente gráfico adequado ao usuário (ou utilizador), onde ele pode abrir algumas janelas de programas e efetuar operações básicas sobre as janelas abertas e sobre o ambiente em si. Há ambientes gráficos (gerenciadores de janelas) que permitem ao usuário ter mais de uma área de trabalho aberta ao mesmo tempo, para que haja uma melhor distribuição das janelas dos programas abertos entre as áreas de trabalho, resultando numa melhor organização.

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.