Draft da NBA de 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de 2012 NBA Draft)
Ir para: navegação, pesquisa
2012 NBA Draft
NBA Draft 2012.jpg
Informações Gerais
Data 28 de junho de 2012
Horário 7:00 pm (EDT)
Local Prudential Center
em Newark, New Jersey
Transmissão ESPN, TSN
Primeira Escolha Anthony Davis, New Orleans Hornets
NBA Draft
2011 2013 >
Anthony Davis foi selecionado em primeiro pelo New Orleans Hornets. O ala-pivô foi 4 vezes All-Star da NBA, uma vez MVP do All-Star Game, duas vezes no Primeiro Time do All-NBA Team e uma vez no Primeiro Time do NBA All-Rookie Team.

O 2012 NBA Draft foi realizado no dia 28 de junho de 2012, no Prudential Center em Newark, New Jersey. O draft começou às 7:00 pm Eastern Daylight Time (23:00 UTC) e foi transmitido nos Estados Unidos pela ESPN. Neste draft, os times da National Basketball Association (NBA) selecionaram novatos da universidade nos Estados Unidos e outros jogadores elegíveis, incluindo jogadores internacionais. Esse draft marcou a primeira vez em que os dois primeiros selecionados vieram da mesma universidade (Anthony Davis e Michael Kidd-Gilchrist eram companheiros de time em Kentucky).[1] E também estabeleceu o recorde de seis jogadores de uma mesma universidade (Kentucky) a serem selecionados ao longo do draft e foi o primeiro draft a ter três freshman da mesma conferência, a Conferência Sudeste, a serem escolhidos nas três primeiras escolhas. Dos jogadores selecionados, 30 são alas, 21 são armadores, e 9 são pivôs.

O Draft de 2012 marcou a primeira aparição do Brooklyn Nets. O draft também marcou a última aparição do New Orleans Hornets. Depois da temporada 2012-13, a franquia foi renomeada New Orleans Pelicans. New Orleans fez sua primeira aparição como Pelicans em 2013.

Regras para eligibilidade[editar | editar código-fonte]

O draft foi conduzido dentro das regras estabelecidas na agora-expirada collective bargaining agreement (CBA) com a união de jogadores. A CBA que terminou o lockout de 2011 na NBA instituiu mudanças imediatas para o draft, mas chamou um comitê de donos de franquias e jogadores para discutir mudanças futuras.[2] Como em 2011, as regras do draft estão listadas abaixo.

  • Todos os jogadores draftados devem ter ao menos 19 anos durante o ano do draft. Em termos de datas, todos os jogadores elegíveis para o draft de 2012 devem ter nascido depois de 31 de dezembro de 1993.[3]
  • Qualquer jogador que não seja considerado um "jogador internacional", como definido na CBA, deve ter ao menos um ano concluído na uniersidade.[3] A CBA define como "jogadores internacionais" jogadores que residiram permanentemente fora dos Estados Unidos até no mínimo 3 anos antes do draft, que não completaram o colegial nos Estados Unidos e nunca foram matriculados em faculdades no país. [4]

O requerimento básico para elegibilidade automática para um jogador americano é completar a faculdade. [5] Jogadores que condizem com a definiçãoda CBA para "jogador internacional" são elegíveis automaticamente em seu 22º aniversário, que ocorra durante o ano em que acontece o draft (no caso, nascidos após 31 de dezembro de 1990).[6] Jogadores americanos que completaram ao menos um ano do colegial e jogaram em ligas menores, fora da NBA, também são elegíveis automaticamente.

Um jogador que não é elegível para o draft deve declarar sua elegibilidade notificando os escritórios da NBA até 60 dias antes do draft.[7][8] Para o draft de 2012, essa data expirou em 29 de abril. Dentro das regras da NCAA, os jogadores só tiveram até 10 de abril para se retirarem do draft e manterem a elegibilidade da faculdade.[9]

Um jogador contratado como empresário esportivo não será mais elegível para o colegial, apesar de poder ser draftado. Também, enquanto a CBA permite que o jogador se retire do draft 2 vezes, a NCAA retira a elegibilidade de quem se declarou duas vezes.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participantes iniciais[editar | editar código-fonte]

Em 3 de maio de 2012, a liga anunciou uma lista com 67 candidatos iniciais, que consiste em 50 jogadores da universidade e 17 jogadores internacionais.[10] Até o prazo final, 11 candidatos iniciais desistiram do draft, deixando 49 jogadores de universidade e 7 internacionais como candidatos iniciais do draft.[11]

Universitários não-formados[editar | editar código-fonte]

(Todos os jogadores são dos Estados Unidos, fora onde indicado)

Jogadores internacionais[editar | editar código-fonte]

Candidatos elegíveis automaticamente[editar | editar código-fonte]

Essa lista deve incluir apenas jogadores que se qualificam para elegibilidade automática, que chegaram aos 22 anos caso

ejam considerados "jogadores intercionais" de acordo com as regras da CBA ou completaram os quatro anos de sua universidade caso não sejam "internacionais". A assinatura de um contrato com um time de basquetebol profissional em uma liga que não seja a NBA, sendo um contrato de prestação de serviços tornará o jogador elegível automaticamente. O critério para essa situação depende se o jogador é ou não "internacional":

  • Para jogadores "internacionais", ele se torna elegível assinando um contrato fora da NBA dentro dos Estados Unidos.
  • Para jogadores não-internacionais, ele se torna elegível assinando um contrato fora da NBA dentro de qualquer país.

Cidadania não é um critério para determinar se um jogador é ou não internacional de acordo com a CBA. Como o critério já foi discutido em outro local deste artigo, ele vai ser repetido para mostrá-lo em outro contexto. Para um jogador ser "internacional", de acordo com a CBA, ele deve possuir todas essas características:

  • Residir fora dos Estados Unidos à pelo menos três anos ao horário do draft.
  • Não completou elegibilidade de basquetebol em um colégio nos Estados Unidos
  • Nunca estudou em uma universidade nos Estados Unidos.

Loteria do Draft[editar | editar código-fonte]

As primeiras 14 escolhados do draft pertencem aos times que não participaram dos playoffs; a ordem foi determinada por uma loteria. A loteria determina os três times que terão as três primeiras escolhas no draft. As outras escolhas de primeiro e segundo rounds são designadas aos times em ordem reversa à seu record de vitória-derrota na temporada anterior.

A loteria deste draft aconteceu no dia 30 de maio de 2012, no Disney/ABC Times Square Studio em New York City.[12] OsNew Orleans Hornets ganharam o direito da primeira escolha do draft, com uma chance de 13,7% de ganhá-la. Os Hornets eram um time que, anteriormente, liderava várias teorias de conspiração sobre o processo de loteria.[13][14][15][16] Os Charlotte Bobcats, que tiveram o pior record e a maior chance de ganhar a loteria, ganharam a segunda escolha do draft.

Aqui estão as chances que cada time tinha de ganhar uma escolha específica na loteria de 2012 do draft.

^ Indica o resultado da loteria
Time 2011–12
record
Chances
na Loteria
Escolha
1st 2nd 3rd 4th 5th 6th 7th 8th 9th 10th 11th 12th 13th 14th
Charlotte Bobcats 7–59 250 .250 .215^ .177 .358
Washington Wizards 20–46 199 .199 .188 .171^ .319 .124
Cleveland Cavaliers 21–45 138 .138 .143 .145 .238^ .290 .046
New Orleans Hornets 21–45 137 .137^ .141 .145 .085 .323 .156 .013
Sacramento Kings 22–44 76 .076 .084 .095 .262^ .385 .094 .004
Brooklyn Nets1[›] 22–44 75 .075 .083 .094 .414^ .294 .039 .001
Golden State Warriors 23–43 36 .036 .042 .049 .600^ .253 .021 .000
Toronto Raptors 23–43 35 .035 .040 .048 .704^ .165 .008 .000
Detroit Pistons 25–41 17 .017 .020 .024 .813^ .122 .004 .000
Minnesota Timberwolves2[›] 26–40 11 .011 .013 .016 .870^ .089 .002 .000
Portland Trail Blazers 28–38 8 .008 .009 .012 .907^ .063 .001 .000
Milwaukee Bucks 31–35 7 .007 .008 .010 .935^ .039 .000
Phoenix Suns 33–33 6 .006 .007 .009 .960^ .018
Houston Rockets 34–32 5 .005 .006 .007 .982^

^ 1: A escolha do Brooklyn Nets foi transferida ao Portland Trail Blazers.[troca 1]
^ 2: A escolha do Minnesota Timberwolves foi transferida ao New Orleans Hornets via Los Angeles Clippers.[troca 2]

Participantes convidados[editar | editar código-fonte]

A NBA anualmente convida 10-15 jogadores para sentar na conhecida "sala verde", uma sala especial ao lado do local do draft para os jogadores convidados, junto de suas famílias e empresários. Nesta temporada, os seguintes jogadores foram convidados (listados automaticamente).[17] Todos os jogadores representam os Estados Unidos da América.

Ordem do Draft[editar | editar código-fonte]

Michael Kidd-Gilchrist foi selecionado em segundo pelo Charlotte Bobcats.
Bradley Beal foi selecionado em terceiro pelo Washington Wizards. Foi escolhido uma vez para o NBA All-Rookie Team.
Dion Waiters foi selecionado em quarto pelo Cleveland Cavaliers. Foi escolhido uma vez para o NBA All-Rookie Team.
Thomas Robinson foi selecionado em quinto pelo Sacramento Kings.
Damian Lillard foi a 6ª escolha, feita pelo Portland Trail Blazers. O armador foi 2 vezes All-Star e Rookie of the Year.
Harrison Barnes foi selecionado em sétimo pelo Golden State Warriors. Foi campeão da NBA uma vez e escolhido para o NBA All-Rookie Team.
Draymond Green, escolhido apenas na 35ª escolha pelo Golden State Warriors, foi duas vezes campeão da NBA, duas vezes All-Star, 3 vezes eleito para o NBA All-Defensive Team, uma vez com maior roubos de bola na temporada e uma vez Jogador Defensivo do Ano.

Primeira Rodada[editar | editar código-fonte]

Jogadores que atualmente ainda jogam na NBA
Jogadores que atuam pela Liga de Desenvolvimento
PG Armador
SG Ala-armador
SF Ala
PF Ala-pivô
C Pivô
Escolha Nome Posição Nacionalidade Time Universidade/Time
1 Anthony Davis PF/C  Estados Unidos New Orleans Hornets Kentucky
2 Michael Kidd-Gilchrist SF  Estados Unidos Charlotte Bobcats Kentucky
3 Bradley Beal SG  Estados Unidos Washington Wizards Flórida
4 Dion Waiters SG  Estados Unidos Cleveland Cavaliers Syracuse
5 Thomas Robinson PF  Estados Unidos Sacramento Kings Kansas
6 Damian Lillard PG  Estados Unidos Portland Trail Blazers Weber State
7 Harrison Barnes SF  Estados Unidos Golden State Warriors Carolina do Norte
8 Terrence Ross SG  Estados Unidos Toronto Raptors Washington
9 Andre Drummond C  Estados Unidos Detroit Pistons Connecticut
10 Austin Rivers SG  Estados Unidos New Orleans Hornets Duke
11 Meyers Leonard C  Estados Unidos Portland Trail Blazers Illinois
12 Jeremy Lamb SG  Estados Unidos Houston Rockets Connecticut
13 Kendall Marshall PG  Estados Unidos Phoenix Suns Carolina do Norte
14 John Henson PF  Estados Unidos Milwaukee Bucks Carolina do Norte
15 Maurice Harkless SF  Porto Rico Philadelphia 76ers St. John's
16 Royce White PF  Estados Unidos Houston Rockets Iowa State
17 Tyler Zeller C  Estados Unidos Dallas Mavericks (trocado para Cleveland) Carolina do Norte
18 Terrence Jones PF  Estados Unidos Houston Rockets Kentucky
19 Andrew Nicholson PF  Canadá Orlando Magic St. Bonaventure
20 Evan Fournier SG  França Denver Nuggets Poitiers Basket 86
21 Jared Sullinger PF  Estados Unidos Boston Celtics Ohio State
22 Fabricio Melo C  Brasil Boston Celtics Syracuse
23 John Jenkins SG  Estados Unidos Atlanta Hawks Vanderbilt
24 Jared Cunningham SG  Estados Unidos Cleveland Cavaliers (trocado para Dallas) Oregon State
25 Tony Wroten PG  Estados Unidos Memphis Grizzlies Washington
26 Miles Plumlee C  Estados Unidos Indiana Pacers Duke
27 Arnett Moultrie PF  Estados Unidos Miami Heat (trocado para Philadelphia) Mississippi State
28 Perry Jones SF  Estados Unidos Oklahoma City Thunder Baylor
29 Marquis Teague PG  Estados Unidos Chicago Bulls Kentucky
30 Festus Ezeli C Nigéria Golden State Warriors Vanderbilt

Segunda rodada[editar | editar código-fonte]

Escolha Nome Posição Nacionalidade Time Universidade/Time
31 Jeffery Taylor SF  Suécia Charlotte Bobcats Vanderbilt
32 Tomáš Satoranský SG  República Checa Washington Wizards Banca Cívica Sevilla
33 Bernard James C  Estados Unidos Cleveland Cavaliers (trocado para Dallas) Flórida State
34 Jae Crowder SF  Estados Unidos Cleveland Cavaliers (trocado para Dallas) Marquette
35 Draymond Green PF  Estados Unidos Golden State Warriors Michigan State
36 Orlando Johnson SG  Estados Unidos Sacramento Kings (trocado para Indiana) UC Santa Barbara
37 Quincy Acy PF  Estados Unidos Toronto Raptors Baylor
38 Quincy Miller SF  Estados Unidos Denver Nuggets Baylor
39 Khris Middleton SF  Estados Unidos Detroit Pistons Texas A&M
40 Will Barton SG  Estados Unidos Portland Trail Blazers Memphis
41 Tyshawn Taylor PG  Estados Unidos Portland Trail Blazers (trocado para Brooklyn) Kansas
42 Doron Lamb SG  Estados Unidos Milwaukee Bucks Kentucky
43 Mike Scott PF  Estados Unidos Atlanta Hawks Virgínia
44 Kim English SG  Estados Unidos Detroit Pistons Missouri
45 Justin Hamilton C  Estados Unidos Philadelphia 76ers (trocado para Miami) LSU
46 Darius Miller SF  Estados Unidos New Orleans Hornets Kentucky
47 Kevin Murphy SG  Estados Unidos Utah Jazz Tennessee Tech
48 Kostas Papanikolaou SF  Grécia New York Knicks Olympiacos BC
49 Kyle O'Quinn PF  Estados Unidos Orlando Magic Norfolk State
50 İzzet Türkyılmaz PF  Turquia Denver Nuggets Banvit BK
51 Kris Joseph SF  Canadá Boston Celtics Syracuse
52 Ognjen Kuzmić C  Sérvia Golden State Warriors Clinicas Rincón
53 Furkan Aldemir PF  Turquia Los Angeles Clippers Galatasaray SK
54 Tornike Shengelia SF  Geórgia Philadelphia 76ers (trocado para Brooklyn) Spirou Charleroi
55 Darius Johnson-Odom SG  Estados Unidos Dallas Mavericks (trocado para Lakers) Marquette
56 Tomislav Zubčić PF  Croácia Toronto Raptors KK Cibona
57 İlkan Karaman PF  Turquia Brooklyn Nets Pınar Karşıyaka
58 Robbie Hummel SF  Estados Unidos Minnesota Timberwolves Purdue
59 Marcus Denmon PG  Estados Unidos San Antonio Spurs Missouri
60 Robert Sacre C  Estados Unidos Los Angeles Lakers Gonzaga

Jogadores notáveis não-draftados[editar | editar código-fonte]

Esses jogadores não foram selecionados no Draft da NBA.

Jogador Posição Nacionalidade Universidade/clube anterior
Machado, ScottScott Machado PG  Estados Unidos Iona
Prigioni, PabloPablo Prigioni PG  Argentina Espanha
Teletović, MirzaMirza Teletović PF  Bósnia e Herzegovina Espanha
Shved, AlexeyAlexey Shved PG/SG  Rússia Rússia

Trocas envolvendo escolhas no draft[editar | editar código-fonte]

Negociações pré-Draft[editar | editar código-fonte]

Anteriormente ao draft, as seguintes negociações foram feitas e resultaram em trocas de escolhas do draft entre os times.

  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome netsblazerstrade
  2. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome wolvesclippershornetstrade

Negociações no dia do Draft[editar | editar código-fonte]

As seguintes negociações envolvendo jogadores draftados foram realizadas no dia do draft.

Referências

  1. Hoffman, Benjamin (28 de junho de 2012). «Kentucky Reina Novamente na Noite do N.B.A. Draft». The New York Times. Cópia arquivada em 29 de junho de 2012 
  2. Zillgit, Jeff (7 de dezembro de 2011). «Memorando de Hunter para jogadores detalha CBA da NBA». USA Today. Consultado em 12 de dezembro de 2011 
  3. a b «Artigo X, Seção 1(b)(i)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2008 
  4. «Artigo X, Seção 1(c)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 31 de julho de 2009 
  5. «Artigo X, Seção 1(b)(ii)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 31 de julho de 2009 
  6. «Artigo X, Seção 1(b)(ii)G)(1)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 31 de julho de 2009 
  7. «Artigo X, Seção 1(b)(ii)(F)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2008  (non-international players)
  8. «Artigo X, Seção 1(b)(ii)(G)(3)». 2005 NBA Collective Bargaining Agreement. National Basketball Players Association. Consultado em 17 de abril de 2008. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2008  (international players)
  9. «Bylaw 12.2.4.2.1.1 Exception—Basketball—Four-Year College Student-Athlete, Men's Basketball» (PDF). 2010–11 NCAA Division I Manual. National Collegiate Athletic Association. p. 72. Consultado em 2 de fevereiro de 2011 
  10. «NBA announces early entry candidates for 2012 NBA Draft». Nba.com. 3 de maio de 2012. Consultado em 7 de agosto de 2012 
  11. National Basketball Association (20 de junho de 2012). «2012 NBA Draft Early Entry Withdrawals» (Nota de imprensa). Cópia arquivada em 29 de junho de 2012 
  12. «Charlotte Bobcats hope to reverse recent trend, win NBA lottery - ESPN». Espn.go.com. 29 de maio de 2012. Consultado em 26 de junho de 2012 
  13. Helin, Kurt. «David Stern expects your draft conspiracy theories now». nbcsports.com. Cópia arquivada em 13 de junho de 2012 
  14. Dengate, Jeff (16 de maio de 2007). «Let the Ping-Pong Balls Fall». NBA.com. Cópia arquivada em 13 de junho de 2012 
  15. Schoenfield, David (29 de junho de 2009). «The first lottery draft still rates the best». ESPN.com. Cópia arquivada em 13 de junho de 2012 
  16. «David Stern, Jim Rome battle on radio». ESPN.com. 13 de junho de 2012. Cópia arquivada em 13 de junho de 2012 
  17. «Beal, MKG receive NBA draft green room invites». Csnwashington.com. 26 de junho de 2012. Consultado em 7 de agosto de 2012 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:
  • National Basketball Association