A Aventura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
L'avventura
A Aventura (PT/BR)
 Itália/ França
1960 •  pb •  145 min 
Direção Michelangelo Antonioni
Roteiro Michelangelo Antonioni
Elio Bartolini
Tonino Guerra
Elenco Gabriele Ferzetti
Monica Vitti
Lea Massari
Dominique Blanchar
Renzo Ricci
James Addams
Dorothy De Poliolo
Lelio Luttazzi
Giovanni Petrucci
Esmeralda Ruspoli
Género drama
Idioma Italiano
Página no IMDb (em inglês)

A Aventura (no original em italiano: L'avventura) é um filme franco-italiano lançado em 1960, do gênero drama, realizado por Michelangelo Antonioni em 1960. Vaiado no Festival de Cannes em 1960[1], atualmente o filme é considerado como um dos melhores da história do cinema.

É a primeira parte da trilogia sobre alienação, a impossibilidade de se apaixonar e a incomunicabilidade na sociedade moderna que se completa com A Noite e L'eclisse, todos dirigidos por Antonioni .[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Durante um cruzeiro com amigos, uma jovem burguesa frustrada chamada Anna (Lea Massari) desaparece sem deixar rastro. O noivo, Sandro (Gabriele Ferzetti), acompanhado da melhor amiga da mulher desaparecida (Claudia, interpretada por Monica Vitti), procuram por ela, porém, aos poucos, se inicia uma progressiva aproximação entre os dois. Mas os sentimentos entre eles parecem ser incertos e o relacionamento para ser movido apenas para preencher o vazio deixado pela jovem.

Influências[editar | editar código-fonte]

O filme ajudou a criar um novo tipo de linguagem cinematográfica em que as paisagens vazias representam o estado de espírito dos protagonistas, intensificando o abismo existente entre eles.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «A Aventura: Curiosidades». adorocinema.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2016. 
  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.