Ace Ventura: When Nature Calls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ace Ventura: When Nature Calls
Ace Ventura em África (PT)
Ace Ventura 2 - Um Maluco na África (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1995 •  cor •  90 min 
Direção Steve Oedekerk
Produção Gary Barber
Bob Israel
Andrew G. La Marca
James G. Robinson
Roteiro Steve Oedekerk
Baseado em Personagens:
Jack Bernstein
Elenco Jim Carrey
Ian McNeice
Simon Callow
Maynard Eziashi
Bob Gunton
Sophie Okonedo
Tommy Davidson
Gênero Comédia
Música Robert Folk
Cinematografia Donald E. Thorin
Edição Malcom Campbell
Companhia(s) produtora(s) Morgan Creek Productions
O Entertainment
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento Estados Unidos 10 de novembro de 1995
Brasil 5 de janeiro de 1996
Portugal 29 de março de 1996
Idioma Inglês
Orçamento US$30 milhões
Cronologia
Último
Último
Ace Ventura: Pet Detective
Ace Ventura Jr: Pet Detective
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Ace Ventura: When Nature Calls (Ace Ventura 2 - Um Maluco na África (título no Brasil) ou Ace Ventura em África (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1995, que é a sequência do filme estadunidense de 1994 Ace Ventura: Pet Detective. Jim Carrey reprisa seu papel como o personagem-título Ace Ventura, um detetive que é especialista em recuperação de animais domésticos ou cativos. Esta foi por muito tempo a única sequência de um filme estrelado por Carrey em que Carrey repetiu seu papel, entretanto em 2014 foi feito a sequência do filme Débi e Lóide 20 anos após o seu primeiro filme.[1] Ian McNeice, Simon Callow, e Sophie Okonedo co-estrelando. Tommy Davidson, que co-estrelou com Carrey no show In Living Color, faz uma aparição no filme.

O filme foi escrito e dirigido por Steve Oedekerk, que também colaborou na realização do filme antes. Tom DeCerchio, o diretor do Celtic Pride, foi originalmente escalado para dirigir o filme, mas saiu depois do início das filmagens.[2] O filme tem desenvolvido um grande culto de seguidores desde o seu lançamento. Ele foi seguido por uma sequência diretamente em vídeo, Ace Ventura Jr: Pet Detective, em 2009.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após falhar na tentativa de salvamento de um guaxinim, Ace Ventura sofre um abalo emocional e retira-se a um mosteiro situado no Himalaia (uma referência ao filme Cliffhanger). Ele volta a ação e parte numa missão na África, para encontrar o grande morcego branco sagrado Shikaka, animal sagrado para as tribos Wachati e Wachootoo, de Níbia (país fictício africano). O morcego branco fora prometido como presente do casamento entre a princesa dos Wachati e o filho mais velho dos Wachootoo.

O desaparecimento do morcego é considerado uma maldição por parte dos Wachootoo; caso não seja recuperado, eles declarariam guerra aos Wachati.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi definido em um local fictício na África, mas foi gravado em vários locais dentro e ao redor de Charleston, Carolina do Sul.

Parte do filme foi rodado em San Antonio, Texas, e Colúmbia Britânica, no Canadá.

Ao listar outras palavras que começam com "sh-", após audição do Shikaka, Ace inclui "Shawshank Redemption". Este pode ser um aceno para o ator Bob Gunton, como ele aparece no filme The Shawshank Redemption, também quando Ace está com o personagem de Bob Gunton, Burton Quinn, amarrado a uma cadeira, Ace o chama de "Sweeny Toad", um aceno por ele ter interpretado Sweeny Todd em interpretações teatrais da peça de mesmo nome.

Versões alternativas[editar | editar código-fonte]

O lançamento no Reino Unido do filme apresenta uma série de cortes, igualando um minuto e 35 segundos para o lançamento nos cinemas, além de mais três segundos, quando re-classificados para home video. Essas cenas incluem:

  • Elementos da tentativa de resgate de guaxinim;
  • O comentário de Ace of "Desculpe-me, suas bolas estão aparecendo. Bumblebee tuna!" a um membro da tribo agachado;
  • Bufando de Ace ao exibir seu afeto para o chefe;
  • A cena na qual Greenwall pega Ace se masturbando, mais explícita pela sombra de Ace na parede e alguns dos discursos de Ace;
  • Algumas imagens de Ace cutucando seu globo ocular enquanto interroga Quinn;
  • A cena em que após a remoção do núcleo de maçã de uma garganta de Wachootoo, Ace, em seguida, empurra um bebê de uma mulher grávida Wachootoo; e
  • Durante duelo de Ace, o guerreiro fica em Ace e rasga as lanças de suas pernas.

Durante a 'cena projetor", a versão do Reino Unido apresenta ás sombras de pássaro com as duas mãos, ao contrário da mão única na versão original.

Este filme foi rodado em Super 35, por isso a versão fullscreen está aberto fosco, e revela mais a parte superior e inferior da tela (seções que não foram realmente criados para serem vistos), que também corta os lados.

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme teve um fim de semana de abertura bruta nos Estados Unidos de $37,804,076, com uma bilheteria total nos Estados Unidos de $108,360,063.[3]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas a negativas dos críticos. Ele detém actualmente uma classificação de 33% Rotten baseado em 24 avaliações. O filme recebeu recepção semelhante no Metacritic, ganhando uma metascore de 45 entre os críticos. Mas, como o seu antecessor, que recebeu recepção positiva do público.[4]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

MTV Movie Awards
  • "Melhor Ator" e "Melhor Comediante" (Jim Carrey, em ambos).
  • Indicado na categoria de "Melhor Beijo" (Jim Carrey e Sophie Okonedo).
Framboesa de Ouro
  • Indicado na categoria de "Pior Remake ou Sequência".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]