Adolfo Bergamini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adolfo Bergamini
Adolfo Bergamini
Interventor do Distrito Federal
Período 24 de outubro de 1930
até 21 de setembro de 1931
Antecessor Antônio da Silva Prado Júnior
Sucessor Julião Esteves
Dados pessoais
Nascimento 11 de outubro de 1886
Cataguases, Minas Gerais
Morte 7 de janeiro de 1945 (58 anos)
Rio de Janeiro

Adolfo Bergamini (Cataguases, 11 de outubro de 1886Rio de Janeiro, 7 de janeiro de 1945) foi um político brasileiro[1].

Filho de imigrantes italianos chegados ao Brasil no mesmo ano de seu nascimento, Bergamini foi interventor no então Distrito Federal de 24 de outubro de 1930 a 21 de setembro de 1931. Para atender às necessidades do erário municipal instituiu as famosas "bergaminas", que eram títulos de crédito público[1].

Sua herma estava no Palácio Monroe, obra do escultor Leão Veloso[2].

Busto de A. Bergamini na Praça Monroe, cidade do Rio de Janeiro.

Referências

  1. a b Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil – CPDOC. «Adolfo Bergamini». Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  2. "Dicionário de Curiosidades do Rio de Janeiro", A. Campos - Da Costa e Silva, São Paulo, s/d.
Precedido por
Antônio da Silva Prado Júnior
Interventor no Distrito Federal (1889-1960)
cargo equivalente ao atual prefeito

24 de outubro de 1930 a 21 de setembro de 193
Sucedido por
Julião Esteves
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.