André Vianco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
André Vianco
Nascimento 10 de outubro de 1976 (40 anos)
Osasco,  São Paulo
Ocupação Escritor
Gênero literário Suspense, Terror, Ficção
Página oficial
"Blog do Vianco"

André Vianco (São Paulo, 10 de outubro de 1976) é um escritor brasileiro.[1] Suas obras sobrenaturais misturam terror, suspense, fantasia e romance em histórias que geralmente envolvem o tema Vampiros.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antes de adotar Vianco como seu sobrenome artístico, que homenageia a cidade de Osasco, derivando da Rua Dona Primitiva Vianco, André começou a escrever profissionalmente para a rádio Jovem Pan na seção de humor. Tornou-se redator do departamento de jornalismo da rádio e por lá permaneceu por dois anos.

Seu primeiro best-seller foi Os Sete, lançado em 2000 Em 2001 a editora Novo Século se interessou por seu trabalho e re-publicou o livro.

Os Sete deriva diretamente do seu primeiro romance O Senhor Da Chuva de 1998. No livro, apesar da história estar relacionada diretamente a anjos e demônios, o autor criou uma personagem vampiro que, segundo o autor, teria sido pobremente explorado. A partir de então, André ficou com a ideia de escrever um romance em que vampiros seriam os protagonistas. Em seu primeiro roteiro, pré-escrita, os vampiros eram apenas dois e o título do livro seria "Os Dois". Porém André não se sentiu satisfeito e sua trama virou "Os Sete" (1999).[2]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Já dirigiu três curta-metragens, o primeiro intitulado "A Flor", baseado num conto de Carlos Drummond de Andrade, depois "A última partida", baseado em um conto de sua autoria e mais tarde, em 2012, o curta "Saia do meu quarto", roteiro de Estevão Ribeiro. Também produziu e dirigiu o piloto de seriado "O turno da noite" para TV em 2010. Hoje o escritor escreve para a Rede Globo.

Noites Do Terror (2009) - A Noite Maldita[editar | editar código-fonte]

Obras de Vianco como A Saga O Vampiro Rei, Os Sete, Sétimo e a trilogia O Turno da Noite foram usados na inspiração da 23ª edição das Noites Do Terror que acontecia todo ano a partir de Agosto no tradicional parque de diversões paulistano o Playcenter. Personagens dos livros do autor ganharam vida durante ás 3 horas de evento, proporcionando a sensação de medo e terror no público ao vivenciar o universo criado pelo autor em suas obras.

Obras[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

2014: Prêmio Argos especial, pelo conjunto da obra e dedicação à literatura fantástica brasileira.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]