Anneke van Giersbergen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anneke van Giersbergen
Anneke van Giersbergen, 2015.
Informação geral
Nome completo Anna Maria van Giersbergen
Nascimento 8 de março de 1973 (43 anos)
Origem Sint Michielsgestel
País  Países Baixos
Gênero(s) Doom metal, eletrônica, Rock, Heavy metal, Rock progressivo, Pop rock
Instrumento(s) Vocais, Piano, Guitarra
Período em atividade 1992 - presente
Outras ocupações Cantora, compositora, pianista e guitarrista
Gravadora(s) InsideOut Music, Agua Records
Afiliação(ões) The Gathering, Agua de Annique, Anathema, Devin Townsend
Página oficial www.annekevangiersbergen.com

Anna Maria van Giersbergen[1], (Sint Michielsgestel, 8 de março de 1973), artisticamente conhecida como Anneke van Giersbergen, é uma cantora, compositora, guitarrista e pianista holandesa que ficou conhecida como vocalista e compositora da banda holandesa de rock progressivo/alternativo The Gathering, entre 1995 e 2007. Atualmente ela segue em carreira solo, anteriormente pelo projeto denominado Agua de Annique, posteriormente passando a usar seu próprio nome. Anneke também trabalhou com Devin Townsend, Within Temptation, Anathema, Lawn, Farmer Boys, Ayreon, Napalm Death, Moonspell, Novembers Doom, Globus e Giant Squid, além de muitos outros artistas e projetos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Anneke nasceu na pequena cidade de Sint Michielsgestel, na Holanda. Começou a cantar aos 7 anos, onde participou de um concurso musical. Aos 12 já integrava o coral da escola onde estudava, chegando a excursionar pela França. Mais tarde começou a ter aulas de canto e se juntou à sua primeira banda. Após essa primeira experiência, Anneke integrou diversas bandas. Em 1992, ela fundou o dueto "Bad Breath" com o guitarrista e cantor Deniz Cagdas (Spencer Edgards), onde predominavam ritmos como blues, jazz, folk e funk[2].

The Gathering[editar | editar código-fonte]

Em 1994 foi convidada a entrar no The Gathering através de um amigo seu que conhecia a banda. Seu "feeling" musical encaixou-se perfeitamente nas mudanças que a banda pretendia realizar e o resultado foi muito satisfatório.

O álbum de estreia da Anneke na banda, Mandylion, o terceiro do The Gathering, foi lançado em 22 de agosto de 1995. A partir do seu primeiro álbum na banda, Anneke passou a ser responsável pela grande maioria das letras, deixando aflorar além da sua forma peculiar de cantar, sua habilidade em escrever letras profundas e intimistas. A evolução a frente do The Gathering foi gradativa e muito interessante, fazendo com que a banda tivesse um crescimento em número de fãs e shows. Tanto que em 1996, Anneke foi convidada especial da banda alemã Farmer Boys para a canção Never Let Me Down Again (cover do Depeche Mode).

Em 6 de junho de 1997, The Gathering lança seu segundo álbum com Anneke, Nighttime Birds. O álbum vendeu mais de 90.000 cópias e rendeu uma longa turnê pela Europa. Aos poucos a banda foi se destacando no cenário, principalmente pela até então desconhecida e talentosa vocalista.No álbum How to Measure a Planet?, lançado em 26 de janeiro de 1998, mais um grau de evolução pode ser sentido, com Anneke explorando vocalizações intensas e diferentes. No mesmo ano, Anneke foi convidada pelo multi-instrumentista holandês Arjen Anthony Lucassen a fazer parte do seu projeto Ayreon, gravando duas canções para o álbum Into the Electric Castle, um álbum conceitual contando a história de uma entidade alienígena capturando oito almas humanas de diferentes épocas. Anneke retratou uma mulher egípcia a partir da época dos faraós.

Com o álbum if_then_else, lançado em 25 de julho de 2000, Anneke atravessava uma etapa delicada em sua vida pessoal, onde novamente ela experimentou algumas mudanças em sua forma de cantar e compor. Nessa época o término de seu noivado refletiu muito em algumas letras, com a cantora trabalhando até 15 horas por dia no estúdio. O esforço resultou em um disco bem pessoal, porém considerado de alto nível.

Em 12 de fevereiro de 2003, a banda lança o aclamado álbum Souvenirs. No mesmo ano, em 22 de agosto de 2003, The Gathering faz o seu primeiro registro ao vivo, o semi-acústico Sleepy Buildings, gravado no The LUX Theatre, em Nijmegen, Holanda. Com o tempo, Anneke se consolida com uma das melhores cantoras do gênero.

No lado pessoal a vida de Anneke passa a sofrer mudanças positivas. Em em 11 de fevereiro 2003 casou-se com o baterista, empresário e músico Rob Snijders[3].

Em 2004, a cantora foi convidada pela banda holandesa indie rock Law para participar do seu álbum Backspace na canção Fix.

Anneke no The Gathering, 2006.

Em 2005, Anneke ficou grávida de seu marido, porém permaneceu em turnê até o oitavo mês de gestação, quando então fez uma pausa. Em 20 de fevereiro de 2005 nasceu Finn, o primeiro filho de Anneke. Logo após ela retornou às atividades e gravou junto com o The Gathering o show que viria a ser o DVD A Sound Relief em Paradiso, Amsterdã, Holanda, gravado em 23 de março de 2005.

Posteriormente, em 2006, o The Gathering lançou Home, mostrando uma Anneke mais polida, com uma voz beirando os sussurros em determinadas passagens. É perceptível uma maturidade atingida com anos de prática. A banda excursionou, além da Europa, pela América do Norte e América do Sul e, após uma breve pausa para deixar Anneke tratar um problema de laringite, eles continuaram a sua agenda de shows com datas europeias e festivais de música ao longo de 2006. Paralelamente, Anneke participou dos vocais do projeto Drive By Wire, além do álbum de John Wetton, ICON II. Ainda em 2006, Anneke participou do álbum Epicon, da banda inglesa Globus, onde cantou e coescreveu a letra para Mighty Rivers Run, bem como fez um dueto com Christine Navarro na canção Diem Ex Dei e os vocais de apoio na canção Orchard of Mine. A última canção foi usada, em 2007, em um dos trailers do filme da Marvel Studios, Homem Aranha 3, inclusive dando destaque à voz de Anneke[4]. Também participou de duas canções da banda inglesa Napalm Death.

Em 2007, The Gathering excursionou novamente pela América do Norte e Canadá, desta vez ao lado da banda de heavy metal italiana Lacuna Coil. A banda estava em seu ápice, conhecida mundialmente e sendo referência para vários artistas e bandas. Porém, em 5 de junho de 2007, Anneke anunciou sua saída do The Gathering, a fim de seguir outros projetos e ter mais tempo para a família[5]. Sua saída aconteceria no mês de agosto daquele ano, onde ingressaria em seu novo projeto, chamado Agua de Annique. Mesmo com o anúncio da separação, Anneke e The Gathering projetaram o lançamento de um novo DVD, denominado A Noise Severe, gravado no Teatro Caupolicán, Santiago, Chile, em 24 de março de 2007 e lançado em 31 de outubro do mesmo ano.

Carreira solo[editar | editar código-fonte]

Agua de Annique[editar | editar código-fonte]

O primeiro álbum do Agua de Annique foi Air, lançado em 30 de outubro de 2007. Participaram da fundação da banda o baterista e marido de Anneke, Rob Snijders, além do guitarrista Joris Dirks e o baixista Jacques de Haard. O álbum ficou marcado por uma atmosfera mais intimista e melancólica.

Em 2008 fez participação no álbum Night Eternal da banda portuguesa Moonspell, onde cantou junto com Fernando Ribeiro na música Scorpion Flower, além de participar do videoclipe da faixa. Também em fevereiro de 2008 interpretou a canção Somewhere em parceria com Sharon den Adel, da banda Within Temptation, no concerto que originaria o álbum e DVD/Bluray Black Symphony[6]. O show aconteceu em Ahoy, Holanda, nos dias 22 a 24 de setembro de 2008.

Anneke van Giersbergen & Agua de Annique, 2008

No mesmo ano, Anneke participou do projeto Ticket for Tibet, que contou com a colaboração de vários dos principais músicos holandeses. O projeto incluiu uma apresentação especial, chamada Night of Tibet, ao líder religioso do budismo tibetano Dalai Lama[7]. Ainda em 2008, Anneke participou novamente do projeto Ayreon, no álbum 01011001. O personagem que ela interpreta é um dos Forever, um ser alienígena da mesma raça que sequestrou sua personagem de Into the Electric Castle. Em 30 de janeiro de 2009, Anneke lançou seu segundo álbum solo, Pure Air. A partir deste lançamento, Anneke passou a agregar seu nome próprio ao nome da banda, se apresentando como "Anneke van Giersbergen with Agua de Annique". Seguindo uma linha acústica, o álbum contou com participações de Sharon den Adel, Danny Cavanagh, Marike Jager, John Wetton, Niels Geusebroek, Arjen Lucassen e Kyteman. Pure Air contém canções do álbum Air em versão acústica e alguns covers, como Ironic de Alanis Morissette, e The Blower's Daughter de Damien Rice. Anneke também lançou, em 10 de setembro, um álbum acústico ao vivo intitulado In Parallel, em parceria com Danny Cavanagh, guitarrista e vocalista da banda inglesa Anathema. O show, que contém canções da banda The Gathering, da carreira solo da Anneke, da banda Anathema, e alguns covers, foi gravado no Espaço Little Devil, em Tilburg, Noruega. Anneke foi convidada pela banda de post-metal norte-americana Giant Squid para participar do álbum The Ichthyologist, na canção Sevengill. Em junho, Anneke fundou seu próprio estúdio no sul da Holanda, que recebeu o nome de Aguarium através de um concurso realizado em seu site oficial[8].

Anneke van Giersbergen e Danny Cavanagh, 2010

No mesmo ano, em 6 de outubro, Anneke lançou mais um álbum de estúdio, desta vez de inéditas, chamado In Your Room. Desta vez, Anneke adotou o nome "Anneke van Giersbergen & Agua de Annique" e demonstrou pela primeira vez uma faceta mais pop rock, que seria uma tendência para seus registros futuros. A faixa final do álbum, Just Fine, composta em conjunto com o vocalista, guitarrista, compositor e produtor canadense Devin Townsend[9], surgiu após o início de uma longa e promissora parceria. Antes mesmo de gravar In Your Room, Anneke participou do álbum de Devin Townsend Addicted!, após uma considerável coincidência.

Ainda em 2009, no dia 30 de outubro, Anneke participou do álbum ao vivo acústico da banda Within Temptation, intitulado An Acoustic Night At The Theatre, cantando Somewhere em dueto com Sharon den Adel. O show foi gravado no Muziekcentrum Frits Philips, em Eindhoven, Holanda, e lançado apenas em áudio.

Em 2010, a cantora continuou a realizar participações. A convite do cantor, compositor, produtor e fotógrafo holandês/canadense Shane Shu, gravou uma versão acústica da canção Push Me to the Ground. Também participou do projeto Maiden uniteD, que reúne versões acústicas da banda britânica de heavy metal Iron Maiden. Anneke participou das faixas To Tame a Land (dueto com Damian Wilson) e Sun and Steel.

No mesmo ano, Anneke lançou o álbum Live in Europe, contendo registros de canções próprias e do The Gathering em vários países da Europa, como Finlândia, Portugal, Holanda e Espanha. Este foi o último registro sob o nome Agua de Annique.

Anneke van Giersbergen[editar | editar código-fonte]

Em 2011, Anneke lançou o aclamado álbum Everything is Changing[12]. produzido pelo português Daniel Cardoso (Anathema), com quem também realizou algumas das composições. Este é o primeiro trabalho em que a cantora decide adotar apenas seu nome, Anneke van Giersbergen. É perceptível a influência proveniente das suas participações com Devin Townsend, tornando suas músicas mais progressivas e com arranjos eletrônicos. Anneke participou, em 2011, do projeto infantil De Beer Die Geen Beer Was, em parceria com o baterista, ator, cantor, produtor e apresentador Martijn Bosman, que narra a história de um urso em várias aventuras. Anneke, além de cantar algumas das canções e recitar poemas no álbum, também participou de algumas das peças na turnê que rodou a Holanda neste mesmo ano. Anneke também gravou a canção Mighty Rivers, para o álbum Raised in Captivity do vocalista, baixista e guitarrista britânico John Wetton. Também em 2011, participou da canção What Could Have Been, do álbum Aphotic da banda de doom metal norte-americana Novembers Doom[13], além do álbum Days to Come, do holandês Marcel Verbeek, cantando a música Little Man.

No mesmo ano, Anneke colaborou mais uma vez com Yoav Goren em The Promise, a canção principal do segundo álbum do Globus, Break From This World. Ela co-escreveu a letra, além de ser vocalista destaque em um dueto com Lisbeth Scott na faixa. Anneke também se apresenta na faixa Everwake no álbum orquestral de re-interpretações de banda inglesa de rock progressivo Anathema, Falling Deeper, lançado em 5 de setembro de 2011. Antes do ano acabar, Anneke participou de um resgistro ao vivo de Devin Townsend chamado By a Thread – Live in London, executando na íntegra alguns dos álbuns de sua carreira, entre eles o aclamado Addicted!, que contou com a participação de Anneke. A vocalista estende sua participação no DVD a canções de vários outros álbuns de Devin Townsend. A vocalista ainda participou do álbum You May Never Know What Happiness Is da banda de pop rock holandesa Lorrainville,com vocais principais e auxiliares em todas as canções.

Anneke van Giersbergen, 2010

Em 2012, Anneke aparece como vocalista convidada no álbum de estreia do projeto The Human Experimente, que também conta com Robert Fripp da banda King Crimson, John Wetton das bandas Asia e King Crimson, Maynard James Keenan das bandas Tool, A Perfect Circle e Puscifer, Adrian Belew, Sean Kingston e Dann Pursey, dos projetos Globus e Vantan[14].Também em 2012, Anneke colaborou mais uma vez com Devin Townsend para o álbum Epicloud. Anneke cantou em praticamente em todas as canções, incluindo todas as que estão no álbum de demos Epiclouder. Anneke também colaborou com o músico e produtor holandês DJ Hidden no álbum de música eletrônica Lights Off: Only You Can See, cantando Only You Can See. Antes do fim do ano, Anneke fez um dueto com a vocalista Kristin Fjellseth, da banda de rock alternativo norueguesa Pale Forest, nas canções Mandrake Makes a Hypnotic Gesture e Envy, do álbum Second Hand Balloons. Participou também do álbum ao vivo do Lorrainville, Some December Evening, cantando em praticamente todo o show.

Em janeiro de 2013, Anneke recebe duas nomeações ao Edison Awards, o mais importante prêmio musical da Holanda, nas categorias "melhor artista feminina" e "melhor álbum" por Everything is Changing[15]. Anneke participou também da composição e emprestou os vocais para a canção-tema do filme holandês &ME, Please Baby Don't, além de gravar um videoclipe com cenas do filme. A cantora também participou da canção I'm So Real do DJ Tronik. Mais uma vez, Anneke é convidada por Devin Townsend para o registro de um DVD, o projeto chamado The Retinal Circus, cantando em várias das canções do show.

No mesmo ano, Anneke lançou o álbum de estúdio Drive, em 20 de setembro de 2013. Ao contrário do álbum anterior, Drive possui um som mais orgânico e direto, e foi gravado com todos os instrumentos sendo tocados no mesmo ambiente e ao mesmo tempo. Drive foi seu primeiro trabalho com a gravadora InsideOut, e contou com a produção de Arno Krabman.[16] O cantor e instrumentista turco Hayko Cepkin participa na faixa Mental Jungle.[17] Antes de o ano encerrar, Anneke ainda participou da canção Funeral do álbum Make Your Own, da banda de doom metal norte-americana For Many Reasons.

Em 2014, Anneke participou do álbum The Act of Letting Go, do projeto Cellarscape, na canção The Same Place. Também participou do projeto The Power of Love, que reuniu vários músicos e cantores do rock e metal holandeses em prol das vítimas de abuso sexual em área de conflito. Ainda em 2014, Anneke participou mais uma vez de um álbum do Devin Townsend, chamado , cantando em todas as canções do disco 1, chamado Sky Blue, e algumas canções do disco 2, Dark Matters. E antes do fim do ano Anneke participou do segundo álbum de estúdio do Lorrainville, Desire the Reckless, em vocais principais e auxiliares. Em novembro de 2014, Anneke se juntou à sua antiga banda The Gathering para dois shows especiais, que reuniu todos os membros e ex-membros da banda, em comemoração dos seus 25 anos de existência. Chamado de TG25: Live at Doornroosje, reuniram canções de toda a história da banda, executados em duetos e colaborações entre todos os músicos que já passaram por ela. Em 2015, Anneke participou do álbum Death is Just a Feeling, do turco Amadeus Awad, cantando nas faixas Opia, Sleep Paralysis e Lonesome Clown. No mesmo ano, Anneke participou do projeto The Theatre Equation, um musical baseado no álbum The Human Equation do Ayreon e realizado na Holanda, interpretando o personagem "medo", substituindo o vocalista Mikael Akerfeldt da banda de death metal sueca Opeth.

Projetos paralelos[editar | editar código-fonte]

Entre 2014 e 2016, Anneke se envolveu em diversos projetos paralelos, como o The Sirens, o The Gentle Storm, o Verloren Verleden e o De Nieuwe Madonna.

The Sirens[editar | editar código-fonte]

Em 4 de junho de 2014[18], Anneke anuncia um novo projeto em parceria com as vocalistas Liv Kristine (ex-Theatre of Tragedy, Leaves' Eyes) e Kari Rueslatten (ex-The 3rd and the Mortal) chamado The Sirens. O projeto constituiu na reunião das consideradas três pioneiras do estilo Female Fronted, saindo em turnê para apresentar canções de suas antigas bandas e de suas atuais carreiras solo. Exclusivamente para o projeto, apresentaram três canções inéditas: Embracing the Seasons[19], composta por Anneke; Sisters of the Earth[20], composta por Liv; e Fearless[21], composta por Kari. O The Sirens excursionou por diversos países europeus e realizou uma turnê sul-americana, incluindo dois shows no Brasil, em fevereiro de 2015. Também participou de diversos festivais de verão da Europa, abrindo inclusive um show para a banda finlandesa Nightwish, em 29 de agosto de 2015. Curiosamente, esta banda foi princialmente inspirada pelas três bandas representadas pelas três vocalistas do The Sirens, conforme seu criador Tuomas Holopainen[22]:

The Gentle Storm[editar | editar código-fonte]

No dia 22 de abril do mesmo ano, Arjen Anthony Lucassen (criador e responsável pelo projeto Ayreon) revelou que seu próximo projeto[23] seria uma colaboração com Anneke van Giersbergen, seu terceiro trabalho juntos depois os álbuns de Ayreon nos álbuns Into the Electric Castle e 01011001. Ele o descreveu como "um épico álbum duplo conceitual". O álbum, chamado The Diary, apresentou dois álbum com as mesmas 11 faixas em roupagens distintas: um apresentando um maior peso, voltado ao metal progressivo e sinfônico, e outro mais leve, acústico e folk.

Arjen e Anneke saíram em uma pequena turnê acústica pela Europa no início de 2015, antes do lançamento do álbum, o que ocorreu em 23 de março de 2015. O álbum foi muito bem aceito pela crítica especializada e pelo público, o que reforçou uma extensa turnê que se estendeu do início de 2015 a 2016, passando por diversos países da Europa e alguns das Américas, como Estados Unidos, Chile, Argentina e Brasil.

Verloren Verleden[editar | editar código-fonte]

Em 2015 Anneke anunciou um novo álbum em parceria com a banda folk islandesa Árstíðir. O projeto, chamado Verloren Verleden (Passado Perdido em holandês), apresentará roupagens contemporâneas à árias clássicas. O álbum será lançado em 12 de fevereiro de 2016, e será seguido por uma turnê pela Holanda em março do mesmo ano.

De Nieuwe Madonna[editar | editar código-fonte]

Após o sucesso da turnê quase que totalmente de ingressos esgotados ao lado do Árstíðir, Anneke anunciou em abril de 2016 uma nova turnê acústica pelos teatros da Holanda, mas dessa vez ambientada na década de 80. A turnê, chamada De Nieuwe Madonna (A Nova Madonna, em holandês), resgatava canções clássicas daquela década, além de buscar reproduzir no palco o quarto da adolescência da cantora, com posteres de seus artistas favoritos, sua cama, seus patins e seus objetos de decoração. Mais uma vez a turnê, que durou de 30 de setembro a 25 de novembro[24], teve quase todos os seus shows esgotados.

Ainda em 2016, Anneke foi convidada de honra[25][26] para se apresentar no Veteranendag, um evento promovido pelo Rei da Holanda em homenagem aos veteranos de guerra do país. Além de entoar os hinos (antigo e recente) do país, Anneke cantou outras canções em homanagem aos presentes. O evento foi transmitido ao vivo para todo o país.

Quanto às colaborações com outros artistas, a cantora participou também em 2016 de mais um álbum de estúdio de Devin Townsend, chamado Transcendence[27], lançado em 9 de setembro. Além desta participação, Anneke gravou vocais para várias das canções do álbum Silk, do holandês Peter Slager[28]. Além disso, Anneke emprestou a voz e a imagem para os shows ao vivo o cantor holandês Paskal Jakobsen, que eram projetadas em uma réplica de quadro antigo no cenário do concerto[29].

E para encerrar 2016, Anneke promoveu o primeiro Anneke van Giersbergen Fan Weekend, uma programação de final de semana exclusiva para alguns fãs, que consistiu em hospedagem no mesmo hotel em Amsterdã, passeios de barco pelos canais da cidade, karaokê, jantares e acesso liberado, inclusive para os bastidores, do último show da turnê do álbum The Diary do The Gentle Storm, que ocorreu em 17 de dezembro.

No mesmo ano, ainda foi anunciada a participação de Anneke em três futuros shows do projeto Ayreon, que fará um resgate das canções de todos os seus álbuns, nos dia 15, 16 e 17 de setembro de 2017.

VUUR[editar | editar código-fonte]

No dia 1º de dezembro de 2016, Anneke anunciou através de suas redes sociais a sua nova banda, chamada VUUR (fogo, em holandês, que também pode ser interpretado como significando "paixão" ou "unidade" - nome escolhido como um apelido para representar o lado metal de Anneke). Em um vídeo de apresentação, que fazia o resgate de várias épocas e participações da Anneke no mundo da música, foi enfatizado que o VUUR não se trataria de mais um projeto da cantora, mas sim uma nova banda fixa. O grupo é composto em sua maioria por antigos parceiros de Anneke em suas apresentações com a banda do projeto The Gentle Storm:

No mesmo anúncio, Anneke informou que as gravações da banda aconteceriam no início de 2017, com previsão de lançamento do primeiro álbum para a primavera do mesmo ano[30]. Anneke definiu assim sua nova banda[31]:

No mesmo dia do anúncio da banda, seu primeiro show também já era anunciado: 24 de julho de 2017, no festival Masters of Rock, realizado na República Tcheca.

Extensão vocal[editar | editar código-fonte]

O alcance vocal de Anneke era classificado no passado como soprano[32]. Porém, com o passar dos anos, seu registro caiu um pouco, o que a levou para a classificação de mezzo soprano.

Sua extensão vocal vai de Dó 3 a Lá 5.[34]

Notas mais altas[editar | editar código-fonte]

Anneke van Giersbergen, 2009

Abaixo está a lista de alguns dos registros com notas mais altas de Anneke:[35]

  • Lá 5: Nighttime Birds
  • Sol ♯5: To Catch a Thief
  • Sol 5: When I'm Laid in Earth (live), Morphias Waltz, In Deference
  • Fá ♯5: Tunnel of Light, Supercrush!, Hyperdrive!, Numbered!, Feel Alive
  • Fá 5: Slow Me Down, To Catch a Thief, Save Our Now, Grace (live Retinal Circus), Strange Machines (live Pinkpop 1997)
  • Mi 5: Stonegarden (live 2003), "n Motion #1, In Motion #2, I Wake Up, Hope, Pray, Dance, Play, Waking Dreams, ...Alone, Scorpion Flower
  • Mi♭5: You Want to Be Free, Hold On, Somewhere (live), Feel Alive, Supercrush!, Circles, Take Me Home, On Most Surfaces, By Your Command (live Tuska)
  • Ré 5: Leaves, On Most Surfaces, These Good People, Fear the Sea, The Big Sleep, Tunnel of Light, Too Late, My Boy, Sand and Mercury, Strange Machines, Sevengill, Red is a Slow Colour, Saturnine, 1000 Miles Away from You, When I'm Laid in Earth (live), Shortest Day, In Power We Entrust the Love Advocated, Resolve!, Scorpion Flower, Liberation, Everything is Changing
  • Dó ♯5: Analog Park, Circles, Hyperdrive!, Numbered, Eleanor, Awake!, The Mirror Waters (live 2003), Adore, Ice Water, Grace, Rollercoaster
  • Dó 5: Nighttime Birds, Kevin's Telescope, Saturnine, Third Chance, Morphias Waltz, Rescue Me, Everwake, Valley of the Queens, Hold On, Angel, Tunnel of Light, Travel

Notas mais baixas[editar | editar código-fonte]

Abaixo está a lista de alguns dos registros com notas mais baixas de Anneke:[36]

  • Sol ♯3: Angel, Numbered!, In Between, Box, The Mirror Waters (live 2003)
  • Sol 3: Amity, Even the Spirits Are Afraid, Frail, New Moon Different Day, Take Care of Me, Solace, Rollercoaster, Your Troubles Are Over, Kevin's Telescope, Strange Machines, Morphias Waltz, Too Late, Slow Me Down, Tears of Joy
  • Fá ♯3: Eleanor, These Good People, Adore, We Just Stopped Breathing, In Deference, Shortest Day, Grace, In Between, Ironic
  • Fá 3: Sand and Mercury, Shot to Pieces, Your Troubles Are Over, Black Light District
  • Mi 3: I Wake Up, Wonder, Asleep, In Between, Rollercoaster, Eleanor
  • Mi♭3: The World, Supercrush!, Day After Yesterday
  • Ré 3: Home (live 2006)
  • Dó 3: Solace, Rollercoaster

Raízes musicais e influências[editar | editar código-fonte]

As raízes musicais de Anneke estão na música clássica europeia e jazz, mas se envolveu, em sua maioria, com o rock e pop. Suas principais influências são Prince, Ella Fitzgerald e Thom Yorke (Radiohead). Também é fã de Barbara Streisand.[37]

A revista brasileira Valhalla, em 2007, lançou uma sessão chamada My Sounds, onde um artista escolheria suas 10 canções favoritas de todos os tempos. A primeira artista a participar desta sessão foi Anneke, escolhendo as seguintes canções:

  • Calexico - El Picador
  • Elbow - Red
  • Placebo - Without You I'm Nothing
  • Mogwai - Dial: Revenge
  • Radiohead - Optimistic
  • Weezer - Hash Pipe
  • Prince - Power Fantastic
  • King Crimson - One Time
  • N.E.R.D. - Rockstar
  • Motorpsycho - Vortex Surfer

Em 19 de abril de 2012, o jornal holandês Volkskrant[38] publicou uma lista das 5 canções preferidas de Anneke na época da primavera:

  • Prince - Sometimes it Snows in April
  • Dolly Parton - Do I Ever Cross Your Mind
  • Deftones - Tou've Seen the Butcher
  • Gerard van Maasakkers - 'T is Altijd Nou
  • Queens of the Stone Age - Little Sister

Recepção e posição no cenário[editar | editar código-fonte]

Anneke sempre possuiu uma posição de destaque entre as vocalistas femininas de rock e heavy metal. É tida, até hoje, como uma das percussoras das mulheres ocupando espaço neste cenário musical. Por isso, é fonte de várias comparações entre bandas de estilos semelhantes.

A artista é constantemente citada por outros músicos do gênero:

-"Voz imensa!"[40]
-"Anneke é uma das minhas cantoras favoritas."'[41]
Tarja sobre Anneke

-"É uma honra trabalhar com ela e ela tem uma linda, linda energia."[42]
Devin Townsend sobre Anneke

-"Eu tenho muitas inspirações, tudo o que eu ouvir também constitui uma fonte de inspiração em um certo nível. Mas eu amo artistas como Anneke van Giersbergen."[43]
Floor Jansen (ex-After Forever, ReVamp) sobre Anneke

-"Encantadora!"[44]
Amanda Somerville (Trillium) sobre Anneke

-"Minha maior inspiração é Anneke van Giersbergen, ex-vocalista do The Gathering. A ouvi cantar em 1996, com uma orquestra ao invés de sua banda, e eu fiquei impressionada com o som da sua voz. Eu ainda acho que ela é uma das maiores cantoras de todos os tempos."[45]
Manda Ophuis (Nemesea) sobre Anneke

Além da admiração de músicos do gênero, nota-se que Anneke cultiva amizade com alguns deles:

Causas sociais e política[editar | editar código-fonte]

Anneke organizou um show, juntamente com outros músicos, para arrecadar fundos às vítimas do terremoto no Chile, ocorrido em 2010[47]. O show, chamado “Concert for Chile”, foi realizado em 24 de março em Amsterdã, na Holanda. Além dos músicos que a acompanham na banda Agua de Annique, participaram Danny Cavanagh, do Anathema e Simone Simons, do Epica, entre outros artistas. Anneke também anunciou que o valor arrecadado com as vendas de seu novo single, Sunny Side Up, foi destinado para a mesma causa.

Por outro lado, Anneke pouco se pronunciou a respeito de seus ideais políticos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Agua de Annique/Anneke van Giersbergen[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Banda Envolvimento
2007 Air Agua de Annique composições, vocais, piano
2009 Pure Air Anneke van Giersbergen with Agua de Annique composições, vocais, piano
2009 In Your Room Anneke van Giersbergen & Agua de Annique composições, vocais, teclado, piano, violão
2011 Everything is Changing Anneke van Giersbergen composições, vocais, piano, violão
2013 Drive Anneke van Giersbergen composições, vocais, piano, violão

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Banda Envolvimento
2010 Live in Europe Anneke van Giersbergen & Agua de Annique composições, vocais, piano

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Álbum Banda
2007 Day After Yesterday Air Agua de Annique
2008 Come Wander with Me Air Agua de Annique
2009 The Blower's Daughter Pure Air Anneke van Giersbergen with Agua de Annique
2009 Hey Okay! In Your Room Anneke van Giersbergen & Agua de Annique
2010 Sunny Side Up In Your Room Anneke van Giersbergen & Agua de Annique
2011 Feel Alive Everything is Changing Anneke van Giersbergen
2011 Take me Home Everything is Changing Anneke van Giersbergen
2011 Circles Everything is Changing Anneke van Giersbergen
2013 Drive Drive Anneke van Giersbergen

The Gathering[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Envolvimento
1995 Mandylion composições, vocais
1997 Nighttime Birds composições, vocais, guitarra
1999 How to Measure a Planet? composições, vocais, guitarra
2000 if_then_else composições, vocais, guitarra
2003 Souvenirs composições, vocais, guitarra
2006 Home composições, vocais, guitarra, violão

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Envolvimento
2000 Superheat vocais, guitarra, violão
2004 Sleepy Buildings – A Semi Acoustic Evening vocais, guitarra, violão
2007 A Noise Severe vocais, guitarra
2016 TG25: Live at Doornroosje vocais

EPs[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Envolvimento
1996 Adrenaline / Leaves vocais
2000 Amity vocais, violão
2002 Black Light District vocais

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Álbum
1995 Strange Machines Mandylion
1997 Kevin's Telescope Nighttime Birds
1997 The May Song Nighttime Birds
1998 Liberty Bell How to Measure a Planet?
2000 Rollercoaster if_then_else
2000 Amity if_then_else
2003 You Learn About It Souvenirs
2003 Monsters Souvenirs

Videografia[editar | editar código-fonte]

Agua de Annique/Anneke van Giersbergen[editar | editar código-fonte]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

  • Day After Yesterday (2007)
  • Come Wander with Me (2008)
  • Wonder (2009)
  • The Blower's Daughter (2009)
  • Sunny Side Up (2010)
  • Feel Alive (2012)
  • Take me Home (2012)
  • The Best is Yet to Come (lyric video) (2013)
  • My Mother Said (2013)

The Gentle Storm[editar | editar código-fonte]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

  • Endless Sea - gentle version (lyric video) (2014)
  • Endless Sea - storm version (lyric video) (2014)
  • Heart of Amsterdam (2014)
  • Shores of India (2014)
  • The Storm - ao vivo (2014)

The Gathering[editar | editar código-fonte]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

  • Leaves (1995)
  • Strange Machines (1995) (não lançado)
  • Liberty Bell (1998)
  • My Electricity (2000)
  • Monsters (2003)
  • Life's What You Make It (2003)
  • You Learn About It (2003)
  • Alone (2006)
  • Forgotten (2006)
  • Paper Waves (2015)

VHS[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

Lançamentos em Parceria[editar | editar código-fonte]

Ano Artistas envolvidos Projeto Álbum/canção Colaboração
2009 Danny Cavanagh Parallel Worlds In Parallel vocais em todo o álbum
2010 Martijn Bosman De Beer Die Geen Beer Was De Beer Die Geen Beer Was vocais em todo o álbum
2014 Liv Kristine, Kari Rueslåtten The Sirens Sisters of the Earth, Fearless, Embracing the Seasons vocais em Sisters of the Earth, Fearless e vocais e composição de Embracing the Seasons
2015 Arjen Lucassen The Gentle Storm The Diary vocais e composições em todo o álbum
2016 Árstíðir Verloren Verleden Verloren Verleden vocais em todo o álbum

Participações[editar | editar código-fonte]

Dado ao fato de Anneke possuir uma voz altamente versátil, ela é constantemente convidada para diversas participações especiais, nos mais variados gêneros musicais.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Ano Artista Álbum Colaboração
1996 Farmer Boys Countrified vocais em Never Let Me Down Again
1998 Ayreon Into the Electric Castle vocais e letras para o personagem Egípcio em Isis and Osiris, The Decision Tree (We're alive), Tunnel of Light, The Garden of Emotions, Valley of the Queens e Another Time, Another Space
2004 Lawn Backspace vocais em Fix
2006 Drive By Wire Drive By Wire vocais em Happiness is Dangerous, Tullamore Dew e Windswept
Wetton/Downes ICON II: Rubicon vocais em To Catch A Thief e Tears of Joy
Globus Epicon vocais e composição em Mighty Rivers Run, vocais em Diem Ex Dei e backing vocal em Orchard of Mine
Napalm Death Smear Campaign vocais em Weltschmerz e In Deference
2008 Ayreon 01011001 vocais e composição das melodias vocais para o personagem Forever "Heart" em Age of Shadows (We are Forever), Comatose, Beneath the Waves, The Fifth Extinction, Waking Dreams e The Sixth Extinction
Ticket For Tibet  Als Je Ooit Nog Eens Terug Kan vocais em Als Je Ooit Nog Eens Terug Kan
Moonspell Night Eternal vocais em Scorpion Flower
Within Temptation Black Symphony vocais em Somewhere
2009 Giant Squid The Ichthyologist vocais em Sevengill
Within Temptation An Acoustic Night at the Theatre vocais em Somewhere
Devin Townsend Project Addicted vocais principais e auxiliares em todas as canções
Kan Door Huid Heen (filme) trilha sonora vocais em Dust e Holes
2010 Shane Shu  Push Me to the Ground vocais em Push Me to the Ground (acoustic)
Maiden uniteD Mind the Acoustic Pieces vocais em To Tame a Land e Sun and Steel
2011 John Wetton Raised in Captivity vocais em Mighty Rivers
November's Doom Aphotic vocais em What Could Have Been
Globus Break From This World vocais em The Promise
Anathema Falling Deeper vocais em Everwake e Alone
Lorrainville You May Never Know What Happiness Is vocais principais e auxiliares em todas as canções
Devin Townsend Project By a Thread - Live in London vocais principais e auxiliares em todas as canções
Marcel Verbeek Days to Come vocais em Little Man
DWDD Recordings De wereld draait door recordings vocais em All I Want is You
Henry Saiz Balance 019 vocais em Come Wander With Me
2012 Devin Townsend Project Epicloud vocais principais e auxiliares em todas as canções
DJ Hidden & Anneke van Giersbergen Lights Off: Only You Can See vocais em Only You Can See
Pale Forest Second Hand Balloons vocais em Mandrake Makes a Hypnotic Gesture e Envy
Lorrainville Some December Evening vocais principais e auxiliares
The Human Experimente The Human Experimente vocais em 21st Century Schizoid Man
2013 Devin Townsend Project The Retinal Circus vocais principais e auxiliares
&ME (filme) trilha sonora vocais e composição de Please Baby Don't
Tronik I'm so Real (feat. Anneke van Giersbergen) vocais em I'm so Real
For Many Reasons Make Your Own vocais em Funeral
2014 Devin Townsend Project vocais principais no disco Sky Blue e vocais auxiliares no disco Dark Matters
Cellarscape The Act of Letting Go vocais em The Same Place
The Power of Love The Power of Love vocais em The Power of Love
Lorrainville Desire the Reckless vocais principais e auxiliares
2015 Amadeus Awad Death is Just a Feeling vocais em Opia, Sleep Paralysis e Lonesome Clown
Apenstreken (filme) trilha sonora vocais em todas as canções
2016 Ayreon The Theatre Equation vocais em várias canções
Devin Townsend Project Transcendence vocais auxiliares
Peter Slager Silk vocais principais e auxiliares em várias canções

Gravações com a voz de Anneke também pode ser ouvidas em Raveleijn, um show de cavalo no parque temático De Efteling (A Torre de Belém). O tema foi reutilizado em 2012 para Aquanura, um show de águas no mesmo parque temático.

DVDs[editar | editar código-fonte]

Ano Artistas DVD Colaboração
2002 Nightwish End of Innocence (documentário) entrevista
2008 Within Temptation Black Symphony vocais em Somewhere
2011 Devin Townsend Project By a Thread – Live in London 2011 vocais em várias canções
2013 Devin Townsend Project The Retinal Circus vocais em várias canções
2016 Ayreon The Theatre Equation vocais em várias canções
2017 Ayreon a ser anunciado a ser anunciado

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Artistas DVD
2006 Lawn Fix
2008 Ticket for Tibet Als Je Ooit Nog Eens Terug Kan
2008 Moonspell Scorpion Flower
2010 Shane Shu Can You Help Me
2013 &ME (filme) Please Baby Don't
2014 The Power of Love The Power of Love

Referências

  1. DOU - Diário Oficial da União - Emissão de vistos (2010)
  2. Som13 - Biografia - Anneke van Giersbergen (2010)
  3. IMDb - Anneke van Giersbergen (2013)
  4.  
  5. Blabbermouth.net - Ex-vocalista do The Gathering lança Agua de Annique (2007)
  6. Blabbermouth.net - Within Temptation grava show em Eindhoven para futuro DVD
  7. Wihplash - Anneke comenta encontro com Dalai Lama
  8. Anneke van Giersbergen - Site Oficial - E o ganhador é... (2009)
  9. Whiplash - Resenha - In Your Room (Anneke van Giersbergen & Agua de Annique) (2009)
  10. About.com - Entrevista com Devin Townsend (2009)
  11. Metal Imperium - Entrevista com Anneke van Giersbergen (2013)
  12. Discogs - Everything is Changing
  13. Novembers Doom - Site Oficial - Biografia (2013)
  14. Human Experimente - Site Oficial (2012)
  15. Edison Awards - Anneke van Giersbergen (2013)
  16. Morley Views - Anneke van Giersbergen (2013)
  17. Morley Views - Anneke van Giersbergen (2013)
  18. «The Sirens». www.facebook.com. Consultado em 2015-11-09. 
  19.  
  20.  
  21.  
  22. «BioEN». The Escapist. Consultado em 2015-11-09. 
  23. Arjen Lucassen - Facebook oficial
  24. «DE NIEUWE MADONNA – Dutch theatre tour | Anneke van Giersbergen». www.annekevangiersbergen.com. Consultado em 2016-12-01. 
  25. «Yesterday’s Veteranendag opening... - Anneke Van Giersbergen | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 2016-12-01. 
  26. «Programma Veteranendag 2016 - Nederlandse Veteranendag Nederlandse Veteranendag». www.veteranendag.nl. Consultado em 2016-12-01. 
  27. (2016-11-27) "Transcendence (Devin Townsend Project album)" (em en). Wikipedia.
  28. «My friend Peter Slager just released his... - Anneke Van Giersbergen | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 2016-12-01. 
  29. (2016-03-20) "Op stedentrip met Paskal Jakobsen - ensanne reist" (em nl-NL). ensanne reist.
  30. «Dear friends, I am so so proud to... - Anneke Van Giersbergen | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 2016-12-01. 
  31. (2016-12-01) "Former THE GATHERING Frontwoman ANNEKE VAN GIERSBERGEN Launches New Band VUUR" (em en-US). BLABBERMOUTH.NET.
  32. Metal Temple - Anneke van Giersbergen (2011)
  33. Femme Metal Webzine - Anneke van Giersbergen (2013)
  34. Range Place - Anneke van Giersbergen (2012)
  35. Range Place - Anneke van Giersbergen (2012)
  36. Range Place - Anneke van Giersbergen (2012)
  37. Sounds2Movies - Steckbrief (2008)
  38. Jornal Volkskrant - 19 de abril de 2012
  39. Rock United - The Gathering volta com um novo álbum espetacular (2003)
  40. Metal Italia - Entrevista com Tarja (2013)
  41. Metal Hammer - Track Attack - Tarja Turunen & Sharon den Adel (2006)
  42. Ultimate Guitar - Devin Townsend em parceria com Anneke Van Giersbergen (2009)
  43. Solo Power Metal - Entrevistas - Floor Jansen (2013)
  44. Bravewords - Amanda Somerville confirmada como abertura de Anneke van Giersbergen na próxima turnê europeia (2013)
  45. Musical Descoveries - Manda Ophuis (2008)
  46. A New Age Dawns - Simone Simons fala sobre sua gravidez (2013)
  47. Território da Música - Anneke van Giersbergen organiza show para ajudar as vítimas no Chile (2010)
  48. Sounds2Movies - Steckbrief (2008)
  49. Metal Imperium - Entrevista com Anneke van Giersbergen (2013)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anneke van Giersbergen