Avicii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com alguém que morreu recentemente.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 21 de abril de 2018.)
Twemoji 1f464.svg
Avicii
Avicii em 2014
Informação geral
Nome completo Tim Bergling
Também conhecido(a) como
  • Tim Berg
  • Tim Lidén
  • Tom Hangs[1]
  • Timberman
Nascimento 8 de setembro de 1989
Local de nascimento Estocolmo, Suécia
Data de morte 20 de abril de 2018 (28 anos)
Local de morte Mascate, Omã
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Instrumento(s)
Período em atividade 2006–2018
Gravadora(s)
Afiliação(ões)
Página oficial www.avicii.com

Tim Bergling (Estocolmo, 8 de setembro de 1989Mascate, 20 de abril de 2018), também conhecido pelo seu nome artístico Avicii (estilizado como ΛVICII ou pelo símbolo ◢◤, que representa as letras 'A' e 'V'), foi um DJ, remixer e produtor musical de EDM sueco.[3] Avicii foi classificado em terceiro lugar no ranking da lista anual Top 100 DJs da revista americana DJ Magazine em 2012 e 2013, além de ter sido nomeado duas vezes para o prêmio Grammy Award, sendo uma vez por seu trabalho em "Sunshine" com David Guetta em 2012,[4] e uma vez com a música "Levels", em 2013. Algumas de suas canções mais famosas são "I Could Be the One" com Nicky Romero, "X You", "Wake Me Up!", "You Make Me", "Hey Brother", "Addicted to You", "Waiting for Love", "For a Better Day", "Without You" e "Lonely Together".

Ele lançou seu primeiro álbum de estúdio, True, em 2013. O álbum obteve uma recepção positiva pela crítica especializada e chegou ao top dez em mais de quinze países.[5][6][7][8] Em 2015, Bergling lançou seu segundo álbum de estúdio, Stories. Em 10 de agosto de 2017, Avicii lançou um extended play (EP) intitulado AVĪCI (01).[9] Ele morreu em 20 de abril de 2018 em Omã.[10] A causa da morte ainda não foi confirmada.[11]

Carreira

Começo

Tim Bergling nasceu em Estocolmo, na Suécia, sendo filho da atriz Anki Lidén e de Klas Bergling.[12] Em maio de 2007, Avicii assinou com a gravadora Dejfitts Plays.[12] Então, em 2010, Bergling lançou o canção "Seek Bromance", que alcançou o top 20 em vários países, incluindo a Bélgica,[13] França,[14] Holanda,[15] Reino Unido,[16] e Suécia.[17] Ele também remixou o single clássico de Nadia Ali, "Rapture", para seu álbum: Queen of Clubs Trilogy: Onyx Edition. Em outubro de 2010, Bergling assinou com a EMI Music Publishing.[18]

De 2009 a 2010, Bergling foi um produtor prolífico e estava lançando músicas incrivelmente rápidas. Seus remixes durante esse período foram "Sound of Now",[19] "Muja",[20] "Ryu" e "Strutnut".[21]

Bergling explicou que o nome Avicii significa "o nível mais baixo do inferno budista" (Avīci) e ele escolheu o apelido porque seu nome verdadeiro já era usado na criação de sua página no MySpace.[22]

"Levels" e sucesso internacional (2011—2012)

Avicii em setembro de 2011.

Em 2011, Avicii lançou a canção "Levels". A canção foi produzida pelo próprio e contém uma amostra vocal inspirada na canção gospel de 1962, "Something's Got a Hold on Me" de Etta James.[23] A mesma amostra vocal foi usada primeiramente por Pretty Lights em sua canção de 2006, "Finally Moving".[24] Essa amostra também foi usada pela produtora Drum and Bass em "Call Me Back"[25] e por Flo Rida em seu single "Good Feeling", que foi produzido pelo DJ Prak e Cirkut.[26] "Levels" alcançou o top dez em vários países, ao mesmo tempo que alcançou o topo das tabelas da Hungria, Noruega e Suécia.[27][28][29]

Em 2012, sua faixa de colaboração "Sunshine", com David Guetta, foi indicada ao Grammy na categoria de "Melhor Gravação de Dance".[4] Sua faixa "Fade into Darkness" obteve uma amostra por Leona Lewis em seu single "Collide". A amostra não foi credenciada e levou controvérsia, pois Bergling tentou bloquear o lançamento do single. No entanto, o assunto foi resolvido fora dos tribunais com representantes afirmando "que Leona Lewis e Avicii trabalharão juntos no próximo single de Collide".[30]

Em 23 de março de 2012, o single não assinado de Bergling, "Last Dance" foi exibido no programa de Pete Tong no BBC Radio 1.[31] A canção foi lançada mais tarde em 27 de agosto de 2012. No Ultra Music Festival 2012, em Miami, ele estreou duas faixas, "Girl Gone Wild" (Avicii UMF Remix) com Madonna[32] e "Superlove" com Lenny Kravitz.[33] O Remix UMF de Avicii de "Girl Gone Wild" foi lançado em 20 de abril de 2012, e "Superlove" com Kravitz foi lançado em 29 de maio de 2012. Depois de atingir dois milhões de seguidores no Facebook, Bergling lançou uma canção intitulada "Two Million". Foi lançado gratuitamente na sua página oficial do Soundcloud. Em 27 de abril de 2012, Bergling lançou a canção "Silhouettes". A música contou com os vocais de Salem Al Fakir e alcançou o número 5 na UK Dance Chart[34] e o número 4 na Billboard Dance Club Songs.[35]

Bergling foi um dos convidados no festival Lollapalooza em Grant Park, em Chicago no dia 4 de agosto de 2012. Em 12 de agosto de 2012, ele lançou a canção "Dancing in My Head" (Avicii's 'Been Cursed' Mix) no Beatport.[36] A faixa conta com vocais de Eric Turner. Uma edição de rádio da faixa, intitulada "Dancing in My Head" (Tom Hangs Mix) foi lançado em 14 de agosto de 2012 no iTunes, e um EP remix foi lançado em 30 de outubro de 2012, com remixes de Charlie Bernardo e Michael Woods. Em 26 de setembro de 2012, Bergling fez história ao ser o primeiro DJ a tocar no Radio City Music Hall, em Nova Iorque.[37] Ele realizou dois shows esgotados em 26 e 27 de setembro. Ele recebeu apoio de Matt Goldman e Cazzette nos dois shows. Nos seus shows no Radio City Music Hall, ele fez uma prévia de sua nova faixa com Mike Posner, intitulada "Stay with You".[38]

Em 29 de dezembro de 2012, Bergling estreou muitas músicas novas no Lights All Night, no Dallas Convention Center, algumas das quais chegaram ao seu primeiro álbum de estúdio, True. Essas canção inéditas incluem "I'll Be Gone" e "Let It Go".[39] O instrumental de "Let It Go" foi mixado com a a capella de "Addicted to You" para se tornar "Addicted to You (Avicii by Avicii)".

Em 29 de dezembro de 2012, Bergling lançou a canção "I Could Be the One" com Nicky Romero.[40] Depois de estreiar em seus shows quase um ano antes, a faixa finalmente foi lançada pela gravadora LE7ELS, de Bergling. A nova versão vocal foi lançada junto com uma versão instrumental, uma edição de rádio e remixes de Audrio e Didrick. Em 9 de janeiro de 2013, Bergling lançou o projeto "Avicii X You", uma parceria com a Ericsson[41] projetada para criar o primeiro hit do mundo "crowdsourced". O projeto permitiu que os fãs enviassem batidas, efeitos, melodias, ritmos e vocais para Bergling como arquivos de som na Internet.[42] A canção apresenta sequências de Kian Sang (melodia), Naxsy (linha de baixo), Martin Kupilas (batida), ВАНЯ ХАКСИ, Jonathan Madray, Mateusz Kolata e Christian Westphalen (efeitos). Bergling atuou como produtor executivo e criou a canção final intitulada oficialmente como "X You", que foi lançado em 26 de fevereiro de 2013. Em 30 de janeiro de 2013, Bergling lançou a faixa "Three Million" com a participação de Negin para celebrar os três milhões de fãs em sua página no Facebook.[43]

Bergling foi indicado ao Grammy de "Melhor Gravação de Dance" com "Levels" no Grammy Awards de 2013.[44] Ele foi indicado ao lado de Calvin Harris e Ne-Yo, Skrillex, Swedish House Mafia e John Martin, e Al Walser. A premiação aconteceu em 10 de fevereiro de 2013. Do final de fevereiro ao início de março de 2013, Bergling excursionou pela Austrália como uma das principais atrações do Future Music Festival, ao lado de The Prodigy e The Stone Roses.[45] No final de fevereiro de 2013, Bergling fez sua primeira turnê sul-americana, com shows na Venezuela, Argentina, Colômbia, Brasil e Chile.[46]

True (2013)

Ver artigo principal: True (álbum de Avicii)
Avicii no Inox Festival, 2011.

Em março de 2013, Bergling anunciou e estreou muitas faixas novas de seu novo álbum, True, que mais tarde seria lançado em setembro, durante seu Main Stage no Ultra Music Festival, em Miami. As novas faixas eram de natureza experimental. Por exemplo, Bergling trouxe uma banda para tocar a nova canção tingida de bluegrass, "Wake Me Up".[47] Muitas dessas novas canções, no entanto, receberam críticas mistas após o show.[48]

Em 14 de junho de 2013, a estreia mundial do novo single de Avicii, "Wake Me Up!", foi exibida por Pete Tong na BBC Radio 1, apresentando os vocais de Aloe Blacc.[49] A canção foi lançada no iTunes e nas rádios em 25 de junho de 2013. É o primeiro single do seu álbum de estreia, True, lançado em 16 de setembro de 2013. "Wake Me Up!" alcançou o número 1 no Spotify Global Chart, e Avicii estava em 2º na maioria dos artistas de streaming em todo o mundo.[50] "Wake Me Up!" mais tarde passou a estabelecer um recorde de 14 semanas como o número um na Billboard Dance/Electronic Songs.[51] A Official Charts Company anunciou em 21 de julho que "Wake Me Up!" se tornou o single de vendas mais rápido do Reino Unido de 2013 após ultrapassar "Blurred Lines" de Robin Thicke, tendo vendido 267.000 cópias em sua primeira semana de vendas no Reino Unido.[52] "Wake Me Up!" subsequentemente se tornou um grande sucesso, liderando as tabelas de mais de 20 países, incluindo Austrália,[53] Alemanha,[54] Irlanda,[55] Itália, Suécia,[56] Holanda e Nova Zelândia.[57][58]

Em 19 de outubro de 2013, foi anunciada a lista dos 100 melhores DJs do DJ Mag de 2013, com Avicii se encontrando em terceiro lugar na lista. Hardwell havia se tornado o novo número 1 do mundo, substituindo Armin Van Buuren.[59] Em 28 de outubro de 2013, Avicii lançou o single "Hey Brother" com os vocais de Dan Tyminski. Em 10 de novembro, Avicii ganhou o seu primeiro prêmio "Best Electronic" no MTV EMA's.[60] Em 24 de novembro de 2013, ele ganhou no American Music Awards na categoria "Artista Favorito de Dance/Eletrônica".[61]

Em dezembro de 2013, Bergling lançou seu quarto single do álbum, "Addicted to You", que alcançou o número 1 na Hungria,[62] com os vocais de Audra Mae, que também canta em "Shame on Me" e "Long Road to Hell", ambos faixas do álbum.[63] Bergling também lançou o single "Lay Me Down", com vocais de Adam Lambert e guitarra de Nile Rodgers. Em 29 de dezembro de 2013, Bergling estreou sua nova faixa "Dreaming of Me", apresentando os vocais de Audra Mae, através do episódio 19 de seu podcast, LE7ELS.[64]

Em 8 de março de 2014, a conta do Instagram de Bergling confirmou uma colaboração com Madonna.[65] A extensão da colaboração é desconhecida.[65] Em 21 de março de 2014, Bergling lançou uma edição remixada de seu álbum True, intitulado True: Avicii By Avicii, contendo remixes de todas as faixas, excluindo "Heart Upon My Sleeve" por razões desconhecidas. A promoção deste álbum deveria começar no Ultra Music Festival de 2014, mas Bergling anunciou que ele havia sido hospitalizado em 28 de março, e não pôde tocar seu set de encerramento no festival. Em 28 de março de 2014, a FIFA e a Sony Music Entertainment anunciaram que Avicii estaria colaborando com Carlos Santana, Wyclef Jean e Alexandre Pires para a canção oficial da Copa do Mundo da FIFA de 2014, intitulado "Dar um Jeito (We Will Find a Way)". A faixa foi realizada na Cerimônia de Encerramento da Copa do Mundo da FIFA, em 13 de julho de 2014.[66]

Em 2014, após a Copa do Mundo da FIFA, Avicii lançou seu single "Lay Me Down".[67] Ele também produziu e colaborou com Chris Martin, do Coldplay, co-escreveu e co-produziu da faixa "A Sky Full of Stars" do sexto álbum de estúdio de Coldplay, Ghost Stories, lançado em 19 de maio de 2014. Ele também tocou e gravou partes de piano na faixa. "A Sky Full of Stars" foi lançado em 3 de maio de 2014 como o segundo single de Ghost Stories.[68] "Lovers on the Sun", uma faixa que Bergling co-produziu com David Guetta, foi lançada em 30 de junho de 2014.[69] Ele também trabalhou com Wyclef Jean em um single intitulado "Divine Sorrow", de seu álbum, Clefication.[70]

Stories e outras colaborações (2014—15)

Ver artigo principal: Stories (álbum de Avicii)

Em julho de 2014, Bergling disse à revista Rolling Stone que ele havia trabalhado em 70 músicas para seu próximo álbum, Stories, que incluiria colaborações com Jon Bon Jovi, Serj Tankian do System of a Down, Chris Martin, Wyclef Jean e Matisyahu.[71] Descrevendo o álbum, Bergling disse: "Vai ser muito mais orientado para a música".[72]

Durante sua turnê de True, ele também apresentou a canção "No Pleasing A Woman" com os vocais de Billie Joe Armstrong da banda de rock americana Green Day. Tem um instrumental semelhante ao de "Wake Me Up!", embora tenha diferentes progressões de acordes, juntamente com "No Pleasing A Woman". Bergling também tocou outras canções como "In Love With Your Ghost" com Daniel "Danne" Adams-Ray; "Love to Fall" com Tom Odell e "Million Miles" com a cantora LP, que é a versão demo de "Trouble", uma canção de Stories com vocais de Wayne Hector.[73]

"Lose Myself", uma colaboração entre Bergling e cantor chinês Wang Leehom, foi lançado em 1 de setembro de 2014.[74] Em 8 de setembro de 2014, seu aniversário de 25 anos, Bergling decidiu cancelar todos os seus desempenhos remanescentes de 2014 devido a problemas de saúde.[75] No dia seguinte, ele anunciou através da Denim & Supply que lançaria seu novo single "The Days" no final de 2014; um vídeo também foi apresentado com uma prévia da faixa.[76] "The Days" é uma colaboração entre Avicii e Robbie Williams, e foi lançado em 3 de outubro de 2014 via PRMD. Em 16 de setembro de 2014, foi anunciado pela EA Sports que Avicii estava lançando uma nova faixa chamada "The Nights" exclusivamente no FIFA 15.[77] Em 17 de novembro de 2014, foi anunciado oficialmente que a faixa seria lançada como parte de um EP, juntamente com "The Days".[78] Em 17 de novembro de 2014, Wyclef Jean lançou uma faixa intitulada "Divine Sorrow", com Avicii.[79]

Em 6 de maio de 2015, Avicii lançou seu trabalho sobre a versão de Nina Simone de "Feeling Good",[80] composta em 1964 pelos compositores ingleses Anthony Newley e Leslie Bricusse. Em 22 de maio de 2015, Bergling estreou o primeiro single de Stories, "Waiting for Love". A faixa foi co-produzida pelo colega Martin Garrix, e contou com os vocais de Simon Aldred de Cherry Ghost.[81] Em 25 de maio de 2015, Bergling previu três antigas faixas no episódio 36 de seu podcast LE7ELS: "Tracks of My Tears", "Sorry Mr. Atari" e "Time to Get lll",[82] todas canções que Bergling tinha feito anos atrás. "Tracks of My Tears" é a versão original de "All You Need is Love" de Bergling. Em 27 de maio de 2015, foi confirmado por um jornal sueco através de uma entrevista com Bergling que seu segundo álbum, Stories, seria lançado no outono de 2015.[83]

Em 3 de julho de 2015, Bergling previu duas faixas de seu álbum Stories no episódio 37 de seu podcast LE7ELS: "Broken Arrows", com Zac Brown Band e "Can't Catch Me", com Wyclef Jean e Matisyahu.[84] Ele também tocou uma versão completa de sua faixa "Heaven" e também revelou que ele estava fazendo outra faixa com Chris Martin no vocal chamado "True Believer". Mais tarde, Bergling também revelou que ele também está cantando nessa faixa.[85] Em 18 de julho de 2015, foi anunciado por Bergling que ele finalmente terminou a produção de Stories após dois anos de trabalho.[86]

Algumas semanas depois, em 4 de agosto de 2015, foi anunciado que os singles finais antes do lançamento de Stories seriam "For a Better Day", com o cantor americano Alex Ebert e "Pure Grinding" apresentando os vocais de Kristoffer Fogelmark e Earl St. Clair.[87] Em 27 de agosto, Bergling lançou um vídeo teaser no Instagram tocando a canção "Pure Grinding". As faixas "For a Better Day" e "Pure Grinding" foram lançadas no dia seguinte através do Spotify e do iTunes.[88] As duas faixas também foram lançadas no EP Pure Grinding / For a Better Day no mesmo dia.[89] Em 26 de setembro, Bergling anunciou "Stories - Megamix" no Spotify.[90]

Stories foi lançado em 2 de outubro de 2015 ao lado de seu quarto single: "Broken Arrows" com Zac Brown,[91] e também ao lado dos singles promocionais: "Ten More Days", com Zak Abel e "Gonna Love Ya", com Sandro Cavazza.[92]

Aposentadoria temporária (2016)

Em 15 de janeiro de 2016, Bergling lançou seu remix de "Beautiful Heartbeat" de Morten.[93] A Coca-Cola fez uma parceria com Bergling para um hino de campanha global, intitulado "Taste the Feeling", com Conrad Sewell.[94] A canção foi lançada em 19 de janeiro de 2016. Em 25 de janeiro, Bergling se uniu novamente com Coldplay para co-produzir a canção "Hymn for the Weekend", que foi lançado como o segundo single do álbum A Head Full of Dreams.[95] Em 2016, de acordo com um relatório da revista Inc, a empresa Avicii foi a 6ª companhia que mais cresceu na Europa, com uma receita de €7,7 milhões em 2014.[96][97][98]

Em 19 de março de 2016, Avicii se apresentou ao vivo no Ultra Music Festival e estreou novas canções como "Without You (part. Sandro Cavazza)", "We Burn (Faster Than Light)" e uma colaboração com a estrela pop australiana Sia (que ele tocou pela primeira vez em Dubai).[99] Em 29 de março, Bergling anunciou no Facebook que se aposentaria de se apresentar ao vivo e em turnê em 2016.[100]

Em 7 de abril de 2016, Bergling anunciou que estava trabalhando em um terceiro álbum de estúdio.[101] Em 3 de junho de 2016, Bergling lançou sua colaboração com Otto Knows intitulada "Back Where I Belong". É a segunda colaboração com os dois produtores depois de "Itrack", em 2011.[102] Em 15 de julho de 2016, Bergling lançou um remix de sua própria música, "Feeling Good". O remix foi intitulado "Feeling Good (Avicii By Avicii)".[103] Esta faixa só foi lançada no canal oficial do YouTube de Bergling. No entanto, em 1º de agosto, o vídeo do YouTube estava sendo privado.

Em 28 de agosto de 2016, Bergling realizou sua última apresentação ao vivo em Ibiza, antes de se retirar de uma turnê citando problemas de saúde. Seu anúncio inicial foi feito em seu site em abril.[104] Em 22 de dezembro de 2016, um representante da Avicii Music AB anunciou que Avicii havia se separado do gerente de longa data Ash Pournouri e da At Night Management, juntamente com a gravadora PRMD de Ash. O representante também anunciou que Avicii assinou contrato com a Universal Music Sweden e que deveria lançar seu terceiro álbum de estúdio em 2017.[105]

AVĪCI (01) e True Stories

Ver artigo principal: AVĪCI (01)

Em junho de 2017, a cantora britânica Rita Ora estreou uma versão semi-acústica de "Lonely Together" em um evento privado na Annabel's em Londres.[106] "Lonely Together" foi mais tarde o segundo single de AVĪCI (01).[107]

De 13 de julho a 2 de agosto, Avicii compartilhou trechos de um minuto no Instagram, com a legenda: "Música nova muito (muito) em breve!", com títulos de faixas como hashtags.[108][109] Avicii enviou teasers de cada faixa do EP online após o lançamento.[110][111][112]

Em 10 de agosto de 2017, Bergling lançou o EP de seis faixas AVĪCI (01).[9] Avicii disse sobre o lançamento: "Estou muito animado por estar de volta com a música mais uma vez. Faz muito tempo desde que eu lancei nada e muito tempo desde que eu estava tão animado com novas músicas! Meu foco neste primeiro EP do álbum foi para obter um mix de músicas novas e antigas: algumas que os fãs têm perguntado sobre e esperando misturado com novas músicas que nunca foram ouvidas antes!"[113] Em uma entrevista com Pete Tong na BBC Radio 1, Bergling afirmou que o EP é uma das três partes de seu terceiro álbum de estúdio.[114]

Em 11 de setembro de 2017, Avicii anunciou um documentário intitulado Avicii: True Stories. O documentário narra a retirada do artista da turnê e apresenta entrevistas de seus colegas David Guetta, Tiësto, Wyclef Jean, Nile Rodgers e Chris Martin do Coldplay.[115]

Morte

Em 20 de abril de 2018, sua assessoria confirmou sua morte, aos 28 anos. Seu corpo foi encontrado em Mascate, Omã.[116] A causa da morte ainda não foi divulgada.[11]Após realizada duas autópsias, a possibilidade de ação criminal foi descartada.[117]

Influências

Entre as influências de Avicii estão Tiësto, David Guetta, Daft Punk, Laidback Luke, Sebastian Ingrosso, Steve Angello, Axwell, Ryan Blair, Eric Prydz, Josef Kelly, Basto e Ste Kirwan.

"Eu sempre estive na música, crescendo com meus irmãos mais velhos. Também tive influências distintas quando se trata do meu gosto musical. Houve outras pessoas que me influenciaram, mas acho que minhas maiores inspirações, além de meu gerente, têm sido o Swedish House Mafia e Eric Prydz, eles foram os primeiros a me pegarem a House!" Avicii – abril de 2011.[118]

Sua primeira grande faixa, "Manman" foi lançada pela gravadora de Pete Tong, Bedroom Bedlam, depois de ganhar Fast Trax de Pete Tong com 70 por cento dos votos.#votesim

Discografia

Ver artigo principal: Discografia de Avicii

Álbuns de estúdio

Turnês

  • True Tour (2014)

Referências

  1. «Tom Hangs». Discogs. Consultado em 28 de agosto de 2015 
  2. «Avicii Music AB». Discogs 
  3. «AVICII: Biography» (em inglês). The DJ List. Consultado em 4 de junho de 2011 
  4. a b «Grammy Awards 2012» (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2013 
  5. «Avicii – True». Australian-charts.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  6. «Avicii – True». Danishcharts.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  7. «Avicii – True». Swedishcharts.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  8. «Avicii – Chart history». Billboard. Consultado em 20 de abril de 2018 
  9. a b Rishty, David. «Avicii Breaks Musical Silence With 'Avīci' EP: Listen». Billboard. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  10. Aswad, Jem (20 de abril de 2018). «Avicii Dies at 28». Variety. Consultado em 20 de abril de 2018 
  11. a b «DJs, parceiros e artistas lamentam morte de Avicii: "Era jovem demais"». uol.com. 20 de abril de 2018. Consultado em 20 de abril de 2018 
  12. a b «Avicii Bio | Avicii Career». MTV. Consultado em 20 de abril de 2018 
  13. «ultratop.be - Tim Berg - Bromance». 8 de junho de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  14. «lescharts.com - Tim Berg - Seek Bromance». 9 de agosto de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  15. 40, Stichting Nederlandse Top. «Tim Berg - Bromance (Avicii Remix)». Top40.nl (em holandês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  16. «Official Singles Chart Top 100 | Official Charts Company». www.officialcharts.com (em inglês). 30 de setembro de 2010. Consultado em 20 de abril de 2018 
  17. «swedishcharts.com - Tim Berg - Seek Bromance». 24 de junho de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  18. «Sony/ATV Extends Co-Publishing Deal with Avicii». Billboard (em inglês) 
  19. Sound of Now by Avicii (em inglês), 1 de junho de 2009, consultado em 20 de abril de 2018 
  20. Muja (EP) by Avicii (em inglês), 15 de abril de 2009, consultado em 20 de abril de 2018 
  21. Ryu / Strutnut - Single by Avicii (em inglês), 3 de junho de 2009, consultado em 20 de abril de 2018 
  22. «Avicii discusses choosing his DJ name, connecting with manager Ash, more on rise to stardom - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 11 de agosto de 2013 
  23. «Avicii's 'Levels' - Discover the Sample Source». WhoSampled. Consultado em 20 de abril de 2018 
  24. «Pretty Lights's 'Finally Moving' - Discover the Sample Source». WhoSampled. Consultado em 20 de abril de 2018 
  25. «Logistics's 'Call Me Back' - Discover the Sample Source». WhoSampled. Consultado em 20 de abril de 2018 
  26. «Avicii Bio, Music, News & Shows | DJZ». 29 de março de 2013. Consultado em 20 de abril de 2018 
  27. lightmedia.hu. «Rádiós Top 40 játszási lista - Hivatalos magyar slágerlisták». zene.slagerlistak.hu. Consultado em 20 de abril de 2018 
  28. «norwegiancharts.com - Avicii - Levels». 17 de junho de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  29. Hung, Steffen. «swedishcharts.com - Avicii - Levels». www.swedishcharts.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  30. Halliday, Josh (16 de agosto de 2011). «Leona Lewis resolves legal dispute with Swedish DJ over new single». the Guardian (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  31. «101.9 THE MIX LIVE Stream | Chicago». 101.9 THE MIX LIVE Stream | Chicago (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  32. «Avicii Releases Ultra Music Fest Remix of Madonna's 'Girl Gone Wild'». PopCrush (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  33. «Avicii vs. Lenny Kravitz – "Superlove" «  The Top Sound». www.thetopsound.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  34. «Official Dance Singles Chart Top 40 | Official Charts Company». www.officialcharts.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  35. «Avicii - Chart History». Billboard. Consultado em 20 de abril de 2018 
  36. «Dancing in My Head (Avicii's Been Cursed Remix) [Eric Turner vs. Avicii] da Capitol Records no Beatport». www.beatport.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  37. «Avicii Makes History -- Loudly -- With Radio City Show». MTV News (em inglês) 
  38. Avicii feat. Mike Posner – Stay With You (em inglês), consultado em 20 de abril de 2018 
  39. 1001Tracklists. «Avicii @ Lights All Night, Dallas Convention Center, United States 2012-12-29». 1001Tracklists (em inglês) 
  40. «Avicii vs Nicky Romero: 'I Could Be the One' review». Digital Spy (em inglês). 13 de fevereiro de 2013 
  41. «Ericsson sets tone for new music trends in project with Avicii». Ericsson.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  42. «Avicii's 'X You' track unleashes the power of networked, social entertainment». Ericsson.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  43. «Avicii hits 3 million fans on Facebook, gives away 'Three Million (Your Love is Amazing)' - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 30 de janeiro de 2013 
  44. «Avicii: My Grammy Ritual». Billboard. Consultado em 20 de abril de 2018 
  45. «Future Music Festival 2013». 1 de setembro de 2013. Consultado em 20 de abril de 2018 
  46. Advisor, Resident. «RA: Avicii tour dates for 2013». Resident Advisor. Consultado em 20 de abril de 2018 
  47. «Avicii's Rave New World». Rolling Stone. 29 de agosto de 2014. Consultado em 20 de abril de 2018 
  48. «Avicii rolls the dice at Ultra 2013; too advanced for dance - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 27 de março de 2013 
  49. «Avicii to premiere 'Wake Me Up' this Friday on Pete Tong's BBC Radio 1 show - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 11 de junho de 2013 
  50. Summers, Nick (27 de fevereiro de 2014). «Avicii's Wake Me Up is the Most-Played Spotify Track of All Time». The Next Web (em inglês) 
  51. «Avicii's Biggest Billboard Hits». Billboard. 20 de abril de 2018. Consultado em 20 de abril de 2018 
  52. «Avicii scores fastest selling single of 2013 so far with Wake Me Up» (em inglês) 
  53. «Avicii extends Aussie singles chart lead». Digital Spy (em inglês). 12 de agosto de 2013 
  54. (www.dw.com), Deutsche Welle. «Felix Jaehn lands Germany's music hit of the summer | DW | 11.08.2015». DW.COM (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  55. «GFK Chart-Track». www.chart-track.co.uk (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  56. «swedishcharts.com - Avicii - Wake Me Up!». 16 de julho de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  57. 40, Stichting Nederlandse Top. «Avicii - Wake Me Up!». Top40.nl (em holandês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  58. «charts.org.nz - Avicii - Wake Me Up!». 12 de agosto de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  59. «7 reasons why Avicii was voted top 3 in DJ Mag's 2012 ranking - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 10 de novembro de 2012 
  60. «Avicii Wins Best Electronic Award At MTV EMA - exQlusiv.com». 2 de dezembro de 2013. Consultado em 20 de abril de 2018 
  61. Swift, Andy (25 de novembro de 2013). «American Music Award Winners: Taylor Swift & More — Full List». Hollywood Life (em inglês) 
  62. lightmedia.hu. «Rádiós Top 40 játszási lista - Hivatalos magyar slágerlisták». zene.slagerlistak.hu. Consultado em 20 de abril de 2018 
  63. Corner, Lewis (14 de fevereiro de 2014). «Watch Avicii's new music video». Digital Spy (em inglês) 
  64. «Avicii Radio Podcast DJ Mix: Levels - Episode 019 + Tracklist». dashberlinworld.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  65. a b «Madonna Announces Collaboration With Avicii». Rolling Stone. 8 de março de 2014 
  66. Cantor-Navas, Judy (13 de julho de 2014). «Video for World Cup Anthem 'Dar um Jeito (We Will Find a Way)' Debuts (Watch)». Billboard 
  67. Rudolph, Christopher (13 de setembro de 2013). «Adam Lambert, Avicii Premiere New Song 'Lay Me Down' (LISTEN)». Huffington Post (em inglês) 
  68. «New songs aired during emotional and revealing Chris Martin interview!». 29 de abril de 2014. Consultado em 20 de abril de 2018 
  69. «David Guetta And Avicii Team Up For "Lovers On The Sun (Feat. Sam Martin)": Listen». idolator (em inglês). 30 de junho de 2014 
  70. «Exclusive: Wyclef Jean Announces 'Clefication' Album & Avicii-Assisted Single». Billboard 
  71. Edwards, Gavin. "Avicii's Rock & Roll Blowout." Rolling Stone 31 de julho de 2014: 31. ProQuest. Web. 4 de outubro de 2015
  72. «Avicii Calls in Rock & Roll Collaborators for Follow-Up to 'True'». Rolling Stone 
  73. «EXCLUSIVE: Avicii & Billie Joe Armstrong – No Pleasing A Woman (PREVIEW)». turnupthebass.net. 28 de julho de 2014. Consultado em 20 de abril de 2018 
  74. Avicii feat. 王力宏 (Wang Leehom) - 忘我 (Lose Myself) [Premiere] (em inglês), consultado em 20 de abril de 2018 
  75. «Avicii Cancels Future Performances Indefinitely Due To Health Concerns - EDMTunes». EDMTunes (em inglês). 8 de setembro de 2014 
  76. Ralph Lauren (12 de setembro de 2014), Denim & Supply Ralph Lauren and Avicii Present: "The Days", consultado em 20 de abril de 2018 
  77. «Escucha la banda sonora de FIFA 15». EA SPORTS (em espanhol). Consultado em 20 de abril de 2018 
  78. AviciiOfficialVEVO (17 de novembro de 2014), Avicii - The Nights (Audio), consultado em 20 de abril de 2018 
  79. «Coca-Cola Invites The World To "Share The Sound Of An AIDS Free Generation" And Support (RED)». The Coca-Cola Company (em inglês) 
  80. «Avicii reworks classic track 'Feeling Good'». Digital Spy (em inglês). 6 de maio de 2015 
  81. «Capital XTRA». Capital XTRA (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  82. «AVICII FM by Avicii on Apple Podcasts». Apple Podcasts (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  83. «Avicii håller hov i Las Vegas». Göteborgs-Posten (em sueco) 
  84. «Avicii Drops Two Unreleased Tracks From New Album». We Got This Covered (em inglês). 3 de julho de 2015 
  85. «On which song on Stories did Avicii sing? - Quora». www.quora.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  86. «Tim Bergling on Twitter: "Finally finished my album! After two years of hard work it is finally done! Feels so good!». Twitter.com. 18 de julho de 2015 
  87. «Avicii Directorial Debut with Pure Grinding & For A Better Day». Frankly My Dear UK (em inglês). 3 de setembro de 2015 
  88. «Avicii Offers Up Thought-Provoking, Disturbing "For A Better Day" & "Pure Grinding" Videos: Watch». idolator (em inglês). 3 de setembro de 2015 
  89. «Avicii – For a Better Day / Pure Grinding – Pre-Singles [iTunes Plus M4A]». iTD Music (em inglês) 
  90. «Avicii's 'Stories' album mega-mix leaks ahead of album release - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). 26 de setembro de 2015 
  91. «New Avicii Single "Broken Arrows" featuring Zac Brown Band | EDM...». EDM Chicago (em inglês). 1 de julho de 2015 
  92. Stories by Avicii (em inglês), 2 de outubro de 2015, consultado em 20 de abril de 2018 
  93. «Beautiful Heartbeat (feat. Frida Sundemo) (Avicii Remix) de MORTEN, Frida Sundemo no Beatport». www.beatport.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  94. «Rising Australian Pop Singer Conrad Sewell, With Assist From Avicii, Fronts Coca-Cola's New Campaign». Billboard 
  95. «Avicii, Coldplay & Beyoncé Join Forces For The Most Incredible Collab Of The Year [Must Listen]». Your EDM (em inglês). 4 de dezembro de 2015 
  96. «Avicii Named 6th Fastest-Growing Company In Europe In Shocking Ranking». Your EDM (em inglês). 27 de fevereiro de 2016 
  97. «Young, Digital, and Hungry: Inside the Companies of the Inc. 5000 Europe». Inc.com (em inglês). 23 de fevereiro de 2016 
  98. «Read About the Companies in the Inaugural Inc. 5000 Europe». Inc.com (em inglês) 
  99. «Avicii - live at Ultra Music Festival 2016 (Miami) - 19-Mar-2016 - FREE DOWNLOAD by irene3 | Free Listening on SoundCloud». 14 de abril de 2016. Consultado em 20 de abril de 2018 
  100. Coscarelli, Joe (29 de março de 2016). «Avicii Retires From Performing Live». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  101. «AVICII PLANNING TO RELEASE NEW ALBUM AFTER RETIRING». DJMag.com. 7 de abril de 2016 
  102. «Back Where I Belong (feat. Avicii) da WM Sweden no Beatport». www.beatport.com. Consultado em 20 de abril de 2018 
  103. «Avicii Breaks His Silence With A New Electro House Thriller [MUST LISTEN]». Your EDM (em inglês). 15 de julho de 2016 
  104. «Avicii Officially Retires From Touring». Billboard. Consultado em 20 de abril de 2018 
  105. «Avicii & Longtime Manager Ash Pournouri Part Ways». Billboard. 22 de dezembro de 2016 
  106. «Rita Ora Debuts New Song "Lonely Together" At A Private Party». idolator (em inglês). 28 de junho de 2017 
  107. «Avicii's return continues with single featuring Rita Ora and an arty new video». Metro (em inglês). 23 de agosto de 2017 
  108. «Avicii Reveals New 'Avīci' EP & Release Date, Teases More Music». Billboard 
  109. «Avicii teases more new music ahead of forthcoming release». DJMag.com. 3 de agosto de 2017 
  110. Rishty, David (7 de agosto de 2017). «Avicii Shares 'Avīci' EP Track List, Feat. Rita Ora, AlunaGeorge & More». Billboard 
  111. «Avicii shares 'Avīci' EP tracklist, feat. Rita Ora, AlunaGeorge, more». DJMag.com. 9 de agosto de 2017 
  112. Erik (7 de agosto de 2017). «Avicii Returns To His Roots In Teaser For New Collaboration With Billy Raffoul». EDM Sauce (em inglês) 
  113. «Swedish DJ Avicii Has Died Age 28» (em inglês). 20 de abril de 2018 
  114. «Avicii chats to Pete, Paul Oakenfold and DJ Alfredo recorded in Ibiza, Pete Tong - BBC Radio 1». BBC (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2018 
  115. Tsikurishvili, Levan (26 de outubro de 2017), Avicii: True Stories, consultado em 20 de abril de 2018 
  116. «Avicii morre aos 28 anos em Omã». G1. 20 de abril de 2018. Consultado em 20 de abril de 2018 
  117. «Avicii: autópsias descartaram 'pista criminal' para a morte do DJ, diz fonte policial de Omã». G1 
  118. «Exclusive: Avicii / Tim Berg Interview | Maxumi Magazine | Maxumi Magazine» (em inglês). Maxumi.co.uk. Consultado em 4 de junho de 2011 

Ligações externas