Ballerina (2016)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ballerina
Bailarina (PRT)
A Bailarina (BRA)
 França
2016 •  cor •  89[1] min 
Direção
  • Éric Summer
  • Éric Warin
Produção
  • Laurent Zeitoun
  • Yann Zenou
  • Nicolas Duval Adassovsky
  • André Rouleau
  • Valérie d'Auteuil
Roteiro
  • Éric Summer
  • Laurent Zeitoun
  • Carol Noble
Gênero aventura, comédia musical
Música Klaus Badelt
Cinematografia Jericca Cleland
Edição Yvann Thibaudeau
Companhia(s) produtora(s)
  • Quad Productions
  • Main Journey
  • Caramel Film
  • L'Atelier Animation
Distribuição
Lançamento
  • França 14 de dezembro de 2016
  • Brasil 26 de janeiro de 2017
  • Portugal 27 de abril de 2017
  • Angola 28 de abril de 2017
Idioma inglês
Orçamento US$ 30 milhões[2]
Receita US$ 106,1 milhões[3]

Ballerina (Bailarina (título em Portugal) ou A Bailarina (título no Brasil)) é um filme de animação franco dos gêneros aventura e comédia musical, dirigido e escrito por Éric Summer, Éric Warin, Carol Noble e Laurent Zeitoun, com a trilha sonora composta por Klaus Badelt e as vozes interpretadas por Camille Cottin, Malik Bentalha, Kaycie Chase e Magali Barney.

Estreou-se em França a 14 de dezembro de 2016, no Brasil a 26 de janeiro de 2017,[4] no Portugal a 27 de abril[5] e em Angola a 28 de abril do mesmo ano.[6]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Félicie é uma menina de onze anos que sempre viveu em um orfanato na Bretanha com seu amigo Victor, desde criança . Um dia, após mais uma tentativa de fuga do orfanato, ela é pega por Victor, que lhe mostra a foto da Opéra , um majestoso teatro parisiense que inclui aulas de dança. Félicie decide imediatamente que quer conhecê-lo e, naquela mesma noite, com um estratagema e uma ousada perseguição do guardião do orfanato, ela e Victor conseguem chegar a Paris. Victor, devido a um acidente, cai em um barco e perde Félicie de vista, que se verá vagando sozinha pelas ruas de Paris.

Félicie, ao perambular pelos bairros, avista a Ópera e se esgueira por dentro, onde assiste à performance de Rosita Mauri , uma dançarina muito famosa e talentosa. No entanto, a menina é descoberta pelo dono do teatro que a atira mal por acreditar que ela era uma ladra, mas a menina é defendida pela faxineira Odette, que também trabalha como copeira para a hostil Régine Le Haut, uma mulher arrogante que dirige a melhor loja de costelas da França; Régine força sua filha de 11 anos, Camille, a um treinamento exaustivo para torná-la a melhor dançarina da Ópera, enquanto aguarda a carta de admissão. Félicie se vê trabalhando com Odette no palácio de Régine, onde esbarra com Camille que, sem pensar duas vezes, a humilha e joga sua caixinha de música (única lembrança de seus pais) pela janela, destruindo-a. Felizmente Victor (que entretanto entrou para trabalhar no laboratório de Gustave Eiffel , um inventor que se dedicou à construção da Torre Eiffel e da Estátua da Liberdade , que será exportada para os Estados Unidos) reparar a caixa de música. Enquanto isso, Félicie encontra a carta de admissão para a ópera de Camille, e encantada com a atuação de Rosita, ela finge ser Camille para frequentar seus cursos. No início ela é muito desajeitada, sem saber o que realmente é dança clássica, mas graças às aulas ministradas por Odette, ela começa a se aprimorar e a ter confiança em si mesma.

Enquanto isso, Félicie conhece Rudolph, um dançarino russo do curso avançado masculino que a fará se apaixonar, mas que entrará em rivalidade com Victor, especialmente quando os três se encontram na Torre Eiffel durante um encontro em que os dois brigam intensamente, e, conseqüentemente, Félicie desiste de ambos. A situação se degenera quando Régine desmascara Félicie e consegue incluir Camille na aula de dança; no entanto, o mestre decide dar outra chance a Félicie, desde que ela dê o seu melhor e que Régine não demita Odette.

Enquanto isso, Mérante começa a selecionar as garotas para serem admitidas na estreia do balé O Quebra-Nozes, e no final apenas Félicie e Camille permanecem na competição, que terão que passar por uma audição para selecionar apenas uma das duas, que vai estrear no ballet no papel principal, com Rosita Mauri. Félicie também descobre que o mestre Louis está secretamente apaixonado por Odette, e por isso intercedeu por ela junto a Régine, apesar de a empregada ter acertado na mentira de Félicie.

Infelizmente, na audição, Félicie cai várias vezes e é eliminada, dando assim o papel a Camille. Com a certeza da vitória, Régine caça Félicie e a manda de volta para o orfanato. Apesar disso, a órfã continua a ensaiar até que a zeladora compreenda a sua paixão e a leve de volta à Ópera, onde descobre que Odette, outrora a primeira bailarina da ópera, ficou paralisada devido a um incêndio no palco. Félicie e Odette se encontram novamente, e Camille desafia Félicie para um duelo de dança onde esta vence, mostrando a todos que ela dança por paixão; Camille percebe que Félicie merece o papel principal. Eventualmente, Félicie faz as pazes com Victor e Rudolph, e quando ela está prestes a convidar Victor para assistir ao show, Régine chega perseguindo Félicie pela oficina até a Estátua da Liberdade. onde ele tenta fazer cair; quando parece que acabou, Victor, graças à sua invenção, salva Félicie, enquanto Régine fica preso no meio da estátua. Félicie chega a tempo do show, começando a dançar lindamente e assim realizando seu sonho.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem França França Canadá Canadá Portugal Portugal  Brasil
Félicie Le Bras Camille Cottin[7][8] Elle Fanning[7][9] Mia Rose[10] Mel Maia
Victor Hubert Malik Bentalha[7][8] Dane DeHaan[7][9] Miguel Cristovinho[10] Yago Machado
Camille Le Haut Kaycie Chase[7][8] Maddie Ziegler[7][9] Sara Prata Isabelle Cunha
Odette Magali Barney[7][8] Carly Rae Jepsen[7][9] Adriana Torres
Mérante Laurent Maurel[7][8] Terrence Scammell[9] Cifrão[10] Daniel Müller
Régine Le Haut Françoise Cadol[7] Julie Khaner[9] Mafalda Vilhena Ilka Pinheiro
Dora Émilie Marié[7] Elena Dunkleman[9] Jéssica Vieira
Rosita Céline Melloul[7][8] Elena Dunkleman[9] Margarida Carvalho Regina Maria Maia
Diretor da ópera Frédéric Souterelle[7][8] Joe Sheridan[9] Vítor Norte Élcio Romar
Nora Lila Lacombe[7] Soshana Sperling[9] Pamella Rodrigues
Rudolph Antoine Schoumsky Tamir Kapelian[9] Wirley Contaifer
Madre superiora Cathy Cerda Bronwen Mantel[9] Marize Motta
Portugal Versão portuguesa
  • Vozes adicionais: Bruno Ferreira (sr. Luteau).

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi produzido pelo estúdio de animação L'Atelier Animation em Montreal, Quebeque, no Canadá,[11] e os diretores utilizaram a animação por quadro-chave dos bailarinos Aurélie Dupont e Jérémie Bélingard do Balé da Ópera Nacional de Paris, para tornar a coreografia mais realista.[12] Aurélie Dupont tornou-se o coreógrafo das sequências de dança do filme.[13]

Banda\Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Ballerina
Banda sonora de vários artistas
Lançamento 12 de dezembro de 2016 (2016-12-12)
Duração 43:21
Idioma(s) Inglês
Editora(s) Gaumont
Produção Klaus Badelt e Chris Braide

A trilha sonora foi composta por Klaus Badelt e lançada pela Gaumont a 12 de dezembro de 2016.[14] O filme também apresentou canções que não foram incluídas no álbum, como "Cut to the Feeling" e "Runaways" interpretadas por Carly Rae Jepsen, e "Suitcase" interpretada por Sia.[15][16]

Álbum[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme estreou mundialmente no Festival Mon Premier a 19 de outubro de 2016,[17] e foi lançado na França e no Reino Unido em dezembro de 2016.[18][19] O filme foi distribuído no Canadá pela Entertainment One, e lançado a 24 de fevereiro de 2017.[20][21]

Em maio de 2016, o estúdio cinematográfico The Weinstein Company adquiriu os direitos de exibição do filme nos Estados Unidos,[11] que seria lançado no país a 3 de março de 2017 com o título Leap!,[22] mas a data foi alterada para 21 de abril de 2017,[23] com Nat Wolff, Mel Brooks e Kate McKinnon no elenco.[16][24] A data de lançamento foi novamente alterada para 30 de agosto e posteriormente foi mudada para 25 de agosto de 2017 nos Estados Unidos.[23] No Brasil, o filme foi distribuído pela Paris Filmes com o título de "A Bailarina" e estreou nos cinemas brasileiros em 26 de Janeiro de 2017, o filme teve a voz de Mel Maia dublando a protagonista na dublagem brasileira.

Recepção[editar | editar código-fonte]

No site Rotten Tomatoes, o filme mantém um índice de aprovação de 79% baseado em vinte e nove avaliações, com uma classificação média de 5,9 de 10.[25] Melissa Stewart da revista australiana Insights escreveu acerca do filme: "uma aventura emocionante... cuja animação capta a elegância do balé, é difícil não se encantar com as piruetas e os grandes saltos. ... A jornada de [Félicie] ressoará em qualquer pessoa que tenha sofrido com o aguilhão do fracasso, mas que descobriu como se recuperar. Tudo isto ocorre enquanto o humor ecoa pelo filme, tornando-o agradável para as crianças e para os pais. ... Os temas sobre a luta pela vossa paixão e vossos sonhos são intemporais."[26] Mike McCahill do jornal britânico The Guardian escreveu: "O filme foi desenhado de forma atraente e atrativa – sob um olhar real pela luz que atinge os edifícios de uma cidade em construção – mas um tom mais identificado ao ADN do filme Cisne Negro, tornaria o final feliz menos inevitável e o seu vigor menos repetitivo."[27]

Referências

  1. «Ballerina» (em inglês). British Board of Film Classification. Consultado em 27 de julho de 2017 
  2. Keslassy, Elsa (14 de maio de 2013). «'Ballerina': Quad, Gaumont Dance Pas de Deux (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês) 
  3. «Leap!» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 27 de julho de 2017 
  4. «A Bailarina». AdoroCinema. Consultado em 27 de julho de 2017 
  5. «Os filmes da semana - estreias nos cinemas a 27 de abril de 2017». Filmspot. 27 de abril de 2017 
  6. «Bailarina VP». VerAngola. Consultado em 27 de julho de 2017 
  7. a b c d e f g h i j k l m n «Ballerina» (em francês). CinEmotions. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  8. a b c d e f g «Ballerina : Casting» (em francês). AlloCiné. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  9. a b c d e f g h i j k l Gaumont. «Ballerina» (PDF) (em inglês). UniFrance. Consultado em 27 de julho de 2017 
  10. a b c «Mia Rose, Miguel Cristovinho (D.A.M.A) e Cifrão dão vida ao primeiro filme de animação sobre bailado». Infocul. 28 de março de 2017. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  11. a b Ramin Setoodeh e Elsa Keslassy (11 de maio de 2016). «Cannes: Weinstein Co. Acquires U.S. Rights to Gaumont's Animated Film 'Ballerina' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês) 
  12. Tanya (6 de dezembro de 2016). «Gaumont's Ballerina Bringing Ballet's Etoiles to the Big Screen» (em inglês). Voices.com 
  13. Benamon, Sophie (14 de dezembro de 2016). «Ballerina, ou comment monter un dessin animé historique qui s'émancipe des clichés». L'Express (em francês) 
  14. «'Ballerina' Soundtrack Details» (em inglês). Film Music Reporter. 10 de dezembro de 2016 
  15. Tom, Lauren (26 de maio de 2017). «Carly Rae Jepsen Releases 'Leap' Track 'Cut To The Feeling': Listen». Billboard (em inglês) 
  16. a b Junior, Mike Fleming (15 de março de 2017). «Kate McKinnon Leaps Into Animated Pic With Trio Of Voices». Deadline.com (em inglês) 
  17. «Mon premier festival, 12e édition» (em francês). Ciné+. 13 de outubro de 2016 
  18. Wiest, Brianna (6 de outubro de 2016). «Maddie Ziegler and Elle Fanning's New Ballerina Movie Trailer Is Here». Teen Vogue (em inglês) 
  19. Billington, Alex (4 de outubro de 2016). «UK Trailer for French Animated Film 'Ballerina' Featuring Elle Fanning» (em inglês). First Showing 
  20. Hontebeyrie, Isabelle (18 de fevereiro de 2017). «Ballerina: le Québec entre dans l'animation». Canadian Online Explorer (em francês). Postmedia Network e Quebecor Media 
  21. «Ballerina» (em inglês). Landmark Cinemas. Consultado em 27 de julho de 2017 
  22. Milligan, Mercedes (23 de dezembro de 2016). «Weinstein Hops on Ballerina Animation 'Leap!'». Animation Magazine (em inglês) 
  23. a b D'Alessandro, Anthony (21 de julho de 2017). «Weinstein Co.'s Ballerina Toon 'Leap!' Jumps Up From Labor Day – Update». Deadline.com (em inglês) 
  24. Calvario, Liz (11 de março de 2017). «'Leap!' Trailer: Elle Fanning And Nat Wolff Dare To Dream In Animated Film». Deadline.com (em inglês) 
  25. «Leap! (2017)» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 27 de julho de 2017 
  26. Stewart, Melissa (12 de abril de 2017). «The choreography of dreams». Insights (em inglês). Igreja Unida na Austrália 
  27. McCahill, Mike (15 de dezembro de 2016). «Ballerina review – pleasantly pirouetting 'toon». The Guardian (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]