Batalha de Plassey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Batalha de Plassey (1757) estabeleceu o domínio britânico na Índia[1]

Batalha de Plassey (Bengali: পলাশীর যুদ্ধ, Pôlashir Juddho) foi uma vitória decisiva da Companhia Britânica das Índias Orientais sobre o Nababo de Bengala e seus aliados franceses em 23 de junho de 1757.[2]

A batalha estabeleceu o domínio da Companhia em Bengala, que se expandiu por grande parte da Índia nos 100 anos seguintes. A batalha teve lugar em Plassey (versão anglófona de Palashi), nas margens do rio Bhagirathi, cerca de 150 km ao norte de Calcutá e sul de Murshidabad, então capital de Bengala. Os beligerantes eram Nababo Siraj-ud-Daulah, o último nababo independente de Bengala, e a Companhia Britânica. Quando Alivardhi Khan morreu em 1756, Siraj-ud-Daulah tornou-se o nababo de Bengala. Ele ordenou que os britânicos parassem de expandir suas fortificações. Robert Clive atacou Calcutá e derrotou o nababo em Plassey em 1757, quando tomou a cidade.[2]

Esta é considerada uma das batalhas fundamentais no controle do subcontinente indiano pelos impérios coloniais. Os britânicos agora exerciam enorme influência sobre o nababo e, consequentemente, adquiriram grandes quantidades de receitas provenientes do comércio, recursos que eles usaram para aumentar o seu poderio militar e combater as outras potências coloniais europeias, como os holandeses e os franceses que atuavam na Ásia Meridional, ampliando, assim, o Império Britânico na Ásia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sat D. Sharma, India Marching: Reflections from a Nationalistic Perspective, page 140, iUniverse, 2012, ISBN 978-1-4759-1422-1
  2. a b Campbell, John; Watts, William (1760). World Digital Library, ed. «Memoirs of the Revolution in Bengal, Anno Domini 1757». Consultado em 24 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.