Cajati (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela árvore homônima que deu o nome ao município, veja Cajati.
Município de Cajati
Bandeira de Cajati
Brasão de Cajati
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 19 de maio de 1991 (24 anos)
Gentílico cajatiense
Lema Liberadade e igualdade
Prefeito(a) Luís Henrique Koga
(2013–2016)
Localização
Localização de Cajati
Localização de Cajati em São Paulo
Cajati está localizado em: Brasil
Cajati
Localização de Cajati no Brasil
24° 44' 09" S 48° 07' 22" O24° 44' 09" S 48° 07' 22" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Litoral Sul Paulista IBGE/2015[1]
Microrregião Registro IBGE/2015[1]
Municípios limítrofes Eldorado, Jacupiranga, Barra do Turvo.[2]
Distância até a capital 230 km
Características geográficas
Área 454,436 km² [3]
População 29 010 hab. Censo IBGE/2014[4]
Densidade 63,84 hab./km²
Altitude 75 m
Clima subtropical Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,694 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 634 437 000,00 IBGE/2012[6]
PIB per capita R$ 22 463,51 IBGE/2012[6]
Página oficial

Cajati é um município brasileiro do estado de São Paulo localizado no Litoral Sul Paulista. Sua economia em 2012 foi de 634,437 milhões de reais, serviços e comércio geraram R$ 275,535 milhões (43,4%), a produção de banana (126.000 toneladas) e a de palmito (4.800 toneladas), arrecadaram R$ 56,7 milhões e R$ 19,2 milhões, respectivamente, mais da metade dos R$ 109,412 milhões (17,2%) gerados com a agricultura. A mineração de apatita, níquel, água mineral e cal pelas empresas Vale, Cimpor e Fosbrasil, geraram para a indústria R$ 186,862 milhões (29,5%), contribuindo muito para o desenvolvimento do município, que arrecadou R$ 62,628 milhões (9,9% do PIB) em impostos naquele mesmo ano. Aproximadamente 73,0% da população mora na zona urbana.

História[editar | editar código-fonte]

Cajati, em língua tupi significa "árvore de folhas compridas". O município foi fundado em 1991 - data esta que marca o desmembramento da cidade de Jacupiranga, no qual era distrito..

Turismo[editar | editar código-fonte]

Há muitos eventos como rodeios e festas juninas, também há espaço para o ecoturismo, com cachoeiras, rios muito limpos e montanhas onde se pode saltar de paraquedas, ou simplesmente curtir o visual.

Os idosos também têm seu espaço garantido, seja nas inúmeras igrejas existentes, bem como em suas reuniões da terceira idade, onde podem dançar, jogar e curtir.

Em Cajati, há duas praças, uma localizada no centro e outra localizada na portaria da Vale Fertilizantes. A praça do centro se chama praça da bíblia, onde as pessoas sentam e descansam lá, geralmente há eventos. E a praça da serrana, é uma praça apenas de lazer.

Administração[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. http://mapas.ibge.gov.br/divisao/viewer.htm.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]