Carlos Manuel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Manuel
Informações pessoais
Nome completo Carlos Manuel Correia dos Santos
Data de nasc. 15 de janeiro de 1958 (61 anos)
Local de nasc. Moita, Portugal Portugal
Altura 1,76 m
Informações profissionais
Equipa atual Portugal Oriental
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1975-1978
1978-1979
1979-1987
1988
1988-1990
1990-1992
1992-1994
CUF
Barreirense
Benfica
Sion
Sporting CP
Boavista
Estoril
2 (0)
30 (2)
320 (58)
12 (6)
62 (6)
17 (0)
45 (3)
Seleção nacional
1980-1986 Flag of Portugal.svg Portugal 42 (8)
Times/Equipas que treinou
1993-1996
1996-1997
1997
1998
1998-1999
1999-2000
2000-2001
2001-2002
2002-2003
2003-2004
2004-2005
2007-2008
2009-2011
2011-2012
2012-
Estoril
Salgueiros
Sporting CP
Salgueiros
SC Braga
Campomaiorense
Santa Clara
Salgueiros
Santa Clara
Salgueiros
Ol. Moscavide
Atlético
Oriental
Primeiro de Agosto
Flag of Guinea-Bissau.svg Guiné-Bissau

Carlos Manuel Correia dos Santos (Moita, 15 de Janeiro de 1958) é um ex-jogador de futebol português. Foi considerado um dos melhores médios ofensivos portugueses da década de 80, tanto pelo SL Benfica como pela selecção.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Em termos clubísticos, começou a jogar futebol no Grupo Desportivo da CUF do Barreiro, seguindo-se, em 1977 o Barreirense. Em 1979, com a descida do clube à 2ª divisão, transferiu-se para o Benfica e por lá ficou até 1987. Com a camisola encarnada ganhou 4 campeonatos, 5 Taças de Portugal e 2 Supertaças. Em Dezembro de 1987 foi cedido ao FC Sion, e em 1988 voltou a Portugal, desta vez para jogar no Sporting. Em 1990 assinou contrato com o Boavista, jogando pelos "axadrezados" até 1992. Jogou os seus dois últimos anos da carreira, entre 1992 e 1994, no Grupo Desportivo Estoril Praia, onde foi, durante os últimos meses, jogador-treinador da equipa. Colocou um ponto final na sua carreira aos 36 anos, para seguir a carreira de treinador.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Por Portugal, foi internacional 42 vezes, marcando 8 golos, dois deles com sabor especial: o golo que marcou, a 28 de Outubro de 1983 frente à Polónia, em Wrocław, que colocou Portugal a um passo do Euro '84; e, sobretudo, o golo frente à República Federal da Alemanha, a 16 de Outubro de 1985, em Estugarda, que garantiu a presença da "equipa das quinas" no Mundial '86. Neese Mundial, Carlos Manuel apontou o golo da vitória sobre a Inglaterra, na 1ª jornada: seria o seu último com a camisola das quinas, pois o jogador quis deixar de jogar pela selecção Nacional de Portugal após o Mundial, na sequência do Caso Saltillo. Por várias vezes a Federação Portuguesa de Futebol pediu para Carlos Manuel voltar a vestir a camisola das quinas mas este recusou jogar por esta, enquanto algumas coisas na Federação não mudassem.

Como Treinador[editar | editar código-fonte]

Como treinador, treinou o Grupo Desportivo Estoril Praia, Salgueiros, Sporting, Braga, Campomaiorense, Santa Clara, Olivais e Moscavide e Atlético.

No final de 2008 assumiu o cargo de treinador do Clube Oriental de Lisboa.[1] Em 2011 assumiu o cargo de treinador do Primeiro de Agosto, clube da 1ª divisão angolana. Desde 2012, treina a Guiné-Bissau.

Referências