Centro (Campinas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Centro de Campinas)
Ir para: navegação, pesquisa
Centro de Campinas
—  Bairro do Brasil  —
Vista do Centro de Campinas SP.JPG
Fonte: Não disponível
A Rua 13 de Maio é um dos símbolos do Centro de Campinas

O Centro é a região do município de Campinas, no estado de São Paulo, que concentra uma parcela bastante expressiva do comércio e dos serviços do município e da Região Metropolitana de Campinas. Sua área é de aproximadamente 1,5 quilômetro quadrado, sendo delimitado pelas avenidas e ruas: Aquidaban, Boaventura do Amaral, Barreto Leme, Anchieta, Irmã Serafina, Orozimbo Maia, Francisco Glicério, Doutor Mascarenhas, Lix da Cunha e Waldemar Paschoal.

A noroeste, está o Guanabara; a nordeste e a leste, está o Cambuí; a sudeste, está o Bosque; ao sul, está a Ponte Preta; a sudoeste e ao sul, está a Vila Industrial; e, a oeste, está o Bonfim.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade teve sua fundação oficial com o nome de "Distrito das Campinas de Mato Grosso de Jundiaí" com a construção de uma capela de taipa em 14 de julho de 1774, no lugar onde hoje se encontra o marco da praça Bento Quirino, próximo ao monumento-túmulo do compositor Carlos Gomes e que era um dos três campinhos (de onde vem o nome "Campinas") no caminho dos tropeiros que rumavam ao norte. Durante muito tempo, a expansão da cidade restringiu-se àquilo que consiste hoje na Região Central. Somente no século XIX começaram a surgir bairros como a atual Vila Industrial.

Características[editar | editar código-fonte]

O centro de Campinas é em declive e, sob ele, passam córregos que inundam quando chove muito (principalmente aquele que corre sob a rua Barão de Jaguara).[1] Parte significativa das ruas e calçadas é estreita, o que dificulta a passagem de pedestres e automóveis, além dos numerosos problemas de acessibilidade para portadores de deficiências. As únicas ruas com fiação subterrânea é a Rua 13 de Maio,[2] e a Avenida Francisco Glicério.

Bairros dentro do Centro[editar | editar código-fonte]

Em função do fato de Campinas não ter delimitação legal e precisa dos bairros, há bairros que são desconhecidos da população em geral em função de seu pequeno tamanho:

  1. Vila Lídia (trata-se da região entre a linha de trem - com o bairro Ponte Preta do outro lado - a Avenida Francisco Glicério e a Via Expressa Waldemar Paschoal).
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Centro (Campinas)

Referências

  1. Secretaria Municipal de Planejamento (2006). «Infraestrutura - Drenagem Urbana (Plano Diretor)» (PDF). Prefeitura Municipal de Campinas. Consultado em 15 de março de 2014 
  2. Correio Popular (10 de outubro de 2013). «Prefeitura retoma plano de reforma da Francisco Glicério». Correio Popular. Consultado em 15 de março de 2014 
Avenida Francisco Glicério, centro comercial da cidade de Campinas, antes de sua revitalização.