Claudiomiro Salenave Santiago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Claudiomiro Santiago
Informações pessoais
Nome completo Claudimiro Salenave Santiago
Data de nasc. 25 de agosto de 1971 (47 anos)
Local de nasc. Santana do Livramento (Rio Grande do Sul RS),  Brasil
Apelido Claudiomiro
Informações profissionais
Posição Auxiliar técnico (Ex Zagueiro)
Clubes de juventude
1989-1995 Brasil Grêmio Santanense
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1995-1998
1998-2001
2001-2004
2005
Brasil Coritiba
Brasil Santos
Brasil Grêmio
Brasil Vitória

jogos (golos)
Times/Equipas que treinou
2009
2010
2015-
Brasil São José-RS (assistente)
Brasil Campinense (assistente)
Brasil Joinville (assistente)
Última atualização: quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Claudiomiro Salenave Santiago (Santana do Livramento, 25 de agosto de 1971) é um ex-futebolista brasileiro que atualmente trabalha como auxiliar técnico.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Claudiomiro começou sua carreira no Grêmio Foot-Ball Santanense de onde transferiu-se para o Coritiba Foot Ball Club no ano de 1995, Já no ano de 1998 foi defender a equipe do Santos Futebol Clube, encerrou sua carreira no ano de 2005 no Esporte Clube Vitória atuou no Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense entre os anos de 2001 até o final do ano de 2004 participando da campanha no Brasileirão que rebaixou o tricolor gaúcho para Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. No Santos passou a melhor fase da sua carreira fazendo a dupla de zaga com o também gaúcho Argel Fucks[1]. fez ao todo pelo Campeonato Brasileiro três gols pelo Grêmio, seis gols pelo Santos e oito pelo Coritiba.

A sua despedida como jogador foi no final do ano de 2005 ano que sagrou-se Campeão Baiano pelo Esporte Clube Vitória e participando também da campanha que levou o clube Baiano ao rebaixamento para Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Santos
Vitória

Referências

  1. Os Outros Meninos da Vila (2 de agosto de 2013). «Claudiomiro». Consultado em 23 de julho de 2015.