Colisão inelástica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Colisão inelástica é um tipo de colisão na qual a energia cinética do sistema não é conservada. No tempo de impacto (contato), a energia cinética se transforma parcialmente em energia potencial, que é armazenada, e parcialmente se dissipa na forma de calor, efeito joule e energia sonora e é utilizada nas deformações permanentes.[1]

Relação com coeficiente de restituição[editar | editar código-fonte]

Sendo o coeficiente de restituição () a razão entre as velocidades de afastamento e aproximação dos corpos em colisão, a colisão inelástica será definida no caso em que , onde e determinam, respectivamente, os casos de colisão parcialmente inelástica e colisão perfeitamente inelástica.[1]

Referências

  1. a b UFPB 2019.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.