Décimo primeiro Doutor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Décimo primeiro Doutor
Décimo primeiro Doutor.png
O Décimo primeiro Doutor como visto na 7ª temporada.
O Doutor
Primeira aparição The End of Time
Última aparição "The Time of the Doctor" (regular)
Deep Breath (convidado)
Interpretado por Matt Smith[1]
Informações
Período 1 de janeiro de 2010[1]–25 de dezembro de 2013
de
temporadas
3
Aparições 39 histórias (44 episódios)
Companhias Amy Pond[2]
Rory Williams[3][4]
River Song[5]
Craig Owens
Clara Oswald
Cronologia
Precedido por Décimo Doutor (David Tennant)
Sucedido por Décimo segundo Doutor (Peter Capaldi)
Lista de
temporadas
5ª temporada (2010)
6ª temporada (2011)
7ª temporada[6] (2012-2013)
Especiais (2013)

O Décimo primeiro Doutor (em inglês: Eleventh Doctor) é a décima primeira encarnação do protagonista da série de televisão ficção científica da BBC, Doctor Who. Ele é interpretado por Matt Smith,[7] e foi introduzido no final do show do episódio especial do dia de ano novo em 2010, assumindo o papel de David Tennant, que interpretou o Décimo Doutor.

Dentro da narrativa da série, o Doutor é um alienígena de séculos, um Senhor do Tempo do planeta Gallifrey, que viaja no tempo e no espaço em sua TARDIS, freqüentemente com companheiros. Quando o Doutor está gravemente ferido, ele pode regenerar seu corpo, mas ao fazê-lo, ganha uma nova aparência física e com ele, uma nova personalidade distinta. Smith retrata a décima primeira encarnação de tal, um homem irascível, mas compassivo, cuja aparência juvenil está em desacordo com o seu temperamento mais exigente e cansado do mundo.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Embora Steven Moffat pretendesse escolher um ator de meia-idade para interpretar o novo Doutor[8], Smith foi escolhido com 26 anos. Isso fez dele o mais jovem ator a interpretar o Doutor, três anos mais jovem do que Peter Davison era no momento em que ele começou seu papel como o Quinto Doutor.

Apresentação[editar | editar código-fonte]

A especulação sobre a identidade do Décimo primeiro Doutor começou em 28 de Junho 2008, quando o penúltimo episódio da quarta série, "The Stolen Earth", terminou como o doutor se regenerando após ser baleado por um Dalek com um raio da morte.[9] A falta de um trailer para a segunda parte, "Journey's End", a mídia e a especulação pública ajudaram Doctor Who a alcançar uma das posições mais altas de audiência na história da série.[10] Os rumores sobre substituições incluíam Catherine Tate (então companheira do Doutor, Donna Noble),[11] Robert Carlyle,[12] Jason Statham,[13] David Morrissey,[14] e James Nesbitt.[15] O Daily Mail também informou as teorias de que dois Doutores poderiam ser criados, eventualmente, o que se comprovou correto.[16]

O Doutor é uma parte muito especial, e é preciso um ator muito especial atuar como ele. Você precisa ser velho e jovem ao mesmo tempo, um boffin e um herói de ação, um menino atrevido e o velho sábio do universo. Assim como Matt entrou pela porta, nos surpreendeu com uma ousada e marca nova visão sobre o Senhor do Tempo, sabíamos que tínhamos o nosso homem.

O produtor executivo Steven Moffat ao apresentar Smith.[17]

Tennant anunciou no National Television Awards em 29 de Outubro de 2008, que ele deixaria o cargo de Doutor porque sentiu que os quatro anos que passou interpretando o personagem foram suficientes para facilitar a transição de Russell T Davies para Steven Moffat como Produtor Executivo.[18] Na época, a BBC News publicou que Paterson Joseph, que apareceu nos episódios de Doctor Who "Bad Wolf" e "The Parting of the Ways", era o favorito nas casas de apostas para suceder Tennant e se escolhido seria o primeiro Doutor negro,[19] seguido por David Morrissey, que estaria aparecendo em 2008 no especial de Natal, "The Next Doctor". Outros candidatos incluíram Sean Pertwee, filho do Terceiro Doutor, o ator Jon Pertwee;[20] Russell Tovey, que interpretou Alonso Frame em 2007, no especial de Natal, "Voyage of the Damned ";[21] e James McAvoy.[22]

Vários produtores foram cautelosos sobre a apresentação de Smith porque sentiram que um homem de 26 anos de idade não poderia interpretar o Doutor adequadamente. O Chefe de Dramaturgia da BBC Wales, Piers Wenger compartilhou o sentimento, mas observou que Smith era capaz o suficiente para desempenhar o papel.[1][17] A revelação de Smith no papel se deu durante um episódio de Doctor Who Confidential, durante o qual ele descreveu o papel como "um privilégio maravilhoso e um desafio".[17]

Referências

  1. a b c «The Eleventh Doctor». Doctor Who Confidential. Séries 4. Episódio 15. BBC One  Parâmetro desconhecido |nettrabalho= ignorado (ajuda); Parâmetro desconhecido |airdata= ignorado (ajuda)
  2. «Doctor Who assistant is unveiled». BBC News. 29 de maio de 2009. Consultado em 29 de maio de 2009 
  3. «Series 5–6. Arthurian Legend». Doctor Who Confidential. BBC iPlayer. 8 de maio de 2010. Consultado em 29 de maio de 2010 
  4. «Arthur Darvill talks 'Doctor Who'». Digital Spy. 4 de maio de 2010. Consultado em 29 de maio de 2010 

  5. Craig OwensDoctor Who: Best of the Companions! (Television production). BBC America. 28 de agosto de 2011 
  6. «Matt Smith to return for new Doctor Who series». BBC News. 8 de junho de 2011 
  7. «New Doctor actor is youngest ever». UK: BBC News. 4 de janeiro de 2009. Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  8. Lewinski, John Scott (3 de janeiro de 2009). «Announces Matt Smith as Next Doctor Who». Wired. Consultado em 2 de janeiro de 2010 
  9. Writer Russell T Davies, Director Graeme Harper, Producer Phil Collinson. «The Stolen Earth». Doctor Who. BBC One  Parâmetro desconhecido |nettrabalho= ignorado (ajuda); Parâmetro desconhecido |airdata= ignorado (ajuda)
  10. Hilton, Matt (16 de julho de 2008). «Journey's End — Officially Number One». Outpost Gallifrey. Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  11. «Sad ending for Tate's character in Doctor Who». Richmond and Twickenham Times. 3 de julho de 2008. Consultado em 28 de dezembro de 2010 
  12. Martin, Nicole (30 de junho de 2008), «Doctor Who: Robert Carlyle tipped to replace David Tennant», The Daily Telegraph, London  |place= e |location= redundantes (ajuda).
  13. «Jason Statham To Be New Doctor Who?». Contactmusic.com. 3 de janeiro de 2007. Consultado em 28 de dezembro de 2010 
  14. «Doctor Who? David Morrissey is hot favourite to replace David Tennant as the Time Lord». UK. Daily Mail. 31 de outubro de 2008. Consultado em 28 de dezembro de 2010 
  15. Deans, Jason (2 de agosto de 2007), «James Nesbitt: the new Doctor Who?», The Guardian, London  |place= e |location= redundantes (ajuda).
  16. Revoir, Paul (5 de julho de 2008). «Dr Who fever sweeps nation as 10million fans prepare to tune in for finale». UK. The Daily Mail. Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  17. a b c «Matt Smith is the New Doctor». UK: BBC. Press Office. 3 de janeiro de 2009. Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  18. «David Tennant quits as Doctor Who». BBC. News. 29 de outubro de 2008. Consultado em 3 de janeiro de 2009 
  19. Masters, Tim (20 de novembro de 2008), «Who favourite talks Time Lords», News, UK: The BBC .
  20. Sean Pertwee keen on 'Doctor Who' role Ben Rawson-Jones. Digital Spy. 2 de dezembro de 2007
  21. Cockroft, Lucy (16 de setembro de 2008), «Stage actor Russell Tovey tipped as the eleventh Doctor Who», The Daily Telegraph, London  |place= e |location= redundantes (ajuda).
  22. «Doctor Who: The runners and the riders». UK: BBC. News. 30 de outubro de 2008. Consultado em 3 de janeiro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.