Day trader

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Day trade» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Day trader é um operador de mercado que realiza negociação de ativos durante um mesmo dia. É um operador de day trade.

Os operadores de day trade buscam apenas pequenas variações dos preços do ativo no curtíssimo prazo. Normalmente as suas entradas e saídas são rápidas, pois ele objetiva ganhar apenas parte do movimento de uma tendência, não importando se ela é de alta ou de baixa. Geralmente ele realiza vários trades durante o dia.

As condições mínimas para que um day trader consiga realizar suas operações é que o ativo tenha liquidez e que se mova em tendências. Eles procuram ativos que não tenham grandes spreads(diferença de preços) no livro de oferta, pois os stops podem ficar distantes e os prejuízos maiores do que o esperado.

Em todas as operações que o operador de mercado realiza, ele já entra sabendo qual a perda máxima que ele pode sofrer. É o chamado Stop Loss que é o limite máximo de erro que o operador aceita, caso a operação dê errado.

O day trader é muito atento às taxas cobradas pelas corretoras, visto que seus lucros em cada operação costumam ser pequenos. Algumas corretoras costumam cobrar pequenas taxas fixas de corretagem o que acaba sendo um atrativo para os day traders. Além das corretagens, as operações sofrem cobrança de emolumentos, taxas de liquidação, ISS(Imposto Sobre Serviço) e IR(Imposto de Renda).

Técnicas[editar | editar código-fonte]

Os day traders profissionais não têm tempo de fazer análises profundas antes de realizar cada operação. Eles fazem uso de ferramentas simples que tem o objetivo de indicar melhores pontos de compra e venda. As ferramentas mais utilizadas são os indicadores rastreadores de tendência, a principal delas é a média móvel. O day trader não costuma utilizar os indicadores osciladores, pois estas são apropriadas apenas para mercado em consolidação (mercado sem tendência).

Tipos[editar | editar código-fonte]

Day traders institucionais trabalham para as instituições financeiras e têm certas vantagens devido ao seu acesso a mais recursos, ferramentas, equipamentos, grandes quantidades de capital e alavancagem, grande disponibilidade de fluxos de fundos para negociar continuamente no mercados, linhas dedicadas e diretas para centros de dados e de intercâmbio, de comércio e software analítico, equipes de apoio para ajudar e muito mais.[1]

Retail day traders usam corretoras de varejo e, geralmente, o comércio com seu próprio capital.[2]

Auto traders usam programas de computador e outras ferramentas para entrar com ordens de negociação automaticamente. Pelo fato de tudo isso acontece com o auxílio do algoritmo de computador, esse processo também é chamado de negociação algorítmica.[3]

Referências

  1. Davis, E. Philip; Steil, Benn (2001). «Part IV: Institutional Trading». Institutional Investors. United States of America: MIT Press. p. 378. ISBN 0-262-04192-8. Consultado em 26 de março de 2012 
  2. «Retail Investor». Investopedia. IAC. Consultado em 29 de junho de 2016 
  3. «Automated Trading and What an Auto Trader does». Consultado em 1 de junho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Catgoria:Profissões