Doença terminal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Doença terminal é uma doença que não responde a tratamentos e que irá piorar, eventualmente causando a morte.[1]

Quando alguém recebe a notícia de que tem uma doença terminal, geralmente passa por uma de cinco etapas, segundo o Modelo de Kübler-Ross: negação, ira, negociação, depressão e aceitação.[2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. B. M. Guerrero (2011). Terminal Illness. Encyclopedia of Child Behavior and Development (em inglês). Boston: Springer. pp. 1475–1478. doi:10.1007/978-0-387-79061-9_2889 
  2. Pass OM, Morrison T. Toni Morrison's Beloved: a journey through the pain of grief. J Med Humanit. 2006; 27(2):117–24. doi:10.1007/s10912-006-9010-0. PMID 16773441.
  3. Santrock, J. W. (2007). A topical approach to life-span development. Nova Iorque: McGraw-Hill. ISBN 0073382647