Lista de mortes incomuns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta é uma lista de mortes incomuns, relacionando cronologicamente casos de mortes registrados no decorrer da história que tenham ocorrido em circunstâncias únicas ou extremamente raras. A lista também traz casos não tão raros mas ainda assim insólitos, sucedidos a pessoas proeminentes em determinado período histórico.

Antiguidade[editar | editar código-fonte]

Nota: Muitas das histórias desta seção são provavelmente apócrifas

Idade Média[editar | editar código-fonte]

Renascença[editar | editar código-fonte]

  • 1514: György Dózsa, homem-em-armas dos sículos e líder da revolta camponesa na Hungria, é condenado pela nobreza húngara na Transilvânia a sentar-se em um trono de ferro em brasas, com uma coroa em brasas na cabeça e um cetro em brasas na mão (uma zombaria de sua ambição em ser rei). Ainda vivo, Dózsa foi atacado e teve seu corpo parcialmente torrado devorado por seis de seus companheiros rebeldes, presos sem direito a alimentação há uma semana.[24]
  • 1556: Humayun, um imperador Mogol, estava descendo do telhado de sua biblioteca após observar Vênus quando ouviu o adhan, ou chamado à oração. Humayun tinha o costume de imediatamente curvar-se de joelhos ao ouvir o adhan, mas ao fazê-lo nesta ocasião, seu pé ficou preso nas dobras de seu manto, fazendo-o cair diversos degraus da escada. Ele morreu três dias depois em consequência dos ferimentos.[25]
  • 1601: Tycho Brahe, astrônomo dinamarquês, segundo a lenda, morreu de complicações decorrentes de continência urinária durante um banquete. A etiqueta da época considerava uma extrema falta de educação deixar a mesa antes da refeição terminada; e assim ele permaneceu sentado até ficar gravemente doente. Esta versão dos fatos desde então foi contestada, enquanto outras causas de morte (assassinado por Johannes Kepler, suicídio, envenenamento por mercúrio, entre outras) vieram à tona.[26]
  • 1649: Sir Arthur Aston, comandante das guarnições Realistas durante o Cerco de Drogheda, é espancado até a morte com a própria perna de madeira, que soldados Cabeças Redondas pensavam ocultar moedas de ouro.[27]
  • 1660: Thomas Urquhart, aristocrata escocês, polímata e primeiro tradutor de Rabelais para o inglês, teria morrido de rir ao saber que Carlos II tomara o trono da Inglaterra.[28][29]
  • 1671: François Vatel, cozinheiro de Luís XIV, cometeu suicídio, pois sua encomenda de peixes atrasara e ele não pôde suportar a vergonha de adiar uma refeição do rei. Seu corpo foi descoberto por um estafeta, que fora enviado para avisá-lo da chegada do pedido. A autenticidade desta história não foi comprovada.[30]
  • 1673: Molière, ator e dramaturgo francês, morreu ao ser acometido por um violento ataque de tosse enquanto representava o papel principal de sua peça Le Malade imaginaire (O Doente Imaginário).[31]
  • 1687: Jean-Baptiste Lully, compositor, morreu de septicemia, provocada por ele mesmo ao atingir seu pé com um bastão enquanto conduzia vigorosamente um Te Deum. A apresentação era em comemoração à recuperação de uma enfermidade que acometeu o rei Luís XIV.[32]

Século XVIII[editar | editar código-fonte]

Adolfo Frederico, rei sueco que morreu em 1771 por comer demasiado.

Século XIX[editar | editar código-fonte]

  • 1814: Dilúvio de cerveja de Londres, oito pessoas morrem afogadas quando 323 000 galões imperiais (1 468 000 litros) de cerveja da The Meux and Company Brewery estouram de suas cubas e jorram para as ruas, criando um "pequeno dilúvio".
  • 1834: David Douglas, botânico escocês, cai num buraco de armadilha juntamente com um touro. Ele é perfurado pelos chifres do animal e provavelmente esmagado.[37]
  • 1871: Clement Vallandigham, um advogado do estado do Ohio, transformou-se num advogado de sucesso que raras vezes perdia um caso. Em 1871, ele defendia Thomas McGehan, acusado de disparar contra Tom Myers durante uma disputa num bar. A tese da defesa levada a cargo por ela era de que Myers tinha disparado contra ele mesmo ao empunhar sua pistola quando estava ajoelhado. Para convencer o juri, Vallandigham decidiu demonstrar sua teoria. Ele utilizou por engano uma pistola carregada e terminou disparando contra si mesmo.[38][39][40]
  • 1899: Félix Faure, presidente da França desde 1895, morreu de apoplexia enquanto sua amante praticava sexo oral no mesmo. [41]

Século XX[editar | editar código-fonte]

Década de 1910[editar | editar código-fonte]

  • 1916: Grigori Rasputin, místico russo, teria sido envenenado enquanto jantava com um inimigo político. Baleado na cabeça, recebe mais três tiros, é espancado e então jogado em um rio congelado após ter sido castrado. Quando seu corpo retornou à superfície, uma autópsia revelou que a causa da morte fora hipotermia. Existem, contudo, dúvidas acerca da credibilidade deste relato. Outra versão diz que ele foi envenenado, baleado e apunhalado, após o que teria fugido, tendo sido encontrado depois de se afogar em um rio congelado.[42]
  • 1919: Ocorreu a Inundação de melaço de Boston, em que ocorreu uma explosão de um tanque que armazenava melaço e provocou 21 mortos e 150 feridos.
O local do desastre da Inundação de melaço de Boston.

Década de 1920[editar | editar código-fonte]

"

A dançarina Isadora Duncan morreu estrangulada, porque o seu cachecol comprido ficou preso a uma das rodas do carro

Década de 1950[editar | editar código-fonte]

  • 1957: Mary Jane Barker, de 4 anos, foi encontrada morta num armário de um quarto de um rancho vazio, numa casa a dois quarteirões da sua, em 3 de março de 1957. Um cão tinha também desaparecido, mas foi encontrado vivo nas proximidades. A morte foi considerada como um acidente, devido à morte por fome dento do armário e exposição, mas muitas ainda acreditam ter sido um assassinato.

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

Tom Pryce que faleceu em 1977, depois de um extintor lhe bater na cabeça num Grande Prémio de Fórmula 1.
  • 1978:
    • Kurt Gödel, um matemático austro-americano, morreu de fome, quando a sua esposa esteve hospitalizada durante 6 meses. Gödel sofria de paranoia excessiva, que o levava a recusar comer comida preparada por outras pessoas que não a mulher, pois temia que o envenenassem e o matassem. Quando morreu, pesava apenas 30 quilos.[68]
Kurt Gödel, matemático que morreu de fome em 1978, devido a ter a fobia que envenenassem a comida.
    • Janet Parker, fotógrafa médica britânica, morre de varíola dez meses depois da doença ser erradicada, quando um pesquisador no laboratório onde ela trabalhava liberou acidentalmente uma amostra do vírus no sistema de circulação de ar do prédio. Acredita-se que ela seja a última vítima de varíola da história.[69]
  • 1979: Robert Williams, um operário da fábrica da Ford Motor Co., foi o primeiro humano a ser morto por um robot[70]depois do braço de um deles lhe ter batido na cabeça.[71]

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

  • 1981: Boris Sagal, um realizador ucraniano/norte-americano morreu quando gravava a minissérie World War III em Porland, foi esmagado pela lâmina do rotor de cauda de um helicóptero e foi parcialmente decapitado.[72]
  • 1982: David Grundman foi morto próximo Lake Pleasant, no estado do Arizona, U.S., enquanto disparava sobre catos com uma espingarda. Depois de ter atingido um saguaro alto, uma parte do cato caiu em cima dele e esmagou-o.[73][74]
  • 1982: O soviético Vladimir Smirnov sofreu feridas fatais durante o Campeonato do Mundo de Esgrima, quando a lâmina do florete do seu adversário quebrou durante uma partida. A espada partida deslocou-se para a rede da máscara de Smirnov, atingiu a órbita do olho, e entrou no seu cérebro. Smirnov morreu 9 dias depois.[75][76]
  • 1983: O dramaturgo norte-americano Tennessee Williams morreu engasgado com uma tampa de garrafa de colírio. Tudo se passou no seu quarto no Hotel Elysee, em Nova Iorque. O relatório policial sugeriu que o uso de drogas e de álcool contribuiu para sua morte. Drogas como barbitúricos e álcool foram encontradas em seu quarto, o que pode ter diminuído seus reflexos.[77]
Tennessee Williams morreu em 1983, vítima de engasgamento com uma tampa de garrafa de colírio
  • 1983: O norueguês Truls Hellevik, outros dois mergulhadores britânicos e outro norueguês morreram no interior de uma câmara de descompressão na plataforma petrolífera Byford Dolphin, no Mar do Norte. Voltando de um mergulho de rotina, um sino de mergulho foi acoplado às câmaras de descompressão da plataforma. Dois mergulhadores descansavam na Câmara 1, enquanto os dois que estavam no sino abriram a escotilha e se dirigiram para a Câmara 2, através de uma passagem de conexão. O objetivo era encerrar a escotilha do sino de mergulho, fechar a escotilha entre o sino e a Câmara de descompressão e a escotilha entre a Câmara e a passagem de conexão. Em seguida, a pressão da passagem seria reduzida até uma atmosfera, uma trava seria solta e o sino seria desconectado. Tudo teria corrido bem, quando um dos mergulhadores tentou fechar a porta, contudo ela emperrou, não fechou e ficou uma fresta. O técnico do exterior da câmara, sem confirmar que tudo estava bem, decidiu acionar a trava e o sino de mergulho, mas ao invés de se desprender de uma conexão sem diferença de pressão, ele se soltou como uma rolha de champanhe, matando o técnico no processo. O seu corpo foi atirado para longe e levou meia-hora para ser encontrado. Além disso, os mergulhadores no interior da câmara de descompressão passaram de 9 atmosferas para apenas uma, provocando a explosão do corpo do mergulhador que se encontrava próximo da porta: Truls Hellevik. Este explodiu e os restantes também tiveram uma morte horrível neste terrível acidente.[78]
  • 1988: Clarabelle Lansing, uma aeromoça/hospedeira de bordo, morreu no decorrer do voo 243 da Aloha Airlines, entre Hilo e Honolulu, quando a divisória do avião foi arrancada no meio da viagem, sugando a aeromoça para fora. Curiosamente, Lansing foi a única pessoa a falecer no acidente, apesar dos grandes danos, outros 65 passageiros e membros da tripulação ficaram feridos.[79][80]
  • 1989: Um incêndio irrompeu no interior do submarino soviético K-278. Vários tripulantes abandonaram o submersível, em botes. Mas o comandante e outros quatro, que ainda estavam a bordo, entraram na cápsula de escape e a tentaram ejetar. Contudo, quando o submarino já estava afundando, os tripulantes perceberam que simplesmente não haviam sido treinados devidamente para realizar a ejeção da mesma. Somente quando o submarino atingiu o leito oceânico, mais de mil metros abaixo, foi que os tripulantes finalmente conseguiram ejetar a cápsula de escape. Mas a cápsula voltou à superfície com tanta rapidez, que quatro tripulantes morreram, quando seus pulmões literalmente explodiram, devido à descompressão. Apenas um dos cinco a atingir a superfície foi capaz de deixar a cápsula e sobreviver, antes que esta afundasse novamente.[81][82]

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

  • 1991: Edward Juchniewicz, 78 anos, um estadunidense de Canonsburg, no estado de Pensilvânia, foi morto quando a maca da ambulância em que estava rolou para fora da ambulância e capotou. Os assistentes da ambulância, ao falar com um médico, tinham deixado a maca descuidada. Juchniewicz sofreu um ferimento na cabeça e morreu pouco tempo depois. Ele estava sendo transportado de um lar de idosos a um consultório médico, para uma consulta de rotina. Este acontecimento foi recriado na série televisiva norte-americana 1000 ways to die, em que um homem, fingindo ser maltratado pela mulher, se auto mutilava; e ao ser transportado para o hospital, a maca rolou pela rua; e foi ter a um poste, provocando-lhe a morte.[83]
  • 1993: Garry Hoy, um advogado de Toronto, cai de um 24.º andar de um prédio. Para mostrar aos estudantes de uma universidade que os vidros do Toronto-Dominion Centre eram inquebráveis, ele decidiu atirar-se para a janela, acabando por cair de uma altura de 92 metros de altura, tendo morte imediata. Os vidros eram inquebráveis, mas os caixilhos da janela desencaixaram e Hoy perdeu a vida. O mais curioso neste caso é que Hoy já tinha feito esta experiência várias vezes, mas naquele dia correu mal. Este caso seria recriado num episódio da série norte-americana 1000 ways to die[84].
  • 1997: Karen Wetterhahn, professora de química no Dartmouth College, em Hanover, especialista em metais perigosos, morreu devido ao envenenamento por dimetil mercúrio. Esse envenenamento ocorreu no seu laboratório, por apenas algumas gotas dessa substância. O incidente deu-se porque a luva protetora estava furada e bastaram poucas gotas para causar o envenenamento. A situação foi irreversível e mortal para Wetterham, pois os sintomas do envenenamento só foram detectados seis meses depois. O acidente teve lugar em agosto de 1995, mas a deteção dos sintomas e a sua hospitalização só ocorreram em janeiro de 1996, quando a doença era irreversível e Karen morreu. Na sequência desta morte acidental, as normas de segurança para a utilização de luvas e outros equipamentos de proteção foram revistos.[85][86][87]
  • 1998: Durante uma partida de futebol na República Democrática do Congo, entre as equipas do Basanga e do Bena Tshadi, quando o jogo se encontrava empatado 1x1, eis que os raios de uma trovoada matou toda a equipa forasteira do Bena Tshadi; enquanto os jogadores da equipa Basanga, nenhum deles morreu. Houve ainda 30 feridos.[88][89]
  • 1999: Kemistry (nome verdadeiro: Kemi Olusanya), uma DJ britânica, morreu em Winchester, cidade do condado de Hampshire, na Inglaterra, depois de um olho de gato ter voado na direção do para-brisa no carro, onde ela era passageira, e golpeou-a na cabeça. Foi a carrinha que ia à frente do carro onde ia Kemistry que arrancou acidentalmente o olho de gato do solo e deslocou-o para o para-brisa e a matou.[90][91]
  • 1999: Jon Desborough, um professor de Educação Física no Liverpool College, morreu depois de ter sido atingido por um dardo, que passou em direção da órbita do seu olho e atingiu o cérebro, causando severa destruição na região e pondo Desborough em coma. Ele morreria um mês depois. Ao que parece, o acidente deu-se quando ele procurava o dardo que tinha lançado, para mostrar aos seus alunos como se executava o lançamento. Este caso seria recriado num episódio da série norte-americana 1000 Ways to Die[92][93].

Século XXI[editar | editar código-fonte]

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

  • 2001:
    • Michael Colombini, uma criança estadunidense, com seis anos, de Croton-on-Hudson, Nova Iorque, morreu no Westchester Medical Center, quando ia fazer uma ressonância magnética para um exame pós-operatório, após ter retirado um tumor cerebral. A criança morreu dentro do túnel da ressonância magnética ao ser atingido por um torpedo de oxigénio que fora colocado na sala. Ele foi atraído pelo campo magnético a uma velocidade de 33 km/h em direção a cabeça do rapaz. Nove anos depois, o Radiologista chefe da equipe e o operador da RM foram responsabilizados pelo acidente; e a família recebeu $2.9 milhões de indenização. Este ficou conhecido como “Colombini MRI Case".[94][95]
    • Peter Robinson, um neozelandês, 28 anos, residente na localidade de Reefton, na região de Costa Oeste, na Ilha do Sul, escorregou num bloco de gelo e caiu com a cabeça numa vasilha de água do seu gato. Apesar da pouca profundidade, ela foi suficiente para que os pulmões se enchessem de água; e ele morreu afogado.[96]
  • 2002: Britannie Cecil, jovem estadunidense, 13 anos, foi a primeira espectadora de hóquei no gelo a morrer numa partida desta modalidade. Isto passou-se no decorrer de um jogo da Liga Nacional de Hóquei de Gelo (NHL), entre Columbus Blue Jackets e Calgary Flames. A menina foi atingida acidentalmente na cabeça por um puck (disco de borracha) lançado pelo jogador norueguês Espen Knutsen. O objeto ultrapassou a linha de proteção e atingiu Britannie, que morreu dois dias depois.[80][97]
  • 2004: Francis "Franky" Brohm, da Marietta, Geórgia, Estados Unidos, estava com a cabeça para fora do carro, quando foi decapitado por um orelhão. O motorista estava bêbado, não se apercebeu do acidente, dirigiu-se até a casa dele e foi dormir. Um vizinho viu o corpo sem cabeça, e chamou a polícia. A cabeça foi achada na cena do acidente.[98]
  • 2005: Kenneth Pinyan, um norte-americano do estado de Washington, morreu pelas feridas causadas pelo sexo anal com um garanhão. A cena foi gravada por um seu amigo e circulou na Internet. O ato sexual correu mal: o cólon de Piyan foi perfurado pelo animal, o que provocou uma peritonite que o conduziria à morte no mesmo dia. Depois deste caso, o Senado do Estado de Washington (onde se passou este acontecimento) declarou a zoofilia como crime, punido com multa.[99]
  • 2007:
    • Jennifer Strange, 28 anos, de Sacramento, morreu de intoxicação por água depois de participar no concurso radiofónico "Hold Your Wee for a Wii contest", no qual a estação de rádio KDND prometia uma consola WII da Nintendo. Na competição, os participantes tinham de beber a maior quantidade de água sem urinar.[100]
    • Humberto Hernandez, 24 anos, residente em Oakland, morreu depois de ter sido golpeado na cara por uma boca de incêndio/hidrante enquanto passeava na rua com a sua esposa. Um carro tinha golpeado a boca de incêndio; e a pressão da água lançou o hidrante e atingiu Hernandez com força suficiente para o matar.[101][102][103]
  • 2008:
    • Abigail Taylor, uma jovem norte-americana de 6 anos, de Edina, morreu depois dos seus órgãos terem sido parcialmente sugados pelo seu ânus, depois de se encostar numa parte da piscina de Minneapolis que estava sugando a água. Isto passou-se no verão de 2007, no dia 29 de junho. Médicos substituíram os órgãos dela com órgãos de doadores. Porém, nove meses depois, ela morreu de um câncer raro, em decorrência da cirurgia.[104][105] Apesar de mudanças na legislação em relação a segurança em piscinas, vários casos semelhantes têm acontecido nos Estados Unidos e no Brasil.[106]
    • Judy Kay Zagorski, uma estadunidense de 57 anos, residente em Pigeon, encontrava-se na frente de um navio num passeio com a família ao largo do arquipélago de Florida Keys, quando uma raia-pintada de 34 quilos pulou fora de água e atingiu a cara da senhora, que caiu e bateu com a cabeça no casco do navio. A pancada na cabeça provocou lesões no crânio e no cérebro; e causou a morte dessa senhora.[107][108][109][110] De referir que segundo os biólogos é muito raro, uma arraia pular para fora do mar.
    • David Phyall, de 50 anos, era o último residente de um bloco de apartamentos que estavam a ser demolidos em Bishopstoke, próximo de Southampton, Hampshire, Inglaterra, decapitou-se com uma motosserra para realçar a injustiça de ser dali desalojado.[111][112]
  • 2009:
    • Diane Durre, uma estadunidense residente em Chambers, Nebraska, faleceu em abril daquele ano, quando a placa de sinalização do restaurante de 23 metros de altura do Taco Bell caiu na localidade de North Platte (Nebraska) (por causa de ventos fortes), de um poste, a uma altura de 4,5 metros sobre o carro. A senhora tinha combinado com um casal de Wyoming para se encontrarem naquele local, para vender dois cães da raça Yorkshire.[113]
    • Vincent Smith, norte americano, 29 anos, empregado de uma fábrica de chocolate em Camden, EUA. Em julho daquele ano, estava descarregando chocolate, quando escorregou e caiu dentro do tanque de mistura, repleto de chocolate derretido à temperatura de 50 graus Celsius. Como se não bastasse a temperatura do chocolate, Smith foi ainda atingido na cabeça por uma das pás gigantes que misturam o chocolate; e ficou 10 minutos submerso em chocolate antes de ser resgatado, já morto.[114][115]

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

  • 2010:
    • Mike Edwards, 62 anos, um dos membros fundadores e violoncelista da banda ELO, morreu ao ser esmagado por um fardo de feno de 600 kg, que atingiu a carrinha que ele conduzia.[116]
    • Jimi Heselden, 62 anos, um empreendedor britânico, que em 2010 comprara a empresa Segway. Ironicamente, ele morreu num veículo da empresa que comprara uns meses antes. Aproximadamente às 11:40 da manhã de 26 de setembro de 2010, o departamento de polícia de West Yorkshire recebeu a informação de que um homem teria caído 80 pés (24 m)[117] ou 42 pés (13 m)[118] dentro do Rio Wharfe, localizado no vilarejo Thorp Arch, nas proximidades de Boston Spa. Aparentemente, teria caído de cima de um penhasco, na encosta do rio.[117] A queda foi presenciada por um homem que passeava com seu cão em uma trilha próxima.[118] O veículo Segway foi recuperado e Heselden foi declarado morto pelos paramédicos ainda no local.[117] Investigadores disseram: "Até o momento não temos motivos para acreditar que morte seja suspeita." E seguiram com a investigação para verificar "se houve falha mecânica no equipamento ou o foi ocasionado por um erro do condutor".[117]
  • 2011: Jose Luis Ochoa, um estadunidense, morreu depois de ter sido ferido na perna por um galo, que tinha uma lâmina amarrada numa das patas. Isto aconteceu num local onde eram realizadas lutas de galos no condado de Tulare, na Califórnia (oeste do país).[119][120][121]
  • 2012:
    • Terry Vance Garner, 69 anos, fazendeiro estadunidense, do estado do Oregon, saiu de casa para alimentar os seus porcos; e acabou por ser devorado pelos seus animais. Após o desaparecimento, partes de seu corpo e de sua arcada dentária foram encontradas por um familiar, no chiqueiro, onde estavam os porcos.[122]
    • Edward Archbold, um norte-americano, 32 anos, de West Palm Beach, estado da Flórida, que morreu em outubro daquele ano, instantes após ganhar um bizarro concurso. Na autópsia efetuada, concluiu-se que o jovem não morreu por intoxicação ao ingerir dúzias de baratas gigantes, como se acreditou numa primeira fase, mas que Archbold "engasgou até a morte" por causa da enorme quantidade de insetos que ingeriu.[123][124][125]
    • Geoffrey Haywood, 65 anos, um homem que fingia ser cego, foi encontrado morto numa vala inundada, depois de aparentemente não ter visto o perigo. Segundo a reportagem do jornal The Telegraph, Haywood andava com uma bengala branca; e fingia ser cego para atrair a atenção e conseguir com que as pessoas sentissem pena dele. Contudo, por não ter visto uma vala, Geoffrey caiu e faleceu. O irmão de Geoffrey, Haywood Howard, disse ao jornal que: “Geoffrey teve cegueira psicológica que começou após a morte de nossa mãe. ”Se foi esse o caso, deu certo o ditado popular "o pior cego não é aquele que não vê, mas aquele que não quer ver". O médico que examinou Geoffrey referiu que Haywood não tinha problemas de visão. O médico legista Coroner David Bowen disse: “Ou ele não viu ou não quis ver a vala, caiu e se afogou. É uma situação extraordinária que eu não tinha encontrado antes, eu venho fazendo isso há mais de 30 anos e nunca tive um caso tão bizarro como este.".[126][127]
  • 2013:
    • Takuya Nagaya, um jovem japonês de 23 anos, foi ferido mortalmente pelo seu pai Katsumi Nagaya, de 53 anos. O objetivo do pai era que o filho se livrasse de uma cobra que o assombrava. O caso, segundo a TV Asahi, aconteceu quando Katsumi Nagaya feriu gravemente o seu filho Takuya no apartamento do jovem de 23 anos com golpes na cabeça e mordidelas, depois deste ter começado a se contorcer, dizendo ser uma serpente. O jovem Takuya foi ainda levado ao hospital, mas foi declarado morto pouco tempo depois.[128][129]
    • Roger Mirro, 56 anos, de Palatine, morreu num subúrbio residencial de Chicago, esmagado por um compactador de lixo no condomínio onde residia. Mirro, quando chegou a casa, deu por falta do telemóvel; e então pensou que talvez o tivesse colocado num saco que já havia depositado no compactador de lixo. Para procurar o telefone celular, pediu a chave do compactador a um vizinho para procurar o celular no tal aparelho. Contudo, o peso de Mirro dentro do compactador fez ativar a máquina; e Mirro foi esmagado até à morte. A mulher deu pela falta do marido; e a polícia, depois de investigações, descobriu o corpo de Mirro no dumpster.[130][131]
    • Um pescador bielorrusso não identificado, de 60 anos, foi morto por um castor, quando ele tentava agarrar o animal para tirar uma fotografia com ele. O castor mordeu o homem, atingindo uma artéria grande da sua perna.[132][133]
    • Hugo Avalos-Chanon, de 41 anos, do condado de Clackamas, no estado norte-americano do Oregon, morreu triturado numa picadora de carne, numa fábrica de processamento de carne. De referir que ele trabalhava para a DCS Sanitation Management, uma empresa de manutenção que estava a fazer a limpeza do local. Mas, por acidente, ele caiu no local errado.[134]
    • João Maria de Souza, um brasileiro de 45 anos, morreu devido aos ferimentos provocados por uma vaca que caiu em cima do telhado de amianto da casa onde dormia, em Caratinga, Minas Gerais, sudeste do Brasil. De acordo com o jornal brasileiro “Hoje em Dia”, João Maria de Souza foi transportado ao hospital, mas acabaria por morrer no dia seguinte do acidente. Tanto a esposa que estava no mesmo quarto como a vaca nada sofreram.[135][136]
    • Kendrick Johnson, um estudante estadunidense de 17 anos, morreu na Lowndes High School, Geórgia. O seu corpo foi encontrado enrolado numa esteira de ginástica do ginásio. Segundo os primeiros indícios, depois de cair na esteira para apanhar a sapatilha, teria morrido asfixiado. Contudo, anos depois, descobriu-se que os órgãos internos da vítima foram recheados com jornal. Então, o caso foi reaberto; e a investigação foi direcionada para um possível homicídio.[137][138][139][140][141]
    • Miguel Martinez, um jovem estadunidense de 14 anos, morreu espetado no peito pelo chifre de uma estátua de um búfalo, no exterior do National Ranching Heritage Center (museu dedicado ao património rancheiro), em Lubbock, situado no campus da Universidade de Tecnologia do Texas. Segundo a mídia local, ele estaria a brincar de esconde-esconde quando tropeçou em cima do chifre que lhe perfurou o peito. Estava acompanhado por dois adultos e quatro crianças, mas bastou um descuido por parte dos adultos para acontecer o acidente.[142][143]

Década de 2020[editar | editar código-fonte]

  • 2020:
    • Sergio Millán, 59 anos, estava sozinho no seu apartamento no bairro de Torreforta, na cidade de Tarragona, Espanha, quando uma explosão das Indústrias Químicas de Óxido de Etileno numa fábrica petroquímica a cerca de 3 quilómetros lançou uma placa de ferro de uma tonelada no apartamento acima dele, o que fez com que o teto desabasse, matando-o.[174]

Notas e referências

  1. "Δράκων"
  2. «The Ancient Olympics.»  - Spivey, Nigel Jonathan - Oxford University Press - ISBN 0-19-280433-2 (2004)
  3. "Plutarch, Life of Artaxerxes"
  4. «Allusions in Ulysses»  - Thornton, W. - University of North Carolina Press Chapel Hill - ISBN 0807840890 (1968)
  5. Ateneu, Dipnosofistas, 9.401e.
  6. Alan Cameron - "How thin was Philitas?" - The Classical Quarterly 41 (2): 534–8. DOI:10.1017/S0009838800004717 (1991)
  7. A History of the Literature of Ancient Greece - Donaldson, John William and Müller, Karl Otfried - John W. Parker and Son (1858)
  8. The Elephant in the Greek and Roman - Scullard, H.H - World Thames and Hudson (1974)
  9. Dião Cássio, 40.27
  10. Antiguidades Judaicas - Flávio Josefo - Livro 17, Capítulo 6
  11. "Catholic Encyclopedia on St. Peter"
  12. "Greek Orthodox Archdiocese of Australia, WA"
  13. Plínio o Velho, História Natural, vii 7
  14. Lactâncio, De Mortibus Persecutorum
  15. Emperors don't die in bed - Meijer, Fik - Routledge - ISBN 0-415-31202-7 (2004)
  16. The Near East under Roman Rule - Isaacs, Benjamin - Brill Academic Publishers - ISBN 90-04-09989-1 (1996)
  17. "Hypatia biography"
  18. «"The pre-historic visitors"»  - BBC
  19. Genghis Khan: Life, Death, and Resurrection - John Man - Macmillan - ISBN 0312366248 (2007)
  20. «The Mamluks"»  - History Today
  21. A History of Great Britain: 3000BC-AD1603 - Schama, Simon - BBC Worldwide(2000)
  22. «"Patronage and Piety – Montserrat and the Royal House of Medieval Catalonia-Aragon"» (PDF). Consultado em 6 de outubro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 4 de março de 2006  - Mirator Lokakuu
  23. Mysteries of History with Accounts of Some Remarkable Characters and Charlatans - Thompson, C. J. S. - Kessinger Publishing (2004)
  24. «György Dózsa». Consultado em 22 de outubro de 2010. Arquivado do original em 20 de janeiro de 2012  - Encyclopædia Britannica (1911)
  25. The History of Humayun (Humayun-nama) - Gulbadan Begum (trad. e ed. por Annette Beveridge) - Royal Asiatic Soc. (Londres) - ISBN 81-215-1006-6 (1902)
  26. «Brahe, Tycho (1546–1601)» Eric Weisstein's World of Scientific Biography
  27. "British Civil War"
  28. Rabelais in English Literature - Huntington Brown - Routledge - ISBN 0-714-620-513 (1968)
  29. The History of Scottish Poetry - Edmonston & Douglas (1861)
  30. «Bartleby». Consultado em 22 de outubro de 2010. Arquivado do original em 7 de setembro de 2008 
  31. «"Moliere,: The Imaginary Invalid"»  - NYU Literature, Arts, and Medicine Database
  32. «"Biography of Jean-Baptiste Lully"». Consultado em 22 de outubro de 2010. Arquivado do original em 3 de abril de 2007  - Vanderbilt University
  33. «Julien Offray de La Mettrie Biography»  Encyclopedia of World Biography
  34. «"Benjamin Franklin and Lightning Rods"»  Physics Today, janeiro de 2006
  35. «The lowdown on Sweden's best buns»  The Local, February 2007
  36. «Semlor are Swedish treat for Lent». Consultado em 10 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 8 de março de 2008  Sandy Mickelson, The Messenger, 27 February 2008
  37. The Collector: David Douglas and the Natural History of the Northwest - Nisbet, Jack - Sasquatch Books - ISBN 1570616132 (2009)
  38. «As mortes mais absurdas de toda a História». Metamorfose Digital. 3 de novembro de 2007. Consultado em 13 de abril de 2016 
  39. «Death of Clement Vallandigham - HistoricLebanonOhio.com» 
  40. «Fatal Accident to Mr. Vallandigham». civil-war-150.com. The Western Reserve Chronicle: 2. 21 de junho de 1871. Consultado em 13 de abril de 2016 
  41. Prochasson, Christophe (1998). «Review of Carnets 1899-1906, présentés par Philippe Oriol». Le Mouvement social (183): 167–168. ISSN 0027-2671. doi:10.2307/3779620. Consultado em 26 de fevereiro de 2022 
  42. "Murder of Rasputin"
  43. Kings of the Hellenes, pág. 119 - John Van der Kiste - Alan Sutton Publishing, Stroud, Gloucestershire, Inglaterra - ISBN 0-7509-0525-5 (1994)
  44. a b «The Life of Lord Carnarvon». Touregypt.net. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  45. «Carnarvon Is Dead Of An Insect's Bite At Pharaoh's Tomb. Blood Poisoning and Ensuing Pneumonia Conquer Tut-ankh-Amen Discoverer in Egypt.». New York Times. 5 de abril de 1923. Consultado em 12 de agosto de 2008. The Earl of Carnarvon died peacefully at 2 o'clock this morning. He was conscious almost to the end. 
  46. «Carnarvon Is Dead Of An Insect's Bite At Pharaoh's Tomb. Blood Poisoning and Ensuing Pneumonia Conquer Tut-ankh-Amen Discoverer in Egypt.». New York Times. 5 de abril de 1923. Consultado em 7 de abril de 2016. The Earl of Carnarvon died peacefully at 2 o'clock this morning. He was conscious almost to the end. 
  47. Christensen, Liana (2011). Deadly Beautiful: Vanishing Killers of the Animal Kingdom. Wollombi, NSW: Exisle Publishing. p. 272. ISBN 978-1-921497-22-3 
  48. Kofron, Christopher P., Chapman, Angela. (2006) "Causes of mortality to the endangered Southern Cassowary Casuarius casuariusjohnsonii in Queensland, Australia." Pacific Conservation Biology vol. 12: 175–179
  49. Thomas Mahler (18 de agosto de 2015). «formulaspy.com/features/classic-f1/a-day-of-tragedy-at-spa-the-needless-deaths-of-alan-stacey-chris-bristow-4096». formulaspy. Consultado em 16 de abril de 2016 
  50. 2 Rookie Drivers Die In Grand Prix, New York Times, 20 June 1960, p.40
  51. Kettlewell, Mike. "Spa: A Course for Courage", in Northey, Tom, editor. World of Automobiles (London: Orbis, 1974), Volume 18, p.2105.
  52. Man and Machine, New York Times, 8 April 1968, p.66.
  53. «DRIVERS: ALAN STACEY». Grandprix.com. Consultado em 17 de abril de 2016 
  54. «Chapter 15 "The SL-1 Reactor" (page 142)» (PDF). Consultado em 7 de abril de 2016. Arquivado do original (PDF) em 7 de agosto de 2011  9.5 MB PDF
  55. Tucker, Todd (2009). Atomic America: How a Deadly Explosion and a Feared Admiral Changed the Course of Nuclear History. New York: Free Press. ISBN 978-1-4165-4433-3  See summary: http://catdir.loc.gov/catdir/enhancements/fy0904/2008013842-s.html
  56. McKeown, William (2003). Idaho Falls: The Untold Story of America's First Nuclear Accident. Toronto: ECW Press. ISBN 978-1-55022-562-4 
  57. McFadden, Robert D. (4 de abril de 2006). «Barry Bingham Jr., Louisville Publisher, Is Dead at 72». The New York Times. Consultado em 11 de maio de 2010 
  58. Ryan, Craig (2003). Magnificent Failure: Free Fall from the Edge of Space. [S.l.]: Smithsonian Air and Space Museum Press. ISBN 978-1-58834-141-9. OCLC 51059086 
  59. «Dive Hard»  The Globe and Mail, 25 May 2008
  60. "Space disasters and near misses". Channel 4. Archived from the original on 12 October 2008. Retrieved 29 June 2011.
  61. «Unusual death». Star-News. Wilmington, North Carolina. 20 de fevereiro de 1974. p. 28. Consultado em 7 de abril de 2016 
  62. Staub, Jack E. (2005). «74. Yellowstone Carrot: Daucus carota savicus». Alluring Lettuces: And Other Seductive Vegetables for Your Garden. Layton, Utah: Gibbs Smith. p. 230. ISBN 1-4236-0829-1. OCLC 435711200 
  63. Associated Press (25 de fevereiro de 1977). «Woman dies from too much water». St. Petersburg Times, desde 2011 Tampa Bay Times. Consultado em 7 de julho de 2016 
  64. Cynthia Ceilán (2007), Thinning the Herd: Tales of the Weirdly Departed, ISBN 978-1-59921-691-1, Globe Pequot, p. 185 
  65. James Roberts (4 de março de 2012), The tragedy of Tom Pryce, Wales' Formula One hero, BBC Wales, one of the most bizarre, tragic accidents in the sport's history 
  66. John Dunning (1995), Strange Deaths, ISBN 0-09-941660-3 
  67. Strange Deaths: More Than 375 Freakish Fatalities, ISBN 0-7607-1947-0, 2000 
  68. Toates, Frederick; Olga Coschug Toates (2002). Obsessive Compulsive Disorder: Practical Tried-and-Tested Strategies to Overcome OCD. Class Publishing, 221. ISBN 978-1-85959-069-0
  69. «"Twenty five years on: Smallpox revisited"». Consultado em 9 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 14 de outubro de 2009  - Queen Mary, University of London
  70. Robot firm liable in death, Tim Kiska, The Oregonian, 11 August 1983.
  71. Kiska, Tim (11 de agosto de 1983). «Death on the job: Jury awards $10 million to heirs of man killed by robot at auto plant». The Philadelphia Inquirer. pp. A10. Consultado em 8 de abril de 2016 
  72. SHAWN G. KENNEDY (1981). «BORIS SAGAL, 58, MOVIE DIRECTOR, DIES AFTER A HELICOPTER ACCIDENT». New York Times. Consultado em 8 de abril de 2016 
  73. «Cactus Courageous – Death by Saguaro». Snopes.com. Consultado em 8 de agosto de 2011 
  74. «When Cactus and Civilization collide – Trifling with Saguaros can be Hazardous to one's Health». Phoenixnewtimes.com. 3 de março de 1993. Consultado em 8 de abril de 2016 
  75. «Milestones: Aug. 2, 1982». 2 de agosto de 1982. Consultado em 8 de abril de 2016  «Munich Memoir By Dan Alon, Carla Stockton p. 164». 2012. Consultado em 8 de abril de 2016 
  76. Peter A. Harmer. «Epidemiology of Injury in Olympic Sports: Chapter 10 – Fencing» (PDF). p. 128. mortal injuries are very rare 
  77. «Suzanne Daley (27.2.1983). Williams Choked on a Bottle Cap.»  The New York Times (engl.; abgerufen 27. Mai 2007)
  78. Carlos Cardoso (8 de maio de de 2012). «Hemisférios de Magdeburgo — primeiro passo rumo a uma morte horrível». Meobit.com. Consultado em 9 de abril de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  79. «April 28, 1988: Stewardess Sucked Out of Jet Airliner in Flight!». History & Headlines. Consultado em 17 de abril de 2016 
  80. a b «12 inacreditáveis mortes acidentais». hypescience.com. Consultado em 17 de abril de 2016 
  81. CHERKASHIN, Nicolay, Unesyonnye Bezdnoi. Moscow: Top Secret Collection, 2001.
  82. TRUSCOTT, Peter, Kursk: O orgulho perdido da Rússia. Tradução de Denis Mattar. São Paulo: Editora Landscape, 2003.
  83. «Stretcher Accident Kills Man». New York Times. 4 de maio de 1991. Consultado em 11 de abril de 2016 
  84. Alessandra Nogueira (6 de outubro de 2009). «12 Inacreditáveis mortes acidentais». hypescience. Consultado em 3 de maio de 2013 
  85. «Dimethylmercury and Mercury Poisoning». Chm.bris.ac.uk. Consultado em 9-4-2016.org  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  86. Loback, Erin (24 de fevereiro de 1997). «Accident hospitalizes Wetterhahn». The Dartmouth. Hanover, New Hampshire. ISSN 0199-9931. Consultado em 9 de abril de 2016. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2016 
  87. «Tragédia em Dartmouth : o caso de Karen Wetterhahn» (PDF). Clube da Química. Fevereiro de 2015. Consultado em 9 de abril de 2016. Arquivado do original (PDF) em 16 de abril de 2016 
  88. James Dart (15 de março de 2006). «Did lightning kill an entire team?». theguardian.com. Consultado em 17 de abril de 2016 
  89. «World: AfricaLightning kills football team». BBC News. 28 de outubro de 1998. Consultado em 17 de abril de 2016 
  90. «Kemistry». Fuller Up, the Dead Musician Directory. Consultado em 7 de março de 2016 
  91. Alister Morgan (5 de maio de 1999). «Obituary: Kemi Olusanya». Independent. Consultado em 9 de abril de 2016 
  92. Breslin, Maria (11 de junho de 1999). «Teacher hit by javelin dies». The Independent. London. Consultado em 10 de abril de 2016 
  93. «Javelin teacher dies in hospital». BBC News. 10 de junho de 1999. Consultado em 10 de abril de 2016 
  94. «Boy, 6, Killed in Freak MRI Accident». ABC News. 31 de julho de 2001. Consultado em 15 de abril de 2016 
  95. Wayne Forrest (5 de fevereiro de 2010). «Settlement details released in $2.9M Colombini MRI suit». Auntminnie.com/index.aspx?sec=ser&sub=def&pag=dis&ItemID=89368. Consultado em 15 de abril de 2016 
  96. Aronson, Cathy (16 de agosto de 2001). «Man drowns after fall into cat bowl». New Zealand Herald (versão onlins). Consultado em 6 de novembro de 2016 
  97. Phil Taylor (1 de abril de 2002). «Death Of A Fan». Sports Illustrated. Consultado em 17 de abril de 2016 
  98. «Decapitated Passenger's Family Pleads for Driver». Fox News. 1 de setembro de 2004. Consultado em 15 de abril de 2016 
  99. Sokol, Zach. «The Strange, Sad Story of the Man Named Mr. Hands Who Died from Having Sex with a Horse». Vice.com. Vice.com. Consultado em 25 de março de 2016 
  100. «Woman dies water drinking water contest». NBC News.com. 13 de janeiro de 2007. Consultado em 15 de abril de 2016 
  101. «Fire Hydrant Death – Fire Plugged». Snopes.com. Consultado em 8 de agosto de 2011 
  102. Harris, Harry (23 de junho de 2007). «Flying fire hydrant kills man». Oakland Tribune. ISSN 1068-5936. Consultado em 10 de abril de 2016. Arquivado do original em 9 de julho de 2015 
  103. «Flying fire hydrant kills Calif. man». USA Today. 23 de junho de 2007. Consultado em 10 de abril de 2016 
  104. Josephine Marcotty (9 de -4-2008). «March 22: Abigail Taylor: A fighter to the end». Star Tribune. Consultado em 15 de abril de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  105. Jeremy Olson (20 de março de 2008). «Abigail Taylor, girl injured in pool-drain accident, dies». twincities.com. Consultado em 17 de abril de 2016 
  106. «Piscina onde menino teve braço sugado por ralo e morreu é reaberta». g1.globo.com/goias/noticia/2014/01/piscina-onde-menino-teve-braco-sugado-por-ralo-e-morreu-e-reaberta.html. 5 de janeiro de 2014. Consultado em 17 de abril de 2016 
  107. «Mulher morta por arraia nos EUA teve traumatismo craniano, diz médico». Globo.com. 21 de março de 2008. Consultado em 10 de abril de 2016 
  108. «Leaping ray kills Florida boater». BBC News. 21 de março de 2008 
  109. «Blunt force trauma killed woman struck by ray». CNN. 21 de março de 2008 
  110. «Stingray kills woman on boat». NBC News. 20 de março de 2008 
  111. Halfpenny, Martin (19 de novembro de 2008). «Chainsaw death was 'carefully thought through suicide'». The Independent. London. Consultado em 22 de novembro de 2008 
  112. «Man cut off head in flat protest». BBC News. 19 de novembro de 2008 
  113. Frank Graham (29 de abril de 2009). «Exact cause of falling sign still unknown». Northplattebulletin.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  114. «As 42 mortes mais bizarras da História». ahduvido.com. Consultado em 15 de abril de 2016 
  115. David Gardner (10 de julho de 2009). «Factory worker meets a sticky end after falling into vat of hot cocoa». Daily Mail. Consultado em 15 de abril de 2016 
  116. «Fardo gigante de feno mata membro fundador da banda ELO». Folha.com. 6 de setembro de 2010. Consultado em 20 de setembro de 2010 
  117. a b c d Brooke, Chris (28 de Setembro de 2010). «Millionaire Segway tycoon dies in cliff plunge on one of his own scooters». Mail Online. London. Consultado em 19 de Agosto de 2014 
  118. a b «Segway tycoon fell from a cliff to his death on one of his own scooters as he 'let dog walker pass». London: Associated Newspapers Ltd. 15 de Julho de 2011 
  119. «Homem morre após ser ferido por galo de briga nos EUA». BBC Brasil. Consultado em 10 de abril de 2016 
  120. «Man stabbed to death by cockfighting bird». BBC News. 8 de fevereiro de 2011. Consultado em 10 de abril de 2016 
  121. Peralta, Eyder (7 de fevereiro de 2011). «Weird News: California Man Fatally Stabbed By Rooster : The Two-Way». NPR. Consultado em 10 de abril de 2016 
  122. «Oregon farmer eaten by his pigs». BBC News (USA & Canada. 2 de outubro de 2012. Consultado em 10 de abril de 2016 
  123. «Morte em concurso de comida gera temor entre médicos nos EUA». noticias.terra.com. 8 de dezembro de 2012. Consultado em 11 de abril de 2016 
  124. «Florida man who died in cockroach-eating contest choked to death, autopsy says». NBC News. 26 de novembro de 2012 
  125. Robert Nolin, Sun Sentinel (10 de outubro de 2012). «Edward Archbold, roach eating contest death: What really killed the West Palm Beach man?». Consultado em 27 de outubro de 2013. Arquivado do original em 28 de outubro de 2013 
  126. «O homem que fingiu ser cego morreu em vala». Virgula.uol.com. 29 de julho de 2012. Consultado em 11 de abril de 2016 
  127. «Man who pretended to be blind died in ditch». Telegraph.co.uk. 27 de julho de 2012 
  128. «Tópico: Japonês mata filho que dizia ser uma serpente». Portal das Curiosidades. 21 de janeiro de 2013. Consultado em 11 de julho de 2016 
  129. Billones, Cherrie Lou (21 de janeiro de 2013). «Father bites his own son to death for being 'possessed by a snake'». Japan Daily Press. Consultado em 3 de julho de 2014 
  130. «Homem é esmagado por compactador de lixo quando procurava seu celular». midiamax.com.br. 2 de agosto de 2013. Consultado em 11 de abril de 2016 
  131. «Widow Sues for Her Husband's Horrible Death in a Dumpster». Courthouse News Service. 13 de fevereiro de 2014. Consultado em 4 de abril de 2016 
  132. «Beaver kills man in Belarus». The Guardian. 29 de maio de 2013 
  133. Jones, Simon (31 de maio de 2013). «Beavers are born to bite wood, not people». New Scientist. Consultado em 22 de janeiro de 2014 
  134. «Worker's death in industrial meat blender spurs $5 million suit by family». OregonLive.com. Consultado em 23 de março de 2016 
  135. Mariano, Fátima (14 de julho de 2013). [h3ttp://comunidade.jn.pt/blogs/osbichos/archive/2013/07/14/vaca-cai-de-telhado-e-mata-homem-no-brasil.aspx «Vaca cai de telhado e mata homem no Brasil»]. JN.pt. Consultado em 12 de abril de 2016 
  136. Roper, Matt (13 de julho de 2013). «Brazilian man dies after cow falls through his roof on top of him». The Daily Telegraph. London. ISSN 0307-1235. Consultado em 12 de abril de 2016 
  137. Oliver, Magno (9 de junho de 2015). «Os sete lugares mais estranhos onde um cadáver já foi encontrado». Fatos Desconhecidos.com. Consultado em 12 de abril de 2016 
  138. «Federal prosecutor will look into Kendrick Johnson case». CNN. Consultado em 12 de abril de 2016 
  139. Tinuoye, Kunbi. «Kendrick Johnson family makes emotional plea for surveillance to be released» 
  140. Zdanowicz, Christina (10 de maio de 2013). «Family demands answers in Kendrick Johnson's death». CNN 
  141. Gutierrez, Gabe (12 de abril de 2016). «Feds to investigate mysterious death of Georgia teen Kendrick Johnson». NBC News 
  142. «Jovem morre atravessado por chifre de estátua de búfalo nos EUA». O Globo.com. 26 de junho de 2013. Consultado em 12 de abril de 2016 
  143. «Boy fatally impaled on statue outside Texas Tech's National Ranching Heritage Museum». Lubbock Avalanche-Journal. 24 de junho de 2013. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  144. «Chef chinês morre ao ser picado por cabeça de cobra cortada». O Globo.com. 23 de agosto de 2014. Consultado em 12 de abril de 2016 
  145. «Jovem morre congelada em tratamento de crioterapia». TVI 24. 30 de outubro de 2015. Consultado em 12 de abril de 2016 
  146. Sara Coughlin (26 de outubro de 2015). «Chelsea Ake-Salvacion Death Cryotherapy Chamber Spa». Refinery29 
  147. Tess Koman (26 de outubro de 2015). «24-Year-Old Salon Worker Found Dead Inside Cryotherapy Chamber». Cosmopolitan 
  148. Confira 10 mortes bizarras em São Paulo, O Estado de S.Paulo (março de 28, 2016)
  149. «Estudante morre em carrinho de supermercado a 80 km/h». JN.pt. 12 de novembro de 2015. Consultado em 12 de abril de 2016 
  150. Levy, Megan (10 de novembro de 2015). «Man killed during 80km/h shopping trolley ride in Randwick». The Sydney Morning Herald 
  151. «The late-night shopping trolley lark that left one student dead and his best mate injured». Nine News. 10 de novembro de 2015 
  152. «Man killed in freak 50mph shopping trolley crash». Irish Daily Star. 10 de novembro de 2015 
  153. «Homem morre engasgado ao-tentar comer cheeseburger inteiro de uma só vez». Correio Braziliense.com. 4 de fevereiro de 2016. Consultado em 12 de abril de 2016 
  154. Morris, Steven (4 de fevereiro de 2016). «Inquest hears man died after trying to eat burger in one mouthful». The Guardian. Consultado em 15 de março de 2016 
  155. Nilsson, Anton. «Boston woman killed after manhole cover crashes through her windshield | Daily Mail Online». Dailymail.co.uk. Consultado em 11 de abril de 2016 
  156. By Laura Crimaldi and Nestor Ramos (12 de fevereiro de 2016). «Woman struck by manhole cover inside O'Neill Tunnel, suffers fatal injuries». The Boston Globe. Consultado em 11 de abril de 2016 
  157. Boss, Owen (12 de fevereiro de 2016). «Woman killed by flying manhole cover taught art in Milton schools». Boston Herald. Consultado em 11 de abril de 2016 Contém um vídeo noticiando o acontecimento
  158. EndPlay. «Woman killed after manhole cover strikes car on Rt. 93 | FOX25». Myfoxboston.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  159. «Indonesian pop star Irma Bule bitten by cobra on stage, continues for 45 minutes before fatal collapse». The Age. 8 de abril de 2016 
  160. Yenni Kwok. «The Real Story of the Indonesian Singer and the Cobra». Time.com. Consultado em 13 de abril de 2016 
  161. Visser, Steve (19 de junho de 2016). «Anton Yelchin, 'Star Trek' actor, dies». Edition.cnn.com. Consultado em 19 de junho de 2016 
  162. «Anton Yelchin, ator de 'Star Trek', morre esmagado pelo próprio carro». G1 Globo São Paulo. 20 de junho de 2016. Consultado em 20 de junho de 2016 
  163. «Morreu o ator Anton Yelchin». ionline.pt. 20 de junho de 2016. Consultado em 20 de junho de 2016 
  164. «Fisherman dies after live catch 'swims' down his throat». 22 de julho de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  165. «Girl dies after elephant throws stone in Morocco zoo». BBC news. 28 de julho de 2016 
  166. Chris Johnston (28 de julho de 2016). «Girl, 7, dies after being hit by rock thrown by elephant in Morocco zoo». Guardian 
  167. «Criança de 7 anos morre em acidente com elefante num jardim zoológico». DN. 27 de julho de 2016. Consultado em 4 de novembro de 2016 
  168. «Her arms trapped in a clothing donation bin, she dangled helplessly through the cold night and died». Washington Post. Consultado em 11 de março de 2017 
  169. «Woman found dead after getting arm stuck in clothing donation bin». NY Daily News (em inglês) 
  170. «What was a woman trapped in clothing drop-off box doing there at 2 a.m.?». PennLive.com (em inglês) 
  171. «Family friends identify 5-year-old boy killed in freak accident at Atlanta rotating restaurant» 
  172. Ventura, Joana (17 de abril de 2017). «Este menino de 5 anos morreu entalado num restaurante giratório». hiper.fm. Consultado em 26 de janeiro de 2018 
  173. Jay Ramey (13 de abril de 2018). «How a Honda Odyssey rear seat crushed a young man to death» (em inglês). Autoweek. Consultado em 15 de abril de 2021 
  174. Palomo, David (15 January 2020). «La plancha de una tonelada que voló 3 km antes de matar al frutero Sergio en Tarragona» [The 1 ton plate that flew 3 km before killing fruit seller Sergio in Tarragona] (em espanhol). Consultado em 1 February 2022. Porque, ¿qué probabilidades había de que se produjera una explosión en la planta petroquímica de IQOXE? ¿Y de que una chapa de hierro (conocida como una plancha) de una tonelada volara tres kilómetros y matara a alguien?... "Es un caso inverosímil" –tanto como que es el único fallecido que no trabajaba en la planta–, reconocía Pau Ricomà, alcalde de Tarragona. Pero, sin duda, es "la principal hipótesis" que mantiene la investigación. Surrealista, sí, pero cierto. ("Because how likely was there to be an explosion at the IQOXE petrochemical plant, and that a one-ton sheet of iron (known as a plate) would fly three kilometers and kill someone?... "It is an implausible case" – as much as he is the only deceased who did not work at the plant – acknowledged Pau Ricomà, mayor of Tarragona. But, without a doubt, it is "the main hypothesis" that maintains the research. Surreal, yes, but true.")  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]