Ecrã tátil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um ecrã táctil usado para ouvir música

Uma tela sensível ao toque (português brasileiro) ou ecrã tátil (português europeu), também conhecida pelo anglicismo touch screen, é um tipo de tela sensível à pressão, dispensando assim a necessidade de outro periférico de entrada de dados, como o teclado. Funciona também como filtro para as radiações do monitor e elimina a electricidade estática.

A película táctil pode ser activada com a pressão de um dedo ou de uma caneta de feltro (sem tinta). Este ecrã é ideal para jogos, para desenho no computador, ou outras actividades pedagógicas. São especialmente utilizados em PDA e em terminais bancários de distribuição de dinheiro.

Classificação das tecnologias utilizadas[editar | editar código-fonte]

Há uma série de tipos de tecnologia utilizada na fabricação de telas sensíveis a toque. Vejamos algumas delas:

Resistivo[editar | editar código-fonte]

Um ecrã táctil resistivo é composto de várias camadas. Quando alguns retoques objeto deste tipo de painel táctil, as camadas estão conectados em um determinado ponto, o painel então eletricamente actos semelhantes aos divisores de tensão com duas saídas ligadas. Isto provoca uma mudança na corrente elétrica, que é registrada como um evento toque e enviada para o controlador de transformação.

Uma tela resistiva oferece entre 75% a 85% de precisão, e sempre necessitam ser calibradas, por causa do desgaste do material, o que acaba mudando a tensão de referência. São as telas mais baratas do mercado.

Capacitivo[editar | editar código-fonte]

Telas de toque Capacitiva Projetada consistem num sensor feito de uma rectícula de micro fios laminados entre duas camadas de vidro. Esse conjunto pode ser montado por trás de uma instalação, como por exemplo uma vitrine, incluindo até vidros de segurança até 18 mm.

Durante o toque, uma capacitância é formada entre o dedo e o sensor reticulado. A localização do toque é calculada em função da alteração das características elétricas no sensor.

A precisão deste tipo de tela é praticamente 100%, e é de alta durabilidade, mas não pode trabalhar em ambientes muito frios ou quentes.

Tecnologia inovadora[editar | editar código-fonte]

O ecrã táctil integrado utiliza a melhor tecnologia táctil - o infravermelho - que dispensa calibrações e a facilidade de utilização reduz o tempo de cada transacção e permite um rápido treino dos empregados.

Ecrã multitáctil[editar | editar código-fonte]

Um ecrã multitáctil reconhece múltiplos pontos de interação simultâneos, frequentemente incluindo também a pressão de cada um independentemente, assim como a posição. Isso permite gestos e interação através de vários dedos ou mãos, aumentando a qualidade da utilização do ecrã, contribuindo para a manipulação direta através de gestos intuitivos. Dependendo do tamanho do ecrã, alguns dispositivos suportam mais de um utilizador no sistema simultaneamente. A técnica está presente desde 1982[1] com o trabalho pioneiro da Universidade de Toronto e Bell Labs.

Referências

  1. Bill Buxton, Microsoft Research (12 de janeiro de 2007). Multi-Touch Systems that I Have Known and Loved (em inglês). Página visitada em 12 de março de 2007.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ecrã tátil
Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.