Embraer E-190

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Embraer 190)
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrow 2.svg
Este artigo ou secção deverá ser fundido com Embraer E-Jets. (desde abril de 2017)
Se discorda, discuta sobre esta fusão aqui.


Embraer 190
Avião
Embraer 190 da República Federativa do Brasil
Descrição
Tipo / Missão Avião comercial
País de origem  Brasil
Fabricante Embraer
Primeiro voo em 16 de junho de 2002 (14 anos)
Passageiros 98/114 passageiro(s)
Especificações
Dimensões
Comprimento 36,24 m (119 ft)
Envergadura 28,72 m (94,2 ft)
Altura 10,55 m (34,6 ft)
Propulsão
Motor(es) 2x GE CF34-8E (7.200 kg)
Performance
Velocidade máxima 900 km/h (486 kn)
Velocidade máx. em Mach 0.8 Ma
Alcance (MTOW) 4 074 km (2 530 mi)
Notas
Código ICAO: E190

O Embraer 190, codificação ICAO E190,[1] é um avião a jato com capacidade para até 114 passageiros, fabricado no Brasil pela Embraer.

Embraer 190-100 no seu roll-out
Embraer 190 operado pela Air France.
Lufthansa Regional E195LR.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Após o sucesso alcançado pelos jatos regionais ERJ-145, a Embraer apostou no desenvolvimento de uma nova família de aeronaves, com capacidade entre 70 e 90 passageiros, ampliado depois para 118 passageiros, com o Embraer 195.

A empresa optou por começar o desenvolvimento do zero, o que transformou os E-Jets, como são conhecidos, na primeira família desenvolvida após os Brasília, já que os ERJ eram baseados na fuselagem deles.

Cabine de comando do Embraer 190

Após o lançamento do Embraer 170 e do Embraer 175, chegou a vez do Embraer 190. Maior, mais longo e pesado que os irmãos mais velhos, a aeronave voou pela primeira vez em 2004 e foi homologada em agosto de 2005. No mês seguinte, as primeiras entregas começaram, para a JetBlue, lançadora do modelo, e Air Canada.

Embora fabricado no Brasil, somente em 2008 a Azul Linhas Aéreas Brasileiras tornou-se a primeira companhia aérea nacional a utilizar os E-jets.

Em dezembro de 2009, a Embraer entregou ao Governo Brasileiro o segundo Embraer 190, cumprindo um contrato assinado em junho de 2008 entre a empresa e o Comando da Aeronáutica, de compra de duas aeronaves para o serviço de transporte de autoridades da Presidência da República.[2] O primeiro havia sido entregue dois meses antes. As aeronaves foram adquiridas para substituir os dois Boeing 737-200 FAB VC 96, em serviço desde 1976 e receberam a identificação "FAB VC-2".

Em abril de 2011 a holandesa KLM encomendou cinco aeronaves desse modelo, para entrega a partir de 2012.[3]

Variantes[editar | editar código-fonte]

E190-100[editar | editar código-fonte]

Foi o primeiro modelo lançado. Voou pela primeira vez em 2004, e foi homologada em 2005. Sua capacidade máxima é de 114 assentos dispostos em fileiras de quatro assentos 2X2, em classe única, podendo também ter a disposição de assentos em duas classes, geralmente com 98 assentos. É impulsionado por dois motores turbofan GE CF34-8E e é equipado com winglets. É uma aeronave geralmente utilizada na aviação regional, em rotas domésticas de grande escala.

Aeronaves concorrentes e comparáveis[editar | editar código-fonte]

É concorrente direta das aeronaves Sukhoi Superjet 100, Airbus A318, Boeing 737-600 e Bombardier CRJ-900, podendo ser comparado ao Fokker 100, Boeing 717/McDonnell Douglas MD-95-30 e Mitsubishi Regional Jet MRJ 90.

Operador Brasileiro[editar | editar código-fonte]

O Embraer 190 no Brasil é utilizado pela Azul.[4]

Companhia Quantidade
Azul/TRIP 22
TOTAL 22

E190-100LR[editar | editar código-fonte]

Idêntica a versão E190-100, porém com maior alcance.

E190-E2[editar | editar código-fonte]

Nova versão lançada pela Embraer em 2013 durante o Paris air show. A aeronave incorpora novas asas, novos motores, maior capacidade e maior alcance. Está previsto para entrar em operação em 2018.

Aeronaves concorrentes e comparáveis[editar | editar código-fonte]

O concorrente é o Bombardier CRJ1000.

Operador brasileiro[editar | editar código-fonte]

Companhia Quantidade
TAM Pantanal 10 pedidos
TOTAL 10 pedidos

Características[editar | editar código-fonte]

É um birreator com fuselagem "double-bouble", quatro assentos por fileira, de dois a dois, concebido para maximizar o conforto dos passageiros.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde outubro de 2012).
  • Sua designação original era ERJ-190 (Embraer Regional Jetliner), mas o fabricante optou pelo nome atual para desvincular a aeronave da aviação regional.
  • As aeronaves desta família são conhecidas como E-Jets.
  • Os jatos da Embraer são chamados no exterior de Jungle-Jets.
  • O formato da turbina desses E-Jets tem o mesmo formato da turbina do Boeing 737 (série 737-300, 737-400, 500 até a série 900).

Acidentes Fatais[editar | editar código-fonte]

O primeiro acidente com perda de vidas ocorreu com um modelo da companhia chinesa Henan Airlines, no dia 24 de agosto de 2010, quando a tripulação tentava um pouso sem visibilidade no aeroporto de Yichun.

Com 91 passageiros e 5 tripulantes a bordo, a aeronave se chocou contra o solo a cerca de mil metros da pista de pouso, 44 pessoas morreram no acidente.

Ver artigo principal: Voo Henan Airlines 8387

O segundo acidente com perda de vidas aconteceu em 29 de novembro de 2013. Com 28 passageiros e 6 tripulantes a bordo, uma aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique caiu entre Maputo e Luanda na Namíbia.

Ver artigo principal: Voo LAM 470

Referências

  1. «Aircraft ICAO and IATA codes: Embraer». www.airlineupdate.com. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  2. «EMBRAER entrega segundo jato EMBRAER 190 ao Governo Brasileiro». Embraer Notícias. 18 de dezembro de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2013 
  3. «Embraer vende 5 aviões à KLM por US$ 214 milhões». Uol Notícias_Economia. 4 de abril de 2011 
  4. Terra. «Aeronaves - Embraer 190» (HTML). Consultado em 7 de maio de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Embraer E-190
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.