Estação Ferroviária de Castelo Novo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com a Estação Ferroviária de Castelo Branco, igualmente situada na Linha da Beira Baixa, ou com o Apeadeiro de Castelo Mendo, na Linha da Beira Alta.
Castelo Novo
Linha(s) Linha da Beira Baixa
(PK 124,343)
Coordenadas 40° 03′ 50,97″ N, 7° 27′ 39,48″ O
Concelho Fundão
Serviços Ferroviários Regional
Horários em tempo real
Serviços Acesso para pessoas de mobilidade reduzida Parque de estacionamento

A Estação Ferroviária de Castelo Novo, originalmente denominada de Castello Novo, é uma interface ferroviária da Linha da Beira Baixa, que serve a aldeia de Castelo Novo, no Concelho de Fundão, em Portugal.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Vista da aldeia de Castelo Novo.

Localização e acessos[editar | editar código-fonte]

A estação localiza-se no sítio das Gandaras de Baixo.[1]

Vias de circulação e plataformas[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2011, possuía 2 vias de circulação, com 364 e 316 m de comprimento; as duas plataformas tinham 200 e 114 m de extensão, e 45 cm de altura.[2]

Serviços[editar | editar código-fonte]

Esta interface é utilizada por serviços Regionais da empresa Comboios de Portugal.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Anúncio de 1902 das Companhias Real e da Beira Alta, relativo à tarifa especial n.º 8. Esta interface surge com a denominação original, Castello Novo.

Situa-se no troço entre Abrantes e Covilhã da Linha da Beira Baixa, que começou a ser construído nos finais de 1885, e foi aberto à exploração no dia 6 de Setembro de 1891.[4]

Em 28 de Maio de 1900, a Companhia Real organizou um comboio especial da Guarda a Castelo Novo, por ser um dos pontos do país onde melhor se podia observar o eclipse do sol.[5]

Em 1913, existia um serviço de diligências ligando a estação de Castelo Novo à povoação de São Fiel.[6]

No Século XXI, a empresa Rede Ferroviária Nacional executou um programa de modernização da Linha da Beira Baixa, incluindo o troço entre Castelo Branco e Vale de Prazeres, tendo os trabalhos sido concluídos em Abril de 2011.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Castelo Novo - Linha da Beira Baixa». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 28 de Maio de 2017 
  2. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Directório da Rede 2012. Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 71-85 
  3. «Intercidades / Regional > Linha da Beira Baixa» (PDF). Comboios de Portugal. 5 de Março de 2017. Consultado em 28 de Maio de 2017 
  4. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682). p. 61-64. Consultado em 14 de Fevereiro de 2015 
  5. NONO, Carlos (1 de Maio de 1950). «Efemérides ferroviárias» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 63 (1497). p. 113-114. Consultado em 28 de Maio de 2017 
  6. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 24 de Abril de 2018 
  7. «Modernização do troço Castelo Branco – Vale de Prazeres concluída». Rede Ferroviária Nacional. 20 de Abril de 2011. Consultado em 22 de Outubro de 2011 [ligação inativa] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.