Fábio Júnior dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fábio Junior dos Santos
Informações pessoais
Nome completo Fábio Junior dos Santos
Data de nasc. 06 de outubro de 1982 (35 anos)
Local de nasc. Nossa Senhora da Glória,  Brasil
Altura 1.89 m
Informações profissionais
Clube atual Predefinição:Futebol Al Ahly
Número 10
Posição atacante
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2000
2001
2002
2002-2003
2003
2003
2004
2004-2005
2005
2005
2006
2006-2008
2008-2009
2009-presente
Brasil Campinense
Brasil Americano-MA
Brasil Flamengo-PI
Espanha Real Madrid Castilla
Brasil Ceará
Brasil Internacional
Brasil Sport Recife
Brasil Campinense
Coreia do Sul Chunnam Dragons
Brasil Flamengo
Brasil Madureira
Brasil Vasco da Gama
Brasil Campinense
Portugal Naval
? (?)
? (?)
? (?)
? (?)
? (?)
8 (0)
? (?)
? (?)
3 (0)
5 (0)
? (?)
? (?)
? (?)
5 (0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 10 de Março de 2010.


Fábio Júnior dos Santos (Nossa Senhora da Glória, 6 de outubro, 1982) é um futebolista brasileiro, que atua como atacante,[1] tendo passagens por grandes clubes, como Flamengo (em 2005), Inter (em 2003) e Vasco da Gama (em 2006), e até algumas partidas pelo Real Madrid B, equipe de apoio do poderoso Real espanhol, em 2002 e 2003.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fábio Júnior começou a carreira no Campinense, da Paraíba, apesar de ser natual de Nossa Senhora da Glória, em Sergipe. Nunca parou em um clube por mais de uma temporada, tendo passagens por grandes clubes, como Flamengo (em 2005), Inter (em 2003) e Vasco da Gama (em 2006), e até algumas partidas pelo Real Madrid B, equipe de apoio do poderoso Real espanhol, em 2002 e 2003.[3]

O ponto alto de sua carreira foi o gol marcado sobre o Fluminense, pela Copa do Brasil de 2009, que deu a vitória por 1 a 0 para a Campinense sobre o time carioca.[4] Fábio Júnior passou pelo Campinense na campanha da Série B de 2009 e se transferiu para o Al Ahly, levado pelo treinador português Manuel José, com quem chegou a trabalhar em um clube de Portugal.[5]

No Al-Ahly desde meados de 2011,[6] o atacante sergipano Fábio Júnior viveu um dos piores momentos de sua carreira no futebol do Egito.[7] Pois viu de perto a maior tragédia da história do futebol egípcio. De perto, não. De dentro. Jogador do Al-Ahly em 2012, ele estava no jogo em que morreram 74 torcedores num confronto gigantesco que teve cenas brutais no Estádio Porto Said, nordeste do Egito.[8] A tragédia de Port Said ocorreu no primeiro dia de fevereiro após vitória do Al-Masry por 3 a 1 sobre o Al-Ahly, invicto até então.[9] Durante a partida, ele inclusive marcou o único gol de sua equipe.[10] A tragédia que matou mais de 70 pessoas no Port Said Stadium no início do ano fez o jogador desistir de atuar no país.[11]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional[editar | editar código-fonte]

  • Rio Grande do Sul Campeonato Gaúcho : 2003

Campinense[editar | editar código-fonte]

  • Paraíba Campeonato Paraibano : 2008

Parentesco[editar | editar código-fonte]

Filho do Seu José Carlos e da Dona Tereza,[12] o atacante tem um irmão e um primo com a mesma profissão dele. O primo é o ex-jogador Taílson, que jogou futebol durante vinte anos e passou por clubes como Botafogo-RJ, Sport-PE e América-MG, além de ter jogado em outros países como Portugal, Bélgica, China e Japão.[13] Já, o irmão de Fábio Júnior, Dagil, ainda está jogando profissionalmente.[14] Ele foi revelado pelo Dorense. No futebol sergipano jogou ainda no Amadense, Confiança e Itabaiana. No Tricolor da Serra conquistou uma Copa Governador do Estado. Levantou esta mesma taça com o time azulino. O jogador passou seis temporadas no futebol português defendendo os seguintes clubes: Trofense, Ribeirão, Estoril Praia, Gil Vicente e Gondomar.[15]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Acaba de acertar a sua transferencia para o Campinense Clube .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Fábio Júnior dos Santos». www.ogol.com.br. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  2. «Atacante brasileiro fez gol antes de tragédia em jogo no Egito». esporte.ig.com.br. Consultado em 29 de junho de 2018. 
  3. «Atacante brasileiro fez gol antes de tragédia em jogo no Egito». esporte.ig.com.br. Consultado em 25 de junho de 2018. 
  4. «Ex-atacante de Flamengo e Vasco estava entre os agredidos em jogo no Egito». esportes.r7.com. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  5. «Atacante Fábio Júnior está entre os agredidos em tragédia do Egito». globoesporte.globo.com. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  6. «Atacante brasileiro fez gol antes de tragédia em jogo no Egito». esporte.ig.com.br. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  7. «De férias em Sergipe, Fábio Júnior diz que torceu por Al Ahli no Mundial». globoesporte.globo.com. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  8. «O sergipano que escapou da morte na tragédia de Porto Said». esportes.estadao.com.br. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  9. «Invasão de campo mata 74 e fere 248 no Egito». esporte.ig.com.br. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  10. «Atacante brasileiro fez gol antes de tragédia em jogo no Egito». esporte.ig.com.br. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  11. «De férias em Sergipe, Fábio Júnior diz que torceu por Al Ahli no Mundial». globoesporte.globo.com. Consultado em 27 de junho de 2018. 
  12. «Alívio: família tem primeiro contato com jogador sergipano do Al-Ahly». globoesporte.globo.com. Consultado em 8 de julho de 2018. 
  13. «'Nunca vi algo parecido', diz Taílson, primo de Fábio Júnior». globoesporte.globo.com. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  14. «'Nunca vi algo parecido', diz Taílson, primo de Fábio Júnior». globoesporte.globo.com. Consultado em 28 de junho de 2018. 
  15. «Frei Paulistano anuncia Dagil e Tiago e dá pausa em contratações até estreia». globoesporte.globo.com. Consultado em 28 de junho de 2018.