Manuel José de Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel José
Manuel José
Informações pessoais
Nome completo Manuel José de Jesus
Data de nasc. 9 de abril de 1946 (70 anos)
Local de nasc. Vila Real de Santo António, Vila Real de Santo António,  Portugal
Informações profissionais
Equipa atual Al-Ahly (Egipto)
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
1985-1986
1987-1990
1990-1991
1991-1996
1996
1996-1998
1999-2001
2001-2002
2002-2003
2003-2009
2009-2010
2010-2011
2011-2012
Portugal Sporting
Portugal SC Braga
Portugal Sp. Espinho
Portugal Boavista
Portugal Marítimo
Portugal Benfica
Portugal U. Leiria
Egito Al-Ahly
Portugal Belenenses
Egito Al-Ahly
Angola Angola
Egito Al-Ittihad
Egito Al-Ahly

Manuel José de Jesus Silva ComM (Vila Real de Santo António, Vila Real de Santo António, Portugal, 9 de Abril de 1946) é um treinador de futebol português[1].

Treinou o Espinho, o Vitória de Guimarães, o Portimonense SC, o Sporting Clube de Portugal, o Sporting Clube de Braga, o Boavista FC, o Marítimo Sport Clube, o Sport Lisboa e Benfica, o União de Leiria e Os Belenenses. Foi no Boavista FC onde atingiu maior sucesso em Portugal, com uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira (1991/92).

Em 2001, mudou-se para o Al-Ahly, clube do Egito, onde já ganhou quatro campeonatos (2004/05, 2005/06, 2007/08 e 2010/11), quatro Ligas dos Campeões Africanos (2001, 2005, 2006 e 2008), duas Supertaças de África (2001 e 2006) e duas Supertaças do Egito. Ao todo, são treze troféus, incluindo seis internacionais, o que o torna o treinador com mais títulos internacionais do futebol português.

A 6 de Junho de 2008 foi feito Comendador da Ordem do Mérito.[2]

Em maio de 2009 foi anunciado como treinador da Seleção Angolana de Futebol, assumindo funções a partir de 1 de junho do mesmo ano. A 13 de fevereiro de 2010 abandonou o comando técnico dos "Palancas Negras".[3][4] Embora com contrato até fim de junho de 2010, houve rescisão, de mútuo acordo, e abandonou a seleção de Angola no dia 13 de fevereiro viajando para Portugal. Regressou depois ao Al-Ahly.

Esteve envolvido na Tragédia de Port Said em 1 de fevereiro de 2012, tendo sido agredido mas sem gravidade, regressando a Portugal três dias depois.[5]

Referências

  1. «Manuel José». ZeroZero.pt. Consultado em 7 de maio de 2013 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Manuel José de Jesus Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 20 de setembro de 2014 
  3. CAF.com (11 de Maio de 2009). «Al-Ahly's Manuel Jose to become Angola Boss» (em inglês).   Verifique data em: |date= (ajuda)
  4. Jornal Record (13 de Maio de 2009). «Angola confirma Manuel José»  Verifique data em: |date= (ajuda)
  5. «"Levei socos e pontapés mas agora estou bem"». O Jogo. 1 de fevereiro de 2012. Consultado em 1 de fevereiro de 2012 


Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.