Feijão com Arroz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Janeiro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Feijão com Arroz
Álbum de estúdio de Daniela Mercury
Lançamento 13 de setembro de 1996
Gênero(s)
Duração 57:07
Gravadora(s)
Produção
Cronologia de Daniela Mercury
Música de Rua
(1994)
Elétrica
(1998)
Singles de Feijão com Arroz
  1. "À Primeira Vista"
    Lançamento: 1996
  2. "Rapunzel"
    Lançamento: 1997
  3. "Nobre Vagabundo"
    Lançamento: 1997
  4. "Minas com Bahia"
    Lançamento: 1997
  5. "Feijão de Corda"
    Lançamento: 1997

Feijão com Arroz é o quarto álbum de estúdio da cantora brasileira Daniela Mercury, lançado em 13 de setembro de 1996 pelas gravadoras Sony Music e Epic Records.

Informação[editar | editar código-fonte]

Daniela disse sobre o álbum:

"É um disco muito complexo. Dá para perceber isso quando canto as músicas dele ao vivo. São muitos intrumentos de percussão diferentes e para transpor isso para o palco dá um certo trabalho. Quando gravamos, chegamos a ficar três dias mixando uma única canção. Eu acho que o disco vem confirmar uma pesquisa séria que venho fazendo sobre tudo o que aprendi nesses anos todos com o Carnaval, com o trio elétrico, com os ritmos regionais nordestinos. Eu tenho colocado tudo dentro de uma referência de muita qualidade".[1]

Arte da capa[editar | editar código-fonte]

Na capa de Feijão com Arroz, fotografada por Mário Cravo Neto, Mercury abraça um modelo negro. A cantora disse que a foto sintetiza seu trabalho, dizendo que era "uma cantora branca no universo dos blocos afro".[2] Uma enquete realizada pelo website do Jornal da Globo em escolheu a capa do álbum como a melhor da história da música brasileira, superando as de Tropicália, Secos e Molhados e Cabeça Dinossauro.[3]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

O álbum vendeu quase dois milhões de cópias no Brasil, recebendo um Disco de Diamante da Associação Brasileira de Produtores de Discos. Além do Brasil, o disco vendeu mais de um milhão em outros países da America Latina e Europa. Foi o terceiro e até hoje último álbum da carreira de Mercury a receber um Disco de Diamante.

Feijão com Arroz foi o segundo álbum mais vendido de toda a carreira de Mercury. Além de seu sucesso no Brasil, Feijão com Arroz se tornou o disco mais vendidos de todos os tempos em Portugal (vendeu mais que os Betles ou Michael Jackson), abrindo as portas do mercado musical do país para a cantora; o disco vendeu perto de 250 mil cópias no mercado português, acumulando mais de seis discos de platina (então um disco de platina equivalia à venda de pelo menos 40 mil cópias). Feijão com Arroz tornou Daniela Mercury uma das artistas brasileiras mais populares de sempre em Portugal.

Singles[editar | editar código-fonte]

O álbum produziu muitas canções de sucesso nas rádios brasileiras, atrás apenas de O Canto da Cidade. A primeira delas foi "À Primeira Vista", canção de Chico César incluída na trilha sonora da telenovela O Rei do Gado (mas numa versão diferente e exclusiva da incluída no disco da cantora) que se tornou o maior sucesso da carreira da cantora desde "O Canto da Cidade". Os outros sucessos do álbum foram: "Nobre Vagabundo", "Rapunzel", "Minas com Bahia" e "Feijão de Corda".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Nobre vagabundo" (Márcio Mello)
  2. "Rapunzel" (Alaim Tavares, Carlinhos Brown)
  3. "Minas com Bahia" (participação especial: Samuel Rosa) (Chico Amaral)
  4. "Feijão de Corda" (participação especial: Banda Bragadá) (Ramon Cruz)
  5. "Você abusou" (Antônio Carlos e Jocáfi)
  6. "Dona Canô" (Neguinho do Samba)
  7. "Bate Couro" (Tavares, Gilson Babilonia)
  8. "À Primeira Vista" (Chico César)
  9. "Rede" (Tavares, Babilonia)
  10. "Musa Calabar" (Guiguio)
  11. "Vai Chover" (Gustavo de Dalva, Boghan Costa)
  12. "Vestido de Chita" (Ivan Huol, Mercury)
  13. "Do Carinho" (Dalva, Costa)
  14. "Bandeira Flor" (Mello)
  15. "Vide Gal" (Brown)
  16. "Usted Abusó (Você Abusou)" (Antônio Carlos e Jocáfi) (Faixa bônus internacional)
  17. "Ue Wo Muite Aruko (Sukiaky)" (Rokusuke Ei e Hachidai Nakamura) (Faixa bônus internacional)

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Lista
Brasil Brasil - Fim de ano
1996 "À Primeira Vista" 1 9
1997 "Nobre Vagabundo" 1 30
1997 "Rapunzel" 1 70
1997 "Minas com Bahia" (com Samuel Rosa) 16 -
1997 "Feijão de Corda" 8 -

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria
1997 Prêmio Multishow de Música Brasileira Melhor cantora
Video Music Brasil Melhor fotografia de videoclipe – "Nobre Vagabundo"

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabela Musical (1998) Melhor
posição
 França (SNEP)[4] 22

Certificados e vendas[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas/cópias
 Brasil (ABPD)[5] 2× Platina 500.000
 França (SNEP)[6] 300.000
Portugal Portugal (AFP)[7][8] 6× Platina 270.000

Referências

  1. http://www.geocities.ws/lukolmo/istoe.htm
  2. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/10/02/ilustrada/12.html
  3. http://www.bahianoticias.com.br/holofote/noticia/1673-trabalho-de-daniela-mercury-e-premiado-no-jornal-da-globo.html
  4. «DANIELA MERCURY - FEIJÁO COM ARROZ». lescharts.com. Consultado em 13 de setembro de 2015. 
  5. «Certificados de Daniela Mercury». ABPD. Consultado em 13 de setembro de 2015. 
  6. «Livros Google: Daniela Mercury». Books Google. Consultado em 5 de maio de 2012. 
  7. Adonay Ariza (2006). Eletronic : Samba. A Música Brasileira no Contexto das Tendências Internacionais 1 ed. [S.l.]: FAPESP. p. 267. 367 páginas. ISBN 8574196037. Consultado em 13 de setembro de 2015. 
  8. «Discos mais vendidos em Portugal». TOP DISCO. Consultado em 13 de setembro de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Daniela Mercury é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.