Fisiculturismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde agosto de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Fisiculturismo ou culturismo é o desporto que se baseia no uso de exercícios de resistência progressiva para controlar e desenvolver os músculos do corpo, a melhor formação muscular.[1] Um indivíduo que se engaja nesta atividade é referido como um fisiculturista. Sua disputa ocorre em apresentações coletivas ou individuais, de comparação e os critérios são: volume, simetria, proporção e definição muscular.

No Culturismo, os atletas devem treinar para desenvolver todos os grupos musculares, a fim de obter o máximo volume muscular, mas de forma equilibrada e harmoniosa.

Não tendo “pontos fracos”, nem músculos subdesenvolvidos ou desproporcionalmente maiores. Aqueles que conseguirem demonstrar maior riqueza em detalhes musculares, receberão as maiores pontuações nas competições.  Outra questão fundamental a ser avaliada é a linha, ou seja, a visão geral do físico, que deve ser construído de forma proporcional e simétrica. O nível de gordura corporal deve ser o mais baixo possível, assim como, a percentagem de água subcutânea, para poder demonstrar toda a qualidade dos músculos: densidade, separação e definição muscular.

Estas qualidades são exibidas nas rondas de avaliação do físico, quando todos os atletas concorrentes executam as poses obrigatórias, durante as comparações, em grupos de 3 a 5 atletas, conforme orientação dos juízes.

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

A Federação Internacional de Culturismo e Fitness (IFBB) foi fundada em 1946 e inclui Federações Nacionais de 196 países.

Em 1969, a IFBB tornou-se membro da Associação Geral de Federações Desportivas Internacionais (GAISF), agora SportAccord. A IFBB também é afiliada com o Conselho Internacional de Ciências de Desporto e Educação Física (ICSSPE), o Comitê de Coubertin Internacional Pierre de os Jogos Mundiais (IWGA) e do Conselho Internacional do treinador Educação (ICCE).

A IFBB é reconhecida pelo Conselho Olímpico da Ásia (OCA) e da Associação dos Pan-americanos Federações Desportivas (ACODEPA).

A IFBB também é reconhecida por cerca de 90 Comités Olímpicos Nacionais. Participa dos Jogos Mundiais e vários Jogos Regionais reconhecidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI): Jogos Centro-Americanos, Jogos Sul-americanos, Jogos Árabes, Jogos Asiáticos de Praia, Jogos Bolivarianos e foi como Modalidade convidada nos 1ª European games.

A IFBB é um signatário da Agência Mundial Antidoping (WADA) suas regras antidoping Código e estão em total conformidade com o Código WADA. já em plena conformidade com o novo 2015 Mundial Antidoping código da agência.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Culturismo Sénior ( atletas separados pelo seu peso)

. Até 70 kg

. Até 75 kg;

.Até 80 kg;

.Até 85 kg;

.Até 90 kg;

.Até 95 kg;

.Até 100 kg;

.Acima de 100 kg.

Culturismo Júnior

Idade inferior a 23 anos, feitos no ano da competição. As categorias dependerão do número de atletas.

Culturismo Master

Idade superior a 40 anos, feitos no ano da competição: Open.

Idade superior a 50 anos, feitos no ano da competição: Open.

O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:

. Classificação da eliminatória descartada;

. Classificação do físico multiplicada por 2;

. Classificação da coreografia multiplicada por 1;

. Total das classificações do atleta: classificação do físico + classificação da coreografia;

. O atleta vencedor é aquele que tiver menor classificação.

Anomalias:

Ginecomastia, deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos. Na melhor das hipóteses, até ao top 5 poderá haver atletas com ginecomastia. Se houver algum juiz a dar 3º lugar a um atleta com este problema, esse deverá ser punido.

Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade do atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, o atleta poderá ser desclassificado.

FORMA DE EXECUÇÃO DAS POSES PASSO A PASSO (Ordem Correcta):

Duplo Bícep de Frente: Em pé, de frente para os juízes, com umas pernas a 40-50 cm de frente e de lado, o atleta irá levantar os braços ao nível dos ombros e flecti-los pelos cotovelos. As mãos devem estar fechadas e com os punhos (cerrados) virados para baixo, de modo a causar uma contracção muscular nos bíceps e antebraço, que são os principais grupos musculares avaliados nesta pose. Além disso, o atleta deve tentar contrair ao máximo os outros músculos, considerando que os juízes estão a observar e a analisar todo o corpo do atleta, da cabeça aos pés.

Expansão Dorsal de Frente: Em pé, de frente para os juízes, com os pés alinhados e as pernas afastadas até 15 cm de distância, o atleta deverá apoiar os punhos fechados na cintura ou nos oblíquos, a fim de expandir os músculos dorsais. Ao mesmo tempo, deve tentar contrair ao máximo os restantes músculos. É estritamente proibido puxar a tanga de competição para cima, de modo a criar apoio para suster as mãos ou punhos, e de modo a tentar deixar mais visível os músculos da parte interna da coxa.

Peito de Lado ou Peito de Um dos Lados: O atleta pode escolher o seu melhor lado para fazer esta pose, a fim de mostrar, além do melhor peito, o melhor braço. Desta forma, ele vai ficar com o lado escolhido voltado para os juízes e vai flectir o braço, que está mais próximo dos juízes, para uma posição com ângulo recto, com o punho fechado e com a outra mão vai segurar no pulso. A perna do lado escolhido deve ser flectida no joelho e apoiada nos dedos dos pés. O atleta deverá expandir o peito e fazer pressão com o braço que está flectido de modo a contrair os bíceps o máximo possível. Ele também deverá contrair os músculos da coxa, especialmente o bícep femoral, e, pela pressão que exerce na perna flectida, os gémeos.

Duplo Bícep de Costas: Em pé, de costas para os juízes, o atleta irá flectir os braços e os pulsos, como na pose de Duplo Bícep de Frente, e também colocar um pé atrás e para o lado, repousando sobre os dedos dos pés. A distância deve ser de 40-50 cm. Ele deverá, então, contrair os músculos dos braços, os músculos dos ombros, da parte superior e inferior das costas, dos músculos posteriores das pernas e também os gémeos.

CULTURISMO CLÁSSICO

Critérios de Culturismo Clássico


Enquadramento na relação Altura/Peso, massa muscular com volume harmonioso, definição e profundidade. Densidade, proporção entre o tronco e os membros inferiores e simetria entre os segmentos (lado direito e lado esquerdo). Nesta categoria, o atleta deve apresentar um físico “alongado”. As estruturas corporais básicas (tronco e pernas) são menores comparativamente ao Culturismo.


ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritos, será realizada uma eliminatória onde os juízes escolherão os 15 melhores atletas, sem dar classificação.


As poses obrigatórias são: duplo bícep frente, expansão dorsal de frente, peito de lado, duplo bícep de costas, expansão dorsal de costas, tríceps de lado e abdominais e pernas.


RONDA 1 – Serão seleccionados os 6 melhores atletas, avaliados com classificação.


As poses obrigatórias são: duplo bícep frente, expansão dorsal de frente, peito de lado, duplo bícep de costas, expansão dorsal de costas, tríceps de lado e abdominais e pernas.


RONDA 2 – Os 6 melhores atletas, classificados anteriormente, terão uma nova avaliação. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.


As poses obrigatórias são solicitadas.


COREOGRAFIA – Após terminar a Ronda 2, os atletas têm 60 segundo para realizarem uma apresentação coreográfica.


Proporções peso/altura por categoria:


Até e inclusive 1,68 m >>  Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 0 kg


Até e inclusive 1,71 m >>  Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 2 kg


Até e inclusive 1,75 m >>  Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 4 kg


Até e inclusive 1,80 m >>  Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 6 kg


Acima de 1,80 m >> Peso Máximo = Altura (cm) – 100 +8 kg


Acima de 1,90 m >> Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 9 kg


Acima de 1,98 m >> Peso Máximo = Altura (cm) – 100 + 10 kg


Culturismo Clássico, tabela Atura/ peso corporal

Altura em cm. Peso em Kg.              Altura em cm. Peso em Kg.              Altura em cm. Peso em Kg.              Altura em cm. Peso em Kg.

168      68                   176      82                   184      92                   192      101

168,5   70,5                176,5   82,5                184,5   92,5                192,5   101,5

169      71                   177      83                   185      93                   193      102

169,5   71,5                177,5   83,5                185,5   93,5                193,5   102,5

170      72                   178      84                   186      94                   194      103

170,5   72,5                178,5   84,5                186,5   94,5                194,5   103,5

171      73                   179      85                   187      95                   195      104

171,5   75,5                179,5   85,5                187,5   95,5                195,5   104,5

172      76                   180      86                   188      96                   196      105

172,5   76,5                180,5   88,5                188,5   96,5                196,5   105,5

173      77                   181      89                   189      97                   197      106

173,5   77,5                181,5   89,5                189,5   97,5                197,5   106,5

174      78                   182      90                   190      98                   198      107

174,5   78,5                182,5   90,5                190,5   99,5                198,5   108,5

175      79                   183      91                   191      100                 199      109

175,5   81,5                183,5   91,5                191,5   100,5              199,5   109,5

Culturismo Clássico Sénior


. Até 168 cm;


.Até 171 cm;


. Até 175 cm;


.Até 180 cm;


.Acima de 180 cm.


O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:


. Classificação da eliminatória descartada;


. Classificação do físico multiplicada por 2;


. Classificação da coreografia multiplicada por 1;


. Total das classificações do atleta: classificação do físico + classificação da coreografia;


. O atleta vencedor é aquele que tiver menor classificação.


Tangas de competição:


O tecido é indiferente e a cor poderá ser brilhante. O dorsal (número de cada atleta em competição) deve ser afixado na parte frontal esquerda do atleta.


Anomalias:


Ginecomastia, deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos. Na melhor das hipóteses, até ao top 5 poderá haver atletas com ginecomastia. Se houver algum juiz a dar 3º lugar a um atleta com este problema, esse deverá ser punido.


Tatuagens e Pintura:


As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade do atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, o atleta poderá ser desclassificado.


FORMA DE EXECUÇÃO DAS POSES PASSO A PASSO (Ordem Correta):


Duplo Bícep de Frente: em pé, de frente para os juízes, com umas pernas a 40-50 cm de frente e de lado, o atleta irá levantar os braços ao nível dos ombros e fleti-los pelos cotovelos. As mãos devem estar fechadas e com os punhos (cerrados) virados para baixo, de modo a causar uma contração muscular nos bíceps e antebraço, que são os principais grupos musculares avaliados nesta pose. Além disso, o atleta deve tentar contrair ao máximo os outros músculos, considerando que os juízes estão a observar e a analisar todo o corpo do atleta, da cabeça aos pés.


Expansão Dorsal de Frente: em pé, de frente para os juízes, com os pés alinhados e as pernas afastadas até 15 cm de distância, o atleta deverá apoiar os punhos fechados na cintura ou nos oblíquos, a fim de expandir os músculos dorsais. Ao mesmo tempo, deve tentar contrair ao máximo os restantes músculos. É estritamente proibido puxar a tanga de competição para cima, de modo a criar apoio para suster as mãos ou punhos, e de modo a tentar deixar mais visível os músculos da parte interna da coxa.


Peito de Lado ou Peito de Um dos Lados: O atleta pode escolher o seu melhor lado para fazer esta pose, a fim de mostrar, além do melhor peito, o melhor braço. Desta forma, ele vai ficar com o lado escolhido voltado para os juízes e vai fletir o braço, que está mais próximo dos juízes, para uma posição com ângulo reto, com o punho fechado e com a outra mão vai segurar no pulso. A perna do lado escolhido deve ser fletida no joelho e apoiada nos dedos dos pés. O atleta deverá expandir o peito e fazer pressão com o braço que está fletido de modo a contrair os bíceps o máximo possível. Ele também deverá contrair os músculos da coxa, especialmente o bícep femoral, e, pela pressão que exerce na perna fletida, os gémeos.


Duplo Bícep de Costas: Em pé, de costas para os juízes, o atleta irá fletir os braços e os pulsos, como na pose de Duplo Bícep de Frente, e também colocar um pé atrás e para o lado, repousando sobre os dedos dos pés. A distância deve ser de 40-50 cm. Ele deverá, então, contrair os músculos dos braços, os músculos dos ombros, da parte superior e inferior das costas, dos músculos posteriores das pernas e também os gémeos.


Expansão Dorsal de Costas: Em pé, de costas para os juízes, o atleta vai colocar as suas mãos na cintura com os cotovelos abertos, e com os pés afastados em linha recta cerca de, aproximadamente, 15 cm de distância um do outro. Ele deve, então, contrair o dorsal e expandi-lo de forma eficaz para obter a maior amplitude e largura possíveis. O atleta deve fazer um esforço para, mesmo com o corpo erecto, gerar uma contracção de modo a exibir e demarcar os músculos dos glúteos, posteriores das coxas e gémeos. É estritamente proibido puxar a tanga de competição para cima a fim de mostrar mais musculatura dos glúteos.


Tríceps de Lado ou Tríceps de Um dos Lados: O atleta pode escolher qual o lado para esta pose, de modo a mostrar o seu melhor braço, mais especificamente o trícep, que é o principal músculo avaliado nesta pose. O atleta irá contrair o trícep do lado escolhido e exercer pressão conta o braço oposto, que além de servir como contrapeso e apoio para a contracção, ainda tem a função de segurar e manter o braço atrás do corpo, seja utilizando um enlace nos dedos ou segurando no pulso. A perna do lado oposto deve ser flectida pelo joelho, fazendo pressão sobre os dedos dos pés, com o objectivo de criar contracção nos músculos posteriores das coxas. Da mesma forma deve, também, tentar contrair e evidenciar o peito, os músculos abdominais, os músculos laterais das pernas e os gémeos.


Abdominais e pernas: Em pé, de frente para os juízes, o atleta colocará ambos os braços atrás da cabeça (obrigatoriamente) e uma perna para a frente, ou manter as pernas e os pés em linha, até 15 cm de distância (opcional). Ele deve, então, contrair os músculos abdominais de forma a projectar o tronco para a frente. Ao mesmo tempo, ele terá de contrair, da forma mais eficaz, os músculos das pernas a fim de mostrar os quadríceps, as partes internas das coxas e os géme

Expansão Dorsal de Costas: Em pé, de costas para os juízes, o atleta vai colocar as suas mãos na cintura com os cotovelos abertos, e com os pés afastados em linha recta cerca de, aproximadamente, 15 cm de distância um do outro. Ele deve, então, contrair o dorsal e expandi-lo de forma eficaz para obter a maior amplitude e largura possíveis. O atleta deve fazer um esforço para, mesmo com o corpo erecto, gerar uma contracção de modo a exibir e demarcar os músculos dos glúteos, posteriores das coxas e gémeos. É estritamente proibido puxar a tanga de competição para cima a fim de mostrar mais musculatura dos glúteos.

Tríceps de Lado ou Tríceps de Um dos Lados: O atleta pode escolher qual o lado para esta pose, de modo a mostrar o seu melhor braço, mais especificamente o trícep, que é o principal músculo avaliado nesta pose. O atleta irá contrair o trícep do lado escolhido e exercer pressão conta o braço oposto, que além de servir como contrapeso e apoio para a contracção, ainda tem a função de segurar e manter o braço atrás do corpo, seja utilizando um enlace nos dedos ou segurando no pulso. A perna do lado oposto deve ser flectida pelo joelho, fazendo pressão sobre os dedos dos pés, com o objectivo de criar contracção nos músculos posteriores das coxas. Da mesma forma deve, também, tentar contrair e evidenciar o peito, os músculos abdominais, os músculos laterais das pernas e os gémeos.

Abdominais e pernas: Em pé, de frente para os juízes, o atleta colocará ambos os braços atrás da cabeça (obrigatoriamente) e uma perna para a frente, ou manter as pernas e os pés em linha, até 15 cm de distância (opcional). Ele deve, então, contrair os músculos abdominais de forma a projectar o tronco para a frente. Ao mesmo tempo, ele terá de contrair, da forma mais eficaz, os músculos das pernas a fim de mostrar os quadríceps, as partes internas das coxas e os gémeos.

MEN’S PHYSIQUE[editar | editar código-fonte]

Critérios de Men’s Physique

Volume e definição muscular moderados. Os atletas deverão aparentar um físico saudável, normal e atlético. Músculos firmes e baixa % de gordura. A proporcionalidade entre a parte superior e a inferior do corpo deve ter o formato de um V. Em todas as poses, os atletas devem manter quatro dedos na cintura.

ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritos, será realizada uma eliminatória, onde os juízes escolherão os 15 melhores atletas, sem os classificar.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 1 – Serão seleccionados os 6 melhores atletas para julgamento e classificação.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 2 – Os 6 melhores atletas anteriormente, serão novamente avaliados. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.

As poses obrigatórias são os quartos de volta, após o desfile em forma de T.

Men’s Physique Sénior

. Até  170 cm;

. Até  174 cm;

. Até  178 cm;

. Acima de 178 cm.

Men’s Physique Júnior

Idade inferior a 23 anos, feitos no ano da competição. As categorias dependerão do número de atletas.

Men’s Physique Master

Idade superior a 40 anos, feitos no ano da competição: Open.

Idade superior a 45 anos, feitos no ano da competição: Open.

O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:

. Classificação da eliminatória descartada;

. Classificação da Ronda 1 (Top 15);

. Classificação da Ronda 2 (Top 6), descartando a classificação da Ronda 1;

. O atleta vencedor é aquele que tiver menor classificação.

Calção:

A escolha da cor é livre e o dorsal (número em competição) deve ser colocado do lado esquerdo, na parte da frente. Deve cobrir completamente as ancas e não pode deixar à vista cuecas ou boxers. Não pode ter bolsos ou logótipos de marcas.

Anomalias:

Ginecomastia, deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.

Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade do atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, o atleta poderá ser desclassificado.


MUSCULAR PHYSIQUE


Critérios de Muscular Physique


Volume e definição muscular ligeiramente maiores do que Men’s Physique. Os atletas deverão aparentar um físico saudável, normal e atlético. Músculos firmes e baixa % de gordura. A proporcionalidade entre a parte superior e a inferior do corpo deve ter o formato de um V. Em todas as poses, os atletas devem manter quatro dedos na cintura.


ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritos, será realizada uma eliminatória, onde os juízes escolherão os 15 melhores atletas, sem os classificar.


As poses obrigatórias são os quartos de volta.


RONDA 1 – Serão selecionados os 6 melhores atletas para julgamento e classificação.


As poses obrigatórias são os quartos de volta.


RONDA 2 – Os 6 melhores atletas anteriormente, serão novamente avaliados. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.


As poses obrigatórias são os quartos de volta, após o desfile em forma de T.


Muscular Physique Sénior


.Open


O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:


. Classificação da eliminatória descartada;


. Classificação da Ronda 1 (Top 15);


. Classificação da Ronda 2 (Top 6), descartando a classificação da Ronda 1;


. O atleta vencedor é aquele que tiver menor classificação.


Calção:


A escolha da cor é livre e o dorsal (número em competição) deve ser colocado do lado esquerdo, na parte da frente. Deve cobrir completamente as ancas e não pode deixar à vista cuecas ou boxers.


Anomalias:


Ginecomastia, deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.


Tatuagens e Pintura:


As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade do atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, o atleta poderá ser desclassificado.


Caracterização das disciplinas femininas:

BIKINI FITNESS

Critérios de Bikini Fitness

Os grupos musculares devem ter uma beleza natural e firme, com baixa percentagem de gordura e sem volume muscular. A beleza deve ser realçada em todos os momentos. As atletas devem apresentar um físico longínquo, presença de palco e simpatia.

ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritas, será realizada uma eliminatória, onde os juízes escolherão as 15 melhores atletas, sem as classificar.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 1 – Serão selecionadas as 6 melhores atletas para julgamento e classificação.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 2 – Aqui, as 6 melhores atletas anteriormente, serão novamente avaliadas. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.

As poses obrigatórias são os quartos de volta, após o desfile em forma de T.

Bikini Fitness Sénior

. Até 160 cm;

. Até 163 cm;

. Até 166 cm;

. Até 169 cm;

. Até 172 cm;

. Acima de 172 cm.

Bikini Fitness Júnior

Idade inferior a 23 anos, feitos no ano da competição. As categorias dependerão do número de atletas.

Bikini Fitness Master

Idade superior a 35 anos, feitos no ano da competição: Open.

O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:

. Classificação da eliminatória descartada;

. Classificação da Ronda 1 (Top 15);

. Classificação da Ronda 2 (Top 6), descartando a classificação da Ronda 1

. A atleta vencedora é aquela que tiver menor classificação.

Bikini e Sapatos:

O Bikini deverá cobrir 2/3 do glúteo. A cor é livre e poderá ter brilhantes. É proibido sapatos com amarras nas pernas ou Plataforma, sendo que a cor é livre.

Anomalias:

Deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.

Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade da atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, a atleta poderá ser desclassificada.

WELLNESS FITNESS[editar | editar código-fonte]

Critérios de Wellness

A categoria de Wellness é destinada a mulheres que preferem desenvolver um físico menos musculado, e esteticamente agradável. Contudo, as atletas devem apresentar um corpo trabalhado e firme, numa relação tronco/pernas levemente desproporcional, sem excesso de gordura ou celulite.

1.    Geral:

As Regras que a IFBB-Portugal terá para Wellness Fitness serão semelhantes às Regras de Wellness Fitness da IFBB Brasil.

2.    – Regras:

As regras administrativas e técnicas constatadas no regulamento de Wellness estão presentes nas Regras Gerais, portanto, não serão faladas aqui (ver código internacional).

Artigo 2 – Categorias:

2.1 – Categorias:

As categorias de Wellness podem ser as seguintes:

. Até e incluindo 160 centímetros;

. Até e incluindo 163 centímetros;

. Acima de 163 centímetros;

. Master, a partir dos 35 anos.

Artigo 3 – Rondas:

3.1 – Rondas:

Wellness Fitness será composta pelas seguintes partes:

1.     Eliminatória – No caso de haver mais de 15 atletas (Quartos de volta);

2.     Semi-final – Ronda 1 (Quartos de volta);

3.     Final – Ronda 2 (Quartos de volta e desfile em I).

Artigo 4 – Eliminatória – Ronda 1 – Ronda 2

4.1 – Geral:

As atletas devem estar prontas 30 minutos antes da entrada para o palco e são as únicas responsáveis por estarem preparadas e presentes quando for chamada a sua categoria.

4.2 – Procedimentos da Eliminatória:

É efectuado quando há mais de 15 atletas em competição e deverá ser executado do seguinte modo:

1.    A linha de atletas é levada a palco, por ordem numérica.

2.    O grupo será dividido em dois e posicionado à esquerda e à direita, de modo a deixar o centro do palco disponível para comparações.

3.    Em grupos até cinco, as atletas posicionam-se na linha da frente, para comparações, realizando os quartos de volta.

4.    O juiz de palco direccionará as atletas nos quartos que volta que são:

1.    Quarto de volta para a direita – perfil esquerdo;

2.    Quarto de volta – pose de costas;

3.    Quarto de volta – perfil direito;

4.    Quarto de volta – pose de frente.

5.    Terminados os quartos de volta, as atletas voltam à formação lateral, por ordem numérica, antes de abandonarem o palco.

Nota: É proibido as atletas mascarem pastilhas ou terem rebuçados na boca, durante a competição.

Artigo 5 – Eliminatória e Finais: Vestuário para todas as rondas (Bikini de duas peças)

5.1 – Vestuário para todas as rondas (Bikini de duas peças):

O vestuário para as rondas (Bikini de duas peças) terá de seguir os seguintes critérios:

1.    O bikini tem de ter duas peças, esteticamente agradáveis.

2.    A cor e os ornamentos são por conta da atleta.

3.    O bikini tem que ter estilo.

4.    A parte inferior do bikini deverá cobrir 1/3 do glúteo superior e toda a parte inferior frontal. Cueca de fio dental é estritamente proibida.

5.2 – As solas dos sapatos, podem ter entre 10 mm a 12 mm. As plataformas são estritamente proibidas.

5.3 – O cabelo é à escolha da atleta.

5.4 – As atletas podem ter um bronzeado saudável e natural. Cor é permitida mas tinta removível é proibida. O uso de purpurinas no corpo também é proibido.

5.5 – Pode usar jóias desde que combinem com o vestuário.

Artigo 6 – Pontuação das Rondas

6.1 – Contagem de Pontos:

Os juízes irão avaliar o físico geral, a proporção, a simetria, o equilíbrio, a forma e o tom de pele de acordo com a categoria. A pontuação será dada da seguinte forma:

1.     Se houver mais do que 15 atletas, os juízes irão seleccionar as 15 melhores, sem dar classificação (Eliminatória);

2.     As 15 melhores passarão para a ronda seguinte e serão atribuídas classificações (Ronda 1);

3.     Para a final, passarão apenas as 6 melhores que, novamente, serão avaliadas, descartando a classificação dada na ronda anterior (Ronda 2).

Artigo 7 – Poses Obrigatórias

7.1 – Poses Obrigatórias em Todas as Rondas:

As poses obrigatórias desta modalidade são as seguintes

1. Pose de Frente – as atletas ficarão com uma mão apoiada na anca e uma perna ligeiramente deslocada para a frente e lado;

2. Perfil Esquerdo – as atletas farão o primeiro quarto de volta para a direita. O perfil esquerdo ficara virado para os juízes e rodarão ligeiramente o tronco para a frente. O olhar terá de ser em frente, mão em cima da anca esquerda e pés não juntos.

3. Pose de Costas – as atletas cumprem mais um quarto de volta para a direita, ficando de costas para os juízes. Uma mão apoiar-se na anca, enquanto o braço oposto fica relaxado ao lado do corpo. As atletas não se podem virar para trás e o olhar deve estar no fundo do palco durante a comparação.

4. Perfil Direito – as atletas darão mais um quarto de volta para a direita, ficando de lado para os juízes. O tronco deve rodar ligeiramente para a frente. O olhar deve estar posicionado para a frente, enquanto uma mão se apoia na anca. Os pés não devem estar juntos.

5. Pose de Frente – após o último quarto de volta, as atletas devem manter-se viradas para a frente.

Artigo 8 – Critérios de Avaliação da Modalidade

8.1 – Critérios de Avaliação:

Os critérios de avaliação desta modalidade são os seguintes:

1. Começará com uma primeira impressão do corpo da atleta, devendo também ter em consideração o cabelo; a beleza facial; o desenvolvimento corporal; a forma, condição e tom de pele; a apresentação da atleta; a confiança; o equilíbrio e a graça.

2. O corpo deve ser avaliado no geral, resultante de esforço físico e dieta. Todo o corpo deve ter um aspecto agradável e firme, e uma baixa quantidade de gordura corporal. Não deve haver muscularidade ou magreza excessiva, separação e/ou estrias. Os físicos muito musculados ou muito magros devem ser penalizados.

3. Também terá de se ter em conta o tom de pele e a rigidez. O tom de pele deve ser suave, saudável e sem celulite. O rosto, o cabelo e a maquilhagem completam a apresentação da atleta.

4. A apresentação da atleta também deve estar incluída na avaliação do juiz, a partir do momento em que entra em palco. Em todos os momentos, uma atleta de Wellness deve transmitir a ideia de um corpo “saudável e adequado”, apresentado de forma atractiva.

5. Os juízes têm que se lembrar que isto não é Body Fitness ou Bikini Fitness. As atletas devem ter músculos suaves e não separação, definição, baixo nível de gordura e dureza, como nessas categorias. Qualquer atleta que apareça com estas características, terá de ser penalizada.

Artigo 9 – Anomalias

Deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.

Artigo 10 – Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade da atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, a atleta poderá ser desclassificada.

BODY FITNESS[editar | editar código-fonte]

Critérios de Body Fitness

Pouco volume muscular e definição com traços pouco profundos, formando um corpo longínquo e com o formato de um V. A beleza deverá ser realçada em todos os momentos, pois a atleta de Body Fitness deverá ser visualizada como “um físico saudável, normal e atlético”. Músculos firmes e baixa % de gordura. Atletas que se apresentem com aspecto de magreza exagerada serão penalizadas.

ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritas, será realizada uma eliminatória, onde os juízes escolherão as 15 melhores atletas, sem as classificar.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 1 – Serão seleccionadas as 6 melhores atletas para julgamento e classificação.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

RONDA 2 – As 6 melhores atletas anteriormente, serão novamente avaliadas. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.

As poses obrigatórias são os quartos de volta.

Body Fitness Sénior

. Até 158 cm;

. Até 163 cm;

. Até 168 cm;

. Acima de 168 cm.

Body Fitness Júnior

Idade inferior a 23 anos, feitos no ano da competição. As categorias dependerão do número de atletas.

Body Fitness Master

Idade superior a 35 anos, feitos no ano da competição: Open.

Idade superior a 45 anos, feitos no ano da competição: Open.

O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:

. Classificação da eliminatória descartada;

. Classificação da Ronda 1 (Top 15);

. Classificação da Ronda 2 (Top 6), descartando a classificação da Ronda 1;

. A atleta vencedora é aquela que tiver menor classificação.

Bikini e Sapatos:

O Bikini preto foi anulado, por isso, pode ser utilizado um colorido ou bordado, apenas. Deverá cobrir 2/3 do glúteo. Os Sapatos deverão ser pretos e com calcanhar fechado, sem plataforma.

Anomalias:

Deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.

Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade da atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, a atleta poderá ser desclassificada.

WOMEN’S PHYSIQUE[editar | editar código-fonte]

Critérios de Women’s Physique

Volume muscular moderado, definições musculares sem exagero. Como forma de melhorar o entendimento desta categoria, os parâmetros estão entre o Body Fitness e o Culturismo Feminino.

ELIMINATÓRIA – No caso da categoria ter mais de 15 atletas inscritas, será realizada uma eliminatória onde os juízes escolherão as 15 melhores atletas, sem dar classificação.

As poses obrigatórias são: duplo bícep, peito de lado, duplo bícep de costas e abdominais e pernas.

RONDA 1 – Serão seleccionadas as 6 melhores atletas, avaliadas com classificação.

As poses obrigatórias são: duplo bícep, peito de lado, trícep, duplo bícep de costas e abdominais e pernas.

RONDA 2 – As 6 melhores atletas, classificadas anteriormente, terão uma nova avaliação. O painel de juízes poderá sofrer alterações e as classificações antigas serão descartadas.

As poses obrigatórias são: duplo bícep, peito de lado, trícep, duplo bícep de costas e abdominais e pernas.

COREOGRAFIA – Após terminar a ronda 2, as atletas têm 60 segundos para realizarem uma apresentação coreográfica.

Women’s Physique Sénior

. Até 163 cm;

. Acima de 163 cm.

Women’s Physique Júnior

Idade inferior a 23 anos, feitos no ano da competição. As categorias dependerão do número de atletas.

Women’s Physique Master

Idade superior a 35 anos, feitos no ano da competição: Open.

O apuramento das classificações será realizado da seguinte maneira:

. Classificação da eliminatória descartada;

. Classificação do físico multiplicada por 2;

. Classificação da coreografia multiplicada por 1;

. Total das classificações da atleta: classificação do físico + classificação da coreografia;

. A atleta vencedora é aquela que tiver menor classificação.

Bikini:

Pode ser utilizado um bikini com brilho (como nos Estados Unidos da América), desde que cubra 2/3 do glúteo superior.

Anomalias:

Deformidade muscular e assimetria severa levará à perda de pontos.

Tatuagens e Pintura:

As tatuagens não são proibidas. É da inteira responsabilidade da atleta se o desenho que tiver dificultar a visualização e análise do físico por parte dos juízes. As tintas permitidas em qualquer competição IFBB devem ser aquosas e não devem manchar ou escorrer. Caso contrário, a atleta poderá ser desclassificada.

Estratégia[editar | editar código-fonte]

Para incrementar o aumento da massa muscular (hipertrofia), os fisiculturistas focam três principais pontos:

  • Treinamento adequado com a resistência de pesos e demais atividades físicas;
  • Nutrição especializada, incorporando proteínas e outros suplementos alimentares visando a liberação de hormônios para aumentar a síntese protéica;
  • Repouso (descanso) adequado para a recomposição muscular.

Uso de esteroides anabolizantes[editar | editar código-fonte]

Existem algumas organizações ilegais, sancionadas pela WADA ( World Anti Doping Agency) que realizam eventos da modalidade, onde não são respeitados os códigos da WADA e muitos atletas participam por já estar sancionados ou pela garantia de não serem efectuados testes de doping.

Na prática da musculação, muitos atletas acabam recorrendo ao uso de esteroides anabolizantes para o aumento de massa muscular de modo mais eficaz em um prazo de tempo menor, esta prática é prejudicial à saúde. Muitos jovens são incentivados por um treinador indicando a quantidade que eventualmente dará mais resultados em cada jovem. Novos estudos mostram que a pratica do fisiculturismo quando feita com responsabilidade não é prejudicial a saúde.

Muitos atletas, profissionais ou amadores, conscientes dos malefícios dos efeitos das drogas quando usadas com irresponsabilidade ou falta de conhecimento, procuram profissionais nutricionistas e endocrinologistas para obtenção das possíveis melhoras em seus resultados.

O uso de esteroides anabolizantes e do fisiculturismo aumentam proporcionalmente a cada dia, e é cada vez mais comum ver atletas jovens usando anabolizantes para obterem mais força, músculos e definição.

Terceira idade[editar | editar código-fonte]

Estudos recentes vêm demonstrando a importância da musculação para a manutenção da qualidade de vida na terceira idade.[2] Além dos exercícios aeróbios, o treinamento com levantamento de peso tem sido muito bem visto pelos profissionais e pesquisadores da área. Esta é uma visão onde, para manutenção ou ganho de massa muscular, o fisiculturismo bem orientado produz resultados mais efetivos. Porém a pratica excessiva de exercício pode trazer risco para a saúde.

Referências

  1. Thais Pacievitch. «Fisiculturismo». InfoEscola. Consultado em 01 de julho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Ana Maria Penteado. «Musculação melhora qualidade de vida na terceira idade». UOL. Jovem Pan. Consultado em 01 de agosto de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]