Ginecomastia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ginecomastia
Adolescente com ginecomastia
Especialidade urologia
Classificação e recursos externos
CID-10 N62
CID-9 611.1
DiseasesDB 19601
MedlinePlus 003165
eMedicine med/934
MeSH D006177
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Ginecomastia é uma neoplasia benigna ou maligna que leva ao crescimento natural de mamas em pessoas atribuídas ao sexo masculino ao nascer, podendo elas ser ou não, intersexo. Devido a patologias, geralmente associadas a desequilíbrios hormonais liderados pela síntese das células adiposas (de gordura).

Ginecomastia leve é considerada característica normal em crianças atribuídas ao sexo masculino ao nascer no começo da adolescência.

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

Para diagnosticar a ginecomastia, é necessário realizar anamnese e exame físico realizado por um médico. No exame físico, é importante avaliar o tecido mamário masculino com a palpação para distinguir principalmente um câncer de mama ou uma pseudoginecomastia (aumento devido exclusivamente ao excesso de tecido adiposo); avaliação do desenvolvimento do pênis; avaliação dos pelos; distribuição dos cabelos.

Tratamento Medicamentoso[editar | editar código-fonte]

Vários estudos comprovam a eficácia do tamoxifeno (antiestrogeno) para o tratamento medicamentoso da ginecomastia puberal e também a ginecomastia idiopática, administrado nas dosagens de 10 à 40 mg/dia durante 3 e 6 meses.

Tratamento cirúrgico[editar | editar código-fonte]

O tratamento cirúrgico[1] é muito das vezes indicado, pois o uso dos remédios como o tamoxifeno não surtem efeito devido ao elevado grau da doença

Exames pré operatórios[editar | editar código-fonte]

A principio o exame pré operatório consiste saber qual a causa real da doença, se foi causada por medicamentos ou alguma patologia.

Pré operatório[editar | editar código-fonte]

No dia da operação deve-se estar em jejum, normalmente em casos mais comuns não é necessária a internação; porém, em casos mais severos como a ginecomastia de 3° grau, a internação pré-operatória pode vir a ser necessária.

O Pós-operatório[editar | editar código-fonte]

O Pós-operatório costuma ser tranqüilo, recomenda-se de uma a duas semanas de repouso das atividades diárias

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.