Anovulação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anovulação
Ciclo menstrual normal
Especialidade urologia
Classificação e recursos externos
CID-10 N97.0
CID-9 628.0
eMedicine med/146
MeSH D000858
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Anovulação ou Ciclo anovulatório é quando os ovários não liberam um óvulo durante um ciclo menstrual (28 dias). Sem ovulação não ocorre a menstruação. Esse termo não se refere a mulheres que não ovulam porque ainda não tiveram a menarca(primeira menstruação) ou já estão na menopausa(fim da vida reprodutiva feminina). A anovulação crônica é uma causa comum de infertilidade e pode ter muitas possíveis causas, sendo 70% causados por um problema hormonal (transtorno endócrino).[1]

Além de infertilidade, a anovulação crônica pode causar ou agravar outros problemas de longo prazo, como hiperandrogenismo(masculinização), aumento de peso ou osteopenia(ossos frágeis) pela baixa quantidade de estrógenos. Desempenha um papel central nos múltiplos desequilíbrios e disfunções da síndrome dos ovários policísticos.

Causas[editar | editar código-fonte]

Durante os primeiros dois anos após a menarca, 50% dos ciclos menstruais poderiam ser anovulatórios. Também pode ser intencionalmente causado por anticonceptivos orais, adesivos ou injetáveis.

Transtornos hormonais são a causa mais comum de anovulação e estima-se que é responsável por cerca de 70% de todos os casos. Cerca de metade das mulheres com produção insuficiente de estrógenos, LH ou FSH não produzem folículos suficientes para garantir o desenvolvimento de um óvulo, possivelmente devido às problemas na liberação ou produção dos hormônios da hipófise, ovários, tireoide ou hipotálamo. Alguns exemplos de doenças que causam anovulação incluem: Síndrome do Ovário Policístico (SOP), hipotiroidismo ou hipertiroidismo e alguns adenomas.

Transtornos hormonais podem ser causado por[2]:

  • Peso muito baixo ou muito elevado;
  • Exercícios físicos extremos;
  • Desnutrição;
  • Períodos muito estressantes;

Pode ser secundário a um transtorno alimentar, transtorno de ansiedade ou outra causa psicológica.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Quando o problema é hormonal, o tratamento pode ser voltado para corrigir a causa do desequilíbrio. Longos tratamentos hormonais podem ser necessários. Quando o problema é uma síndrome dos ovários policísticos, exercícios e dieta para perder peso e medidas para reduzir o estresse e melhorar a assertividade podem regularizar o ciclo menstrual.[3]

Referências

  1. Alexander NB, Cotanch PH (September 1980). "The endocrine basis of infertility in women". Nurs. Clin. North Am. 15 (3): 511–24. PMID 6777763.
  2. Healthline - Why do women experience an anovulatory cycle?
  3. Legro, Richard S.; Arslanian, Silva A.; Ehrmann, David A.; Hoeger, Kathleen M.; Murad, M. Hassan; Pasquali, Renato; Welt, Corrine K.; Endocrine Society (December 2013). "Diagnosis and treatment of polycystic ovary syndrome: an Endocrine Society clinical practice guideline". The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism. 98 (12): 4565–4592. doi:10.1210/jc.2013-2350. ISSN 1945-7197. PMC 5399492 Freely accessible. PMID 24151290.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.