Ginecologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A ginecologia é a pratica da medicina que lida diretamente com a saúde do aparelho reprodutor feminino (vagina, útero ovários) e mamas. Seu significado literal é "a ciência da mulher". É paralela a andrologia que lida especificamente com questões ligadas ao aparelho reprodutor masculino. Quase todos ginecologistas atuais são também obstetras; veja "Ginecologia e obstetrícia".

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "ginecologia" vem do grego γυνή gyne "mulher" e -logia "estudo".

Doenças[editar | editar código-fonte]

Os principais problemas tratados com um ginecologista são:

  1. Cancro dos órgãos reprodutivos incluindo ovários, tuba uterina, útero, vagina e vulva
  2. Incontinência urinária
  3. Amenorreia (ausência dos períodos menstruais)
  4. Dismenorreia (períodos menstruais dolorosos - cólicas)
  5. Infertilidade
  6. Menorragia
  7. Prolapso dos órgãos pélvicos
  8. Vaginites

Existe uma troca entre as áreas médicas. Por exemplo, uma mulher com incontinência urinária pode ser indicada para um urologista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ginecologia
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.