Sumata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sumata (em japonês: 素股 forquilha real) é um tipo de estimulação da genitália masculina, popular nos bordéis japoneses. Durante este ato, a mulher estimula o pênis com as suas coxas e os grandes lábios com a intenção da ejaculação sem a ocorrência de penetração vaginal. Tal prática iniciou-se após a lei anti-prostituição japonesa de 1956 como forma de contornar a proibição do relação com penetração em que o texto da lei especificava[1] .

Referências

  1. Ministry of Justice (Japan)(Hōmushō), Materials Concerning Prostitution and Its Control in Japan. Tokyo: Ministry of Justice, 1957, p. 32. OCLC no. 19432229. Cited in Sanders, Holly. "Indentured Servitude and the Abolition of Prostitution in Postwar Japan". Cambridge, Mass.: Program on U.S.-Japan Relations, Harvard University, 2006, p. 41.
Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.