Grupo Fiat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grupo Fiat
Fiat S.p.A.
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação Borsa Italiana: F
Indústria Automotiva
Mídia
Destino Incorporada pela sucessor Fiat Chrysler Automobiles, tomando o controle do Grupo Fiat.
Fundação 11 de Julho de 1899 em Turim
Fundador(es) Giovanni Agnelli
Encerramento 12 de Outubro de 2014
Sede Turim  Itália
Proprietário(s) Exor S.p.A. (30.05%)
Pessoas-chave John Elkann (Chairman)
Sergio Marchionne (CEO)
Empregados 214,836 (fim de 2012)
Produtos Automóveis, veículos comerciais, peças de automóvel, jornais, sistemas de produção
Subsidiárias
Sucessora(s) Fiat Chrysler Automobiles
FCA Italy
Sítio oficial fiatspa.com

O Grupo Fiat (Fabbrica Italiana Automobili Torino) foi o maior conglomerado industrial da Itália e está entre os fundadores da indústria automobilística europeia.

Focado no setor automotivo, o Grupo projeta e produz automóveis, caminhões, tratores, colheitadeiras, máquinas agrícolas, motores, transmissões, peças fundidas, autopeças e sistemas de automação industrial, entre outros.

No setor de automóveis, a Fiat desenvolve suas atividades industriais e de serviços por meio de sociedades localizadas em 50 países e mantém relações comerciais com clientes em mais de 190 países.

Os números do Grupo Fiat no mundo:

  • 178 fábricas
  • 114 centros de Pesquisa&Desenvolvimento
  • 180 mil empregados
  • 2,3 milhões de automóveis e veículos comerciais vendidos


Marcas do Grupo[editar | editar código-fonte]

Após o anúncio da aquisição total do Grupo Chrysler pela Fiat[1] , no dia 01 de janeiro de 2014, o grupo Fiat passou a controlar as seguintes marcas de automóveis de passeio:

Marcas européias:

Marcas Americanas

Além disso, o grupo também é proprietário das seguintes marcas: Case Construction, Case Agriculture, New Holland Construction, New Holland Agriculture para tratores, máquinas de construção e colheitadeiras; Iveco e Irisbus para caminhões e ônibus; Magneti Marelli, Teksid, FPT Powertrain e COMAU para componentes e serviços automotivos.


Plataformas Globais[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o grupo se utiliza das seguintes plataformas globais na construção de seus veículos:


Mini Platfom:

A base anterior é utilizada no Brasil, em uma versão de custo reduzido, com modificações para suportar a má qualidade das estradas nos seguintes modelos:


SCCS platform (Small Common Components and Systems platform).


C-Platform: apenas os seguintes modelos ainda a utilizam:


CUSW Platform (Compact U.S. Wide). Evolução da C-Platform, também é conhecida como C-Evo

Esta base, em sua versão com entre-eixos alongado, serve também aos:


E-Segment Platform:


Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a seguintes empresas compõem o Grupo:

Fiat Automóveis, Iveco, Case Construction, Case Agriculture, New Holland Construction, New Holland Agriculture como montadoras; Magneti Marelli, Teksid, FPT Powertrain e COMAU para componentes; Banco Fidis, CNH Capital e Fiat Finanças para serviços financeiros; Fiat Services, FIDES Corretagem de Seguros, Isvor e Fundação Fiat para serviços; Casa Fiat de Cultura e Fundação Torino para cultura e educação.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]