Grupo Fiat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grupo Fiat
Fiat S.p.A.
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação Borsa Italiana: F
Indústria Automotiva
Mídia
Destino Incorporada pela sucessor Fiat Chrysler Automobiles, tomando o controle do Grupo Fiat.
Fundação 11 de Julho de 1899 em Turim
Encerramento 12 de Outubro de 2014
Sede Turim  Itália
Proprietário(s) Exor S.p.A. (30.05%)
Pessoas-chave John Elkann (Chairman)
Sergio Marchionne (CEO)
Empregados 214,836 (fim de 2012)
Subsidiárias Fiat
Sucessora(s) Fiat Chrysler Automobiles
FCA Italy
Sítio oficial fiatspa.com

O Grupo Fiat (Fabbrica Italiana Automobili Torino) foi o maior conglomerado industrial da Itália e está entre os fundadores da indústria automobilística europeia.

Focado no setor automotivo, o Grupo projeta e produz automóveis, caminhões, tratores, colheitadeiras, máquinas agrícolas, motores, transmissões, peças fundidas, autopeças e sistemas de automação industrial, entre outros.

No setor de automóveis, a Fiat desenvolve suas atividades industriais e de serviços por meio de sociedades localizadas em 50 países e mantém relações comerciais com clientes em mais de 190 países.

Os números do Grupo Fiat no mundo:

  • 178 fábricas
  • 114 centros de Pesquisa&Desenvolvimento
  • 180 mil empregados
  • 2,3 milhões de automóveis e veículos comerciais vendidos


Marcas do Grupo[editar | editar código-fonte]

Após o anúncio da aquisição total do Grupo Chrysler pela Fiat[1] , no dia 01 de janeiro de 2014, o grupo Fiat passou a controlar as seguintes marcas de automóveis de passeio:

Marcas européias:

Marcas Americanas

Além disso, o grupo também é proprietário das seguintes marcas: Case Construction, Case Agriculture, New Holland Construction, New Holland Agriculture para tratores, máquinas de construção e colheitadeiras; Iveco e Irisbus para caminhões e ônibus; Magneti Marelli, Teksid, FPT Powertrain e COMAU para componentes e serviços automotivos.


Plataformas Globais[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o grupo se utiliza das seguintes plataformas globais na construção de seus veículos:


Mini Platfom:

A base anterior é utilizada no Brasil, em uma versão de custo reduzido, com modificações para suportar a má qualidade das estradas nos seguintes modelos:


SCCS platform (Small Common Components and Systems platform).


C-Platform: apenas os seguintes modelos ainda a utilizam:


CUSW Platform (Compact U.S. Wide). Evolução da C-Platform, também é conhecida como C-Evo

Esta base, em sua versão com entre-eixos alongado, serve também aos:


E-Segment Platform:


Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a seguintes empresas compõem o Grupo:

Fiat Automóveis, Iveco, Case Construction, Case Agriculture, New Holland Construction, New Holland Agriculture como montadoras; Magneti Marelli, Teksid, FPT Powertrain e COMAU para componentes; Banco Fidis, CNH Capital e Fiat Finanças para serviços financeiros; Fiat Services, FIDES Corretagem de Seguros, Isvor e Fundação Fiat para serviços; Casa Fiat de Cultura e Fundação Torino para cultura e educação.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]