Fiat Bravo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Bravo é o modelo hatchback médio fabricado pela Fiat.

Primeira geração[editar | editar código-fonte]

Fiat Bravo
Fiat Bravo 2007.jpg
Visão Geral
Nomes
alternativos
Fiat Brava
Fiat Ritmo (Austrália)
Produção 1995 - 2001(UE)
2007 - 2015 (UE)
2011-2016 (Brasil) [1]
Fabricante Fiat
Modelo
Carroceria Hatchback
Ficha técnica
Motor 1.4 16V (Europa)

1.6 16V (Brasil) 1.8 16V (Europa e Brasil, neste com 132cv) 2.0 20V (Europa)

Transmissão 5 Marchas, manual, 6 Marchas manual (modelo T-Jet)
Modelos relacionados
Opel Astra
Peugeot 306
Renault Fluence
Škoda Octavia
Volkswagen Golf
Chevrolet Astra
Citroën C4
Ford Focus
Opel Astra
Peugeot 307
Škoda Octavia
Volkswagen Golf
Volvo C30
Cronologia
Último
Fiat Tipo (1ª geração)
Fiat Stilo (2ª geração)
Fiat Stilo (1ª geração)
Fiat Aegea Hatch (2ª geração) [2]
Próximo


O primeiro Bravo, comercializado de 1995 a 2001, era semelhante ao Fiat Brava, mas com três portas. Ele estava somente disponível na Europa. Sucedeu o Stilo[3].

Segunda geração[editar | editar código-fonte]

Fiat Bravo
Fiat Bravo II China 2012-05-13.JPG
Visão Geral
Produção 2007-presente (Europa) / 2010-presente (Brasil)
Fabricante Fiat
Modelo
Carroceria Hatchback
Ficha técnica
Motor 1.4 16V T-Jet
1.8 16V E.TorQ
1.9 16V[carece de fontes?]
1.4 MultiJet
Transmissão 6 Marchas manual (modelo T-Jet)
5 Marchas manual
5 Marchas Dualogic Automatizada
Modelos relacionados
Citroën C4
Ford Focus
Opel Astra
Peugeot 307
Škoda Octavia
Volkswagen Golf
Volvo C30
Cronologia
Último
Fiat Stilo
Próximo


O novo Bravo sucedeu o Stilo[4]. O modelo já tem o novo logotipo da Fiat, com fundo vermelho em vez de azul.

No Brasil tem duas motorizações, a famosa 1.4 T-Jet (gasolina) e a 1.8 16V E.TorQ Flex com opção de câmbio Dualogic. Na Europa, as motorizações 1.9 sobrealimentado e versão 1.4 MultiJet.

Com a crise mundial, a vinda do modelo para o Brasil foi adiada, sendo lançada em fins de 2010 como modelo 2011. Quando lançado no Brasil, o carro já vem sendo premiado, tendo ganhado o prêmio de melhor hatch do Brasil e de melhor hatch médio, em dezembro de 2010[5].

Porém, o carro teve sua imagem denegrida após vários casos de panes elétricas, que atingiram até sistemas importantes, como os Airbags[6].

Em 2013, foi apresentado na China o seu substituto para aquele mercado, o Fiat Ottimo, que, especula-se, poderá chegar também à Europa.

O modelo deixou de ser fabricado em junho de 2016, devido a baixa demanda (2.795 unidades vendidas em 2015), sem nenhum substituto em seu segmento (no momento, pois há rumores de um novo hatch médio que irá tomar o seu lugar, conhecido somente como X6H).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.