Fiat 131

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fiat 131
Visão Geral
Nomes
alternativos
SEAT 131
Fiat Brava
Produção 19741984
Fabricante Fiat
Modelo
Classe 3 volumes
Carroceria Sedã 2 e 4 portas
Perua 5 portas
Ficha técnica
Transmissão Manual de 4 e 5 velocidades
Automática de 3 velocidades[1]
Layout Motor dianteiro, tração traseira
Dimensões
Comprimento De 4230 a 4264 mm
Entre-eixos 2490 mm
Largura De 1644 a 1651 mm
Altura De 1381 a 1411 mm
Peso De 950 a 1145 kg
Cronologia
Fiat 124
Fiat Regata

O Fiat 131 foi um automóvel sedã médio produzido pela fabricante italiana Fiat como sucessor do Fiat 124 desde outubro de 1974 a 1984, sendo substituído pelo Fiat Regata. O Fiat 131 chegou a ser vendido nos EUA como Fiat Brava.

Teve versões sedan de duas e quatro portas (denominadas de Mirafiori ou Super Mirafiori) e Station Wagon de 5 portas (essa denominada Familiare).

Os 131S Standard eram frequentemente vendidos como Mirafiori, que era o nome da planta de produção em que foram produzidos na Itália, e tinham motores SOHC de 1,3 L e 1,6 L.

Desde 1978 a Fiat produziu também uma versão atualizada chamada Supermirafiori. Estes tinham motores DOHC. Versões Diesel do 131 também foram feitas, além da versão de corrida. As revisões foram feitas em 1981, e todos os modelos foram produzidos até que a produção cessou em 1984.

A empresa Abarth criou um carro de corrida com base no Fiat 131 duas portas, denominado "131 Abarth", que vendeu 400 unidades da versão de estrada chamada Stradale.[2] O Fiat 131 Abarth foi um carro muito bem sucedido, que ganhou três títulos mundiais de construtores em 1977, 1978 e 1980 e um título individual no WRC.[2]

Modelos similares[editar | editar código-fonte]

  • O gêmeo espanhol: o Fiat 131 foi vendido na Espanha como "SEAT 131", na época que a SEAT era associada à Fiat e não à Volkswagen. Até 1982, os carros espanhóis da SEAT eram todos os gêmeos exatos dos modelos Fiat. A versão espanhola do 131 foi vendida e produzida na Espanha desde 1975 até 1984. A fábrica da SEAT também produziu uma versão própria do veículo (chamada 131 Panorama) para fins de exportação, mas estes foram rebatizados com emblemas Fiat.
  • O gêmeo turco: a Tofaş da Turquia também fez sua produção sobre o Fiat 131S construído sob licença da Fiat. Modelos baseados no 131 incluem o Murat 131 Şahin (versão básica), o Murat 131 Doğan (versão luxuosa) e o Murat 131 Kartal (versão perua). Estes veículos gozaram de um ciclo de produção muito longo, e mais tarde foram substituídos por modelos mais novos da Fiat.
  • O gêmeo polonês: a montagem do 131 sedã também foi realizada na Polônia por Fabryka Samochodów Osobowych (FSO) desde 1975 a 1981, e 3102 carros foram montados no total.[3]

Referências

  1. «Fiat 131». Carsfromitaly.net 
  2. a b Fiat 131 Abarth Stradale poderá valer mais de 100 mil euros. Auto-drive.pt.
  3. Podbielski, Zdzisław (2019). Samochody montażowe z Żerania, "Auto Świat Classic" Nr 4/2019, p. 136-137 (em polonês).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Fiat 131
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.