Guillermo García Cantú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guillermo García Cantú
Nome completo Guillermo García Cantú
Nascimento 23 de abril de 1960 (58 anos)
Cidade do México, México
Ocupação Ator
IMDb: (inglês)

Guillermo García Cantú (Cidade do México, 23 de abril de 1960) é um ator mexicano de telenovelas muito conhecido por seus personagens como vilão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gullermo iniciou sua carreira como ator aos 26 anos de idade. Sua primeira telenovela foi "El engaño", junto a Erika Buenfil, em 1986. Sua trajetória é bastante ampla, já que atuou em mais de 20 telenovelas, entre as que se destacam: "Cuando llega el amor" (1989), Marimar (1994), La Intrusa (2001) e La Madrasta (2005), entre outras.

Em 2006, interpretou o malvado Claudio Garza em Código postal, contracenando com Jacqueline García. Em 2005, atuou em La madrastra, na qual deu vida ao malvado personagem Demetrio Rivero, compartilhando créditos com Victoria Ruffo e César Évora.

No ano de 2008, ele esteve no elenco da telenovela Fuego en la sangre, com o personagem Fernando, compartilhando cenas com Susana Zabaleta, Diana Bracho, entre outros grandes atores.

Em 2009, Guillermo iniciou sua participação antagônica na telenovela Camaleones, tendo papel de destaque como um dos antagonistas da trama, contracenando com Edith Gonzalez, Karla Álvarez, entre outros.

Retornou à televisão em 2010 para atuar em Triunfo del amor, interpretando o antagonista principal "Guillermo" junto a Victoria Ruffo, Maite Perroni, William Levy, César Évora, entre outros.

Em 2014, Guillermo antagonizou a telenovela La malquerida, onde trabalhou novamente com Victoria Ruffo. Em 2015, recebe um papel antagônico em Lo imperdonable, onde interpretou o pai de Verónica (Ana Brenda Contreras).

Em 2016, Guillermo interpretou mais um antagonista, dando vida a Loreto em Las amazonas.

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • La mudanza (1984)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]