Ilya Ehrenburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilya Ehrenburg
Nascimento 15 de janeiro de 1891
Kiev, antigo Império Russo
Morte 31 de agosto de 1967 (76 anos)
Moscovo, URSS
Nacionalidade Ucraniano
Ocupação Escritor e jornalista
Prémios Prêmio Lênin da Paz (1952)

Ilya Grigoryevich Ehrenburg (em russo: Илья́ Григо́рьевич Эренбу́рг, Kiev, antigo Império Russo, 15 de janeiro/27 de janeiro de 1891Moscou, 31 de agosto de 1967) foi um escritor e jornalista ucraniano.

Recebeu o Prêmio Lênin da Paz em 1952.

Obras traduzidas para o português[editar | editar código-fonte]

  • O beco de Moscou: romance (Vecchi Ltda, Brasil, 1944);
  • Contos soviéticos (Contos do Cruzeiro, Brasil, 1944);
  • Treze cachimbos (Editorial Vitória, Brasil, 1944);
  • A queda de Paris (Companhia Editora Nacional, Brasil, 1944);
  • O segundo dia da criaçäo: romance (Prometeu, Brasil, 1946);
  • A epopéia russa: diário de um jornalista junto ao Exército Vermelho (Brasiliense, Brasil, 1946);
  • Moscou não crê em lágrimas (Zúmbi, Brasil, 1958);
  • O degelo (Ulisseia, Portugal, 1958);
  • Memórias (Civilização Brasileira, Brasil, 1964)
  • A viela de Moscovo (Portugália, Portugal, 1965);
  • O destino do capitão Volkov (Presença, Portugal, 1967);
  • Notas de viagem : Índia, Japão, Grécia (Arcádia, Portugal, 1967).



Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ilya Ehrenburg
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.