Infecções odontogênicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Infecções odontogênicas são condições que se originam dos dentes, caracterizadas pela invasão de bactérias no interior da polpa dentária[1] e que podem ser localizadas (abscessos) ou tomar menores proporções ( diabetes fleimão).

Estas infecções geralmente começam com a cárie, que se não for tratada pode evoluir através do esmalte, dentina, polpa e tecidos periodontais. Quando as bactérias ou seus produtos tóxicos chegam até a polpa ocorre um processo inflamatório que resulta no acúmulo de diversas células inflamatórias na tentativa de defender o organismo contra a invasão bacteriana.

Clinicamente ocorre a manifestação de todos os sinais da inflamação na área afetada (dor, calor, rubor, tumor caracterizado pelo aumento de volume e perda da função), além de febre, mal-estar, perda de apetite, etc.