Irineu Corrêa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Irineu Meyer Corrêa (Petrópolis, 24 de janeiro de 1900Rio de Janeiro, 2 de junho 1935) foi o primeiro automobilista brasileiro a ganhar uma prova no exterior, nos Estados Unidos, em 1920. Era conhecido como "o leão de Petrópolis".[1]

Considerado o primeiro ás do automobilismo brasileiro, foi contemporâneo dos pilotos Manuel de Teffé e Chico Landi.

O auge de sua carreira foi a vitória no Circuito da Gávea, conhecido na época como "Trampolim do Diabo", em sua segunda edição em 1934, reconhecida como o maior feito de um atleta petropolitano em todos os tempos.

Em 1935, no mesmo circuito, a bordo de um Ford V8, Irineu chocou-se com uma árvore e caiu no canal da Avenida Visconde de Albuquerque, em um acidente fatal.[2]

Referências

  1. Teresa Gago (18 de março de 2010). «Irineu Corrêa, o Leão de Petrópolis – Por Vicente Miranda». Consultado em 27 de dezembro de 2017 
  2. bandeiraquadriculada.com.br. «Irineu Correa (1900/1935) Homenagem ao piloto natural de Petrópolis (RJ)». Consultado em 27 de dezembro de 2017 
F1 chequered flag.svg Este artigo sobre um(a) automobilista, integrado ao Projeto Automobilismo, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.