Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
II Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude
Lillehammer 2016
Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de (2016) Logo.png
Logo oficial do evento
Dados
Países participantes 70 CONs
País anfitrião  Noruega
Atletas 1 100 (aprox.)
Eventos 70 em 15 esportes
Cerimônia de abertura 12 de fevereiro
Cerimônia de encerramento 21 de fevereiro
Abertura oficial Rei Haroldo V
Juramento do atleta Maria Ramsfjell Stabekk
Tocha olímpica SAR Princesa Ingrid Alexandra
Estádio principal Lysgårdsbakken
◄◄ Innsbruck 2012 {{{evento}}} Lausanne 2020 ►►

Os Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de 2016 (em Norueguês: Vinter-OL for ungdom 2016), oficialmente conhecidos como II Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude, foram realizados em Lillehammer, Noruega, entre 12 e 21 de fevereiro de 2016.[1] Foi a quarta edição de uma Olimpíada da Juventude, e a segunda de Inverno. Lillehammer foi eleita como cidade-sede a 7 de dezembro de 2011, como candidata única.[2][3] Os Jogos reutilizaram infraestruturas usadas para os Jogos Olímpicos de Inverno de 1994, e além de Lillehammer, também houve eventos nas vizinhas Hamar, Gjøvik e Øyer.

Processo de eleição[editar | editar código-fonte]

Lillehammer foi ratificada como sede dos Jogos por ser apenas a única candidata. O Comitê Olímpico Norueguês consultou as autoridades norueguesas e regionais para analisar uma candidatura e submetê-la ao Comité Olímpico Internacional (COI). Quando o prazo de apresentação de candidaturas terminou, era a única cidade a ter-se apresentado. Lillehammer havia acolhido as Olimpíadas de Inverno de 1994, e candidatou-se à edição inaugural dos JOJ de Inverno da Juventude (2012), perdendo para Innsbruck. Lake Placid, Lucerna, Saragoça e Sófia expressaram o interesse em concorrer, mas acabaram por não se candidatar.[4][5][6][7][8][9]

No dia 7 de dezembro de 2011, o COI ratificou Lillehammer como os Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de 2016.[3][10]

Organização[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2012, a executiva Siri Hatlen foi designada responsável do Comité Organizador de Lillehammer 2016.[11] Na cerimónia de encerramento das Olimpíadas de Inverno da Juventude de 2012 em Innsbruck, Lillehammer recebeu a Bandeira Olímpica.[12] Tomas Holmestad é o director-executivo de Lillehammer 2016.[13] Em Agosto de 2014, o Comité Organizador de Lillehammer contava com 20 funcionários, número que deverá crescer para 80 funcionários em Janeiro de 2016.[14]

Infraestruturas[editar | editar código-fonte]

Lysgårdsbakken
Tal como as outras infraestruturas, Lysgårdsbakken foi construído para as Olimpíadas de Inverno de 1994.

Foram usadas nove infraestruturas de competição e 11 extra-competição, todas existentes com exceção da Vila Olímpica. Os Jogos aconteceram em quatro municípios: Lillehammer, como sede principal e os vizinhos Hamar, Gjøvik e Øyer.[15] Os primeiros três estão localizados perto do lago de Mjøsa[16] e cada um tem cerca de 27 mil residentes, enquanto Øyer tem cinco mil residentes e localiza-se no vale de Gudbrandsdalen. Haverá cinco locais de competição em Lillehammer, dois em Hamar e um em Gjøvik e Øyer.[15][17]

Em Lillehammer, a Arena de Saltos de Lysgårdsbakken tem a capacidade para 50 mil pessoas. A colina de Lysgårdsbakken tem uma pista de 138 m e um k-point de 123 m, enquanto a colina normal tem o tamanho 100 m e o K-point de 90 m. A Arena estará sediando além dos saltos de esqui e do combinado nórdico e cerimônia de abertura.[18][19] O Estádio de Esqui de Birkebeineren sediou o esqui cross-country, o biatlo, além do combinado nórdico.[19][20] O circuito de cross-country tem a capacidade de 31 mil pessoas sentadas e no módulo de biatlo capacidade de 13 500.[21] Além disso, os espectadores podem assistir ao longo das pistas. A Arena de Kanthaugen com capacidade para 15 000 espectadores sediará o esqui estilo livre e a prova do halfpipe do snowboard.[19]

A Pista Olímpica de Bobsleigh e Luge de Lillehammer, localizada em Hunderfossen, é a única pista de bobsleigh, luge e skeleton nos países nórdicos.[22] O Kristins Hall irá acolher o hóquei no gelo e o curling.[19] O Gjøvik Olympic Cavern Hall, localizado numa caverna, irá ser a sede dos eventos de patinação de velocidade em pista curta.[19][23] Em Hamar, o Vikingskipet sediou a patinação de velocidade, e o Anfiteatro Olímpico de Hamar sediou a patinação artística e a patinação de velocidade em pista curta.[19] O esqui alpino e o snowboard slopestyle acontecerão em Hafjell, em Øyer.[19]

Uma tenda montada noStampesletta, um complexo multidesportivo perto do Kristins Hall,[24] foi palco das cerimônias de premiações e de encerramento.[25] Os jogos terão duas Vilas Olímpicas: a principal, em Lillehammer, para os eventos na cidade e em Øyer; e a secundária em Hamar, para as provas no local e em Gjøvik.[26][27] A Vila de Lillehammer consistirá do Hotel Birkebeineren e de seu complexo de apartamentos. A expansão do hotel será a única obra especifica para os Jogos e dali pode-se acessar a pé as principais instalações, com o Håkons Hall a se transformar no refeitório. A Vila de Hamar consistirá do Hotel Scandic Hamar.[27] Além disso, há cinco infraestruturas culturais designadas em Lillehammer: Kulturhuset Banken, Museu de Arte de Lillehammer, Colégio Universitário de Lillehammer, Maihaugen e a Academia Nansen.[28] O centro de imprensa será na Escola Secundária de Mesna, que fica perto de Stampesletta.[19]

Todas as infraestruturas foram especificamente construídas para os Jogos Olímpicos de Inverno de 1994.[29] O Kristins Hall foi a única não foi usada em 1994, tendo sido utilizada apenas para treinos dos esportes de gelo.[30] O Håkons Hall e o resort de Kvitfjell foram utilizados em 1994, mas não durante os Jogos de 2016. O Håkons Hall será a sede do programa "Lean and Share" (Aprenda e Partilhe).[29] A área já está completamente testada pois desde então sedia vários eventos internacionais. O principal acesso a cidade é o Aeroporto de Oslo Gardermoen, localizado a 145 quilômetros (90 mi) ao sul de Lillehammer.[31] A cidade está conectada a linha de trem Dovrebanen e a Estrada europeia 6.[32]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Mascote[editar | editar código-fonte]

O Comité Organizador de Lillehammer abriu um concurso internacional para o desenho da mascote em Fevereiro e Março de 2014.[33] A competição requereu que as propostas de desenho fossem baseadas num animal, existente ou fantasiado, que parecesse jovem, alegre e que evocasse e representasse o espírito dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude e da sua edição de 2016.[34] O LYOGOC recebeu mais de 50 ideias de todo o mundo,[35] e um júri composto por quatro elementos conceituados seleccionou os três finalistas.[35][36] As propostas finalistas foram apresentadas na página oficial de Facebook de Lillehammer 2016, onde foram submetidas a votação dos fãs.[36] O lince Sjogg ganhou a competição, e foi desenhado por Line Ansethmoen, um jovem de 18 anos.[35][37]

Desportos[editar | editar código-fonte]

Esta lista inclui os esportes previstos para as Olimpíadas de Inverno da Juventude de 2016.[38] São sete desportos num total de 15 disciplinas.

Novos eventos[editar | editar código-fonte]

Alguns eventos vão estrear no programa:[39][40]

Biatlo (1)
  • Revezamento simples misto
Bobsleigh (2)
  • Corrida em monobob (masculino e feminino)
Esqui cross-country (2)
  • Cross-country cross (masculino e feminino)
Esqui estilo livre (2)
  • Slopestyle (masculino e feminino)
Patinação de velocidade (1)
  • Velocidade por equipes mistas
Snowboard (3)
  • Snowboard cross (masculino e feminino)
  • Ski-snowboard cross misto por equipes (com atletas do snowboard)
Combinado (1)
  • Nórdico por equipes mistas (com atletas do esqui cross-country e salto de esqui)

Nações participantes[editar | editar código-fonte]

Espera-se a participação de 70 nações, representadas pelos atletas enviados pelos respectivos Comités Olímpicos Nacionais.[40] A totalidade dos participantes e das nações em prova só será conhecida mais próximo dos Jogos, abaixo a lista dos CONs com pelo menos um atleta já classificado:

Calendário[editar | editar código-fonte]

Referência: [38]

OC Cerimónia de abertura Provas/eliminatórias 1 Finais CC Cerimónia de encerramento
Fevereiro 12
Sex
13
Sáb
14
Dom
15
Seg
16
Ter
17
Qua
18
Qui
19
Sex
20
Sáb
21
Dom
Eventos
Cerimónias OC CC
Biatlo 2 2 1 1 4
Bobsleigh 2 2
Combinado nórdico 1 1 1 3
Curling 1 1 2
Esqui alpino 2 2 1 1 1 1 1 9
Esqui cross-country 2 2 2 7
Esqui estilo livre 1 1 1 1 1 5
Hóquei no gelo 1 1 2 4
Luge 1 2 1 3
Patinação artística 2 2 4 12
Patinação de velocidade 2 2 1 2 7
Patinação de velocidade em pista curta 2 2 1 5
Salto de esqui 2 1 3
Skeleton 2 2
Snowboard 1 1 1 1 4
Total de finais
Total cumulativo
Fevereiro 12
Sex
13
Sáb
14
Dom
15
Seg
16
Ter
17
Qua
18
Qui
19
Sex
20
Sáb
21
Dom
Eventos

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Para o quadro completo, veja Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude de 2016

     País sede destacado.
 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 Estados UnidosUSA Estados Unidos 10 6   16
2 Coreia do SulKOR Coreia do Sul 10 3 3 16
3 RússiaRUS Rússia 7 8 9 24
4 AlemanhaGER Alemanha 7 7 8 22
5 NoruegaNOR Noruega 4 9 6 19
Equipes de CONs mistosMIX Equipes de CONs mistos 4 4 5 13
6 SuíçaSUI Suíça 4 3 4 11
7 ChinaCHN China 3 5 2 10
8 CanadáCAN Canadá 3 2 1 6
9 SuéciaSWE Suécia 3 2   5
10 EslovêniaSLO Eslovênia 3   2 5
11 JapãoJPN Japão 2 4   6
12 ÁustriaAUT Áustria 2 3 5 10
13 FrançaFRA França 2 1 3 6
14 Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 2   2 4
15 ItáliaITA Itália 1 2 6 9
16 LetôniaLAT Letônia 1 1   2
17 RomêniaROU Romênia 1     1
UcrâniaUKR Ucrânia 1     1
19 AustráliaAUS Austrália   3 1 4
20 República ChecaCZE República Checa   2 2 4
21 FinlândiaFIN Finlândia   1 5 6
22 HungriaHUN Hungria   1 1 2
Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia   1 1 2
24 BélgicaBEL Bélgica   1   1
EslováquiaSVK Eslováquia   1   1
26 CazaquistãoKAZ Cazaquistão     2 2
27 BulgáriaBUL Bulgária     1 1
Países BaixosNED Países Baixos     1 1
TOTAL 70 70 70 210

Referências

  1. Emily Goddard (27 de Setembro de 2013). «Lillehammer 2016 revises dates to coincide with 22-year anniversary of 1994 Olympics» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  2. Duncan Mackay (7 de Dezembro de 2011). «Lillehammer awarded 2016 Winter Youth Olympic Games» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  3. a b «Lillehammer é a sede dos Jogos da Juventude de Inverno de 2016». Planeta Olímpico. Dezembro de 2011. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 25 de Agosto de 2015 
  4. «Lake Placid Should Consider 2016 Youth Games Bid – Rogge» (em inglês). Games Bids. 9 de Dezembro de 2009. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  5. «Lake Placid Leaning towards 2020 Youth Games Bid» (em inglês). Games Bids. 18 de Setembro de 2010. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  6. «¿Zaragoza 2016 - Juegos Olimpicos de la Juventud?» (em espanhol). Pirineos Olímpicos. 13 de Outubro de 2009. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  7. «Sofia To Bid For 2016 Winter Youth Games» (em inglês). Games Bids. 19 de Janeiro de 2009. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  8. «Sofia Out Of 2016 Youth Winter Games Bid» (em inglês). Games Bids. 13 de Abril de 2010. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  9. Duncan Mackay (16 de Abril de 2010). «Lillehammer considering bid for 2016 Winter Youth Olympics» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 24 de Abril de 2015. Other cities expected to bid are Lucerne in Switzerland and Zaragoza in Spain while Lake Placid (...) may also put themselves forward. 
  10. «Lillehammer named Winter Youth Olympic Games host for 2016» (em inglês). Comité Olímpico Internacional (COI). 7 de Dezembro de 2011. Arquivado do original em 21 de Agosto de 2012 
  11. Tom Degun (22 de Janeiro de 2012). «Businesswoman appointed head of Lillehammer 2016» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 24 de Abril de 2015 
  12. Tom Degun (22 de Janeiro de 2012). «Innsbruck 2012 brought to close as Olympic flag passed to Lillehammer 2016» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 18 de Março de 2015 
  13. «Tomas Holmestad new CEO for Lillehammer 2016» (em inglês). Federação Internacional de Esqui (FIS). 2 de Outubro de 2013. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  14. «Adecco teams up with Lillehammer 2016 Youth Olympic Games» (em inglês). Lillehammer 2016. 13 de Maio de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015. There are currently 20 people working for Lillehammer 2016, and the organization will continue to grow until it reaches 80 employees in the months before the event takes place. 
  15. a b «Winter Youth Olympic Games, Lillehammer, Norway – Information for the media» (em inglês). COI. 24 de Agosto de 2015. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  16. «Mjøsa» (em norueguês). Store Norske Leksikon. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 25 de Julho de 2015 
  17. «2016 Winter Youth Olympic Games - Figure Skating» (em inglês). União Internacional de Patinagem (ISU). Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 20 de Abril de 2015 
  18. «Lillehammer/Lysgård» (em inglês). Ski Jumping Hill Archive. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 6 de Dezembro de 2014 
  19. a b c d e f g h «Lillehammer 2016 - Press / Media» (em inglês). Lillehammer 2016. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  20. NIF: 10
  21. «Birkebeineren Ski Stadium» (em inglês). Triposo. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  22. «Lillehammer Olympic Bob- and Luge Track» (em inglês). Lillehammer.com. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  23. «Gjøvik Olympic Cavern Hall» (em inglês). Complex.com. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  24. «Stampesletta» (em inglês). Triposo. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  25. «Candidate city for the Winter Youth Olympic Games Lillehammer 2016» (PDF). 38 páginas. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 1 de Setembro de 2015 
  26. «Candidate city for the Winter Youth Olympic Games Lillehammer 2016» (PDF). pp. 40–43. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 1 de Setembro de 2015 
  27. a b «Candidate city for the Winter Youth Olympic Games Lillehammer 2016» (PDF). pp. 44–46. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 1 de Setembro de 2015 
  28. NIF: 34–37
  29. a b LOOC (III): 14
  30. «Lillehammer 1 år igjen». Bergens Tidende (em Norwegian). 12 de fevereiro de 1993. p. 14 
  31. IOC (2011): 5
  32. IOC (2011): 7
  33. «Design a mascot for Lillehammer 2016!» (em inglês). COI. 17 de Fevereiro de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 8 de Junho de 2014 
  34. «2nd Winter YOG - Be the one to create the Lillehammer 2016 mascot!» (em inglês). European Olympic Committees Website. 5 de Março de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  35. a b c Paul Osborne (11 de Junho de 2014). «Lynx voted as official mascot for Lillehammer 2016» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  36. a b «Here are the three nominees for the mascot competition» (em inglês). Lillehammer 2016. 11 de Abril de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  37. «Meet Sjogg, Lillehammer 2016's mascot!» (em inglês). COI. 10 de Dezembro de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 4 de Abril de 2015 
  38. a b «Lillehammer 2016 - Simple Event Schedule» (PDF) (em inglês). Lillehammer 2016. Novembro de 2013. Consultado em 27 de agosto de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 27 de agosto de 2015 
  39. «Exciting new events added to Lillehammer 2016 programme» (em inglês). COI. 15 de Outubro de 2013. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 16 de Outubro de 2013 
  40. a b «Lillehammer 2016 - Sport» (em inglês). Lillehammer 2016. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 27 de Agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]