Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
IV Olimpíada de Verão da Juventude
Jogos Olímpicos da Juventude de 2022
Dados
País anfitrião Senegal
Cerimônia de abertura a definir
Cerimônia de encerramento a definir
◄◄ Buenos Aires 2018 {{{evento}}} 2030 ►►

Os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2022 vão ser a quarta edição dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude, festival internacional desportivo, educacional e cultural para os jovens atletas.

O evento estava marcado para acontecer em 2022, mas durante a 127ª Sessão do COI ficou decidido que a partir da quarta edição os Jogos não seriam mais realizados em um ano olímpico, fazendo com que esta edição fosse adiada para 2023.[1] À época, o Comitê Olímpico Internacional estava conversando individualmente com as cidades interessadas para organizar o evento.[2] Posteriormente o COI anunciou que a decisão de adiar os Jogos em um ano foi revertida, e juntamente a essa decisão, a própria instituição, recomendou a realização desta edição na África.[3] A decisão foi confirmada e ratificada durante a 132ª Sessão do COI, realizada em Seul.[4][5] A cidade-sede desta edição foi anunciada na sessão seguinte da entidade em Buenos Aires, Argentina, sendo atribuída a Dakar, no Senegal.

Porém devido a pandemia de COVID-19 que afetou a realização de diversas competições esportivas, inclusive o adiamento dos Jogos Olímpicos convencionais de 2020 para 2021, o COI em comum acordo com o comitê organizador de Dakar resolveu adiar a competição para 2026.[6]

Cidades candidatas[editar | editar código-fonte]

Depois de sediar os Jogos Africanos da Juventude de 2014 na capital e maior cidade do Botsuana, o Comitê Olímpico Nacional de Botsuana estava considerando se candidatar para outras competições, como os Campeonatos Africanos de Atletismo e Natação e as Olimpíadas da Juventude de 2022[7]. Lassana Palenfo, presidente da Associação de Comités Olímpicos Nacionais da África, sugeriu uma candidatura africana conjunta entre África do Sul, Angola e Botsuana.[8]

Em 6 de fevereiro de 2018, o Senegal declarou publicamente que tem interesse em sediar os Jogos. O Presidente do Comitê Olímpico do Senegal, Mamadou Ndiaye disse que o país havia terminado a reforma e construção de diversos locais esportivos.[9]

Potenciais candidatas[editar | editar código-fonte]

Em 2015,Pang Chung, ex-secretário-geral da Federação Desportiva e Comité Olímpico de Hong Kong, que ainda é conselheiro do organismo, afirmou que as Olimpíadas da Juventude de 2022 seriam perfeitas para Hong Kong. Disse também que os Jogos da Ásia Oriental de 2009 mostraram que a região pode sediar um evento multiesportivo. Pang ainda ressaltava o aumento do impacto do esporte na região, caso Pequim fosse escolhida a sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. Hong Kong já apresentou uma candidatura aos Jogos Asiáticos de 2006 e não conseguiu apresentar a candidatura à edição de 2022 que serão também realizados na China.[10]

O Prefeitura de Roterdã iria realizar um estudo para avaliar se a cidade deveria se candidatar aos Jogos Olímpicos da Juventude de 2022. André Bolhuis, Presidente do Comitê Olímpico Holandês, admitiu que o organismo veria com bons olhos receber o evento em Roterdã. Na edição de 2018 a cidade não conseguiu tornar-se candidata.[11]

Em Fevereiro de 2016, o partido Die Linke, juntamente com o Partido Democrata Ecológico (ODP) da Alemanha enviaram uma carta ao presidente da Câmara Municipal de Munique, Dieter Reiter, para considerar uma possível candidatura aos JOJ.[12]

Candidaturas canceladas[editar | editar código-fonte]

Em Abril de 2016 a Fundação Olímpica da Cidade de Monterrey anunciou que a cidade desistiu de candidatar aos JOJ de 2023 como tinha originalmente planeado. Tentou candidatar-se às edições de 2014 e 2018, mas em ambas as ocasiões o Comité Olímpico Mexicano escolheu apresentar Guadalajara como candidata.[14]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Olympic Agenda 2020» (PDF). Cópia arquivada (PDF) em 8 de maio de 2015 
  2. «Exclusive: Budapest targeted as host of Summer Youth Olympic Games» 
  3. «132nd International Olympic Committee Session: Day two» (em inglês). Inside the Games. 7 de fevereiro de 2018. Consultado em 17 de julho de 2020 
  4. «IOC President Thomas Bach reports on the Youth Olympic Games 2022». Comitê Olímpico Internacional. 4 de fevereiro de 2018. Consultado em 4 de fevereiro de 2018. the Executive Board wants these youth Olympic Games 2022 to take place in Africa. Therefore the EB decided today to propose to the session to make the african continent a strong priority ... 
  5. «132nd International Olympic Committee Session: Day two». insidethegames.biz. 7 de fevereiro de 2018. Consultado em 7 de fevereiro de 2018 
  6. «FUTURE YOUTH OLYMPIC GAMES ORGANISERS UPDATE 136TH IOC SESSION» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 17 de julho de 2020. Consultado em 17 de julho de 2020 
  7. Malunga, Bongani (2 de Outubro de 2014). «Botswana braced to host more continental competitions» (em inglês). Botswana Gazette. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2014 
  8. Butler, Nick (11 de Outubro de 2015). «Africa could launch joint-bid for Summer Youth Olympics, claims Palenfo» (em inglês). Inside the Games. Consultado em 2 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  9. «Senegal To Bid For First Youth Olympic Games In Africa In 2022» 
  10. Kin-Wa, Chan (27 de Junho de 2015). «Youth Olympics perfect for Hong Kong, says former federation official Pang Chung» (em inglês). Consultado em 2 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 12 de julho de 2016 
  11. «Rotterdam To Study 2023 Youth Olympic Games Bid» (em inglês). GamesBids. 16 de Janeiro de 2016. Consultado em 2 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 13 de abril de 2016 
  12. «Interest Growing To Host 2023 Youth Olympic Games in Munich» (em inglês). GamesBids. 18 de Fevereiro de 2016. Consultado em 2 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 13 de abril de 2016 
  13. В Казани могут пройти юношеские Олимпийские игры 2023 - Новости Казани и Татарстана[ligação inativa]
  14. «Monterrey, Mexico Abandons 2023 Youth Olympic Games Bid» (em inglês). GamesBids. 7 de Abril de 2016. Consultado em 2 de Agosto de 2016. Cópia arquivada em 23 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]