Saltar para o conteúdo

José Freire Falcão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
José Freire Falcão
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo-emérito de Brasília
Info/Prelado da Igreja Católica
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Brasília
Nomeação 15 de fevereiro de 1984
Predecessor José Newton de Almeida Baptista
Sucessor João Braz de Aviz
Mandato 1984 - 2004
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 19 de junho de 1949
Limoeiro do Norte
por Aureliano de Matos
Nomeação episcopal 24 de abril de 1967
Ordenação episcopal 17 de junho de 1967
por José de Medeiros Delgado
Nomeado arcebispo 25 de novembro de 1971
Cardinalato
Criação 28 de junho de 1988
por Papa João Paulo II
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Lucas na Via Prenestina
Brasão
Lema IN HUMILITATE SERVIRE
servir na humildade
Dados pessoais
Nascimento Ererê
23 de outubro de 1925
Morte Brasília
26 de setembro de 2021 (95 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas -Bispo coadjutor de Limoeiro do Norte (1967)
-Bispo de Limoeiro do Norte (1967-1971)
-Arcebispo de Teresina (1971-1984)
Sepultado Catedral Metropolitana de Brasília
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

José Freire Falcão (Ererê, 23 de outubro de 1925 - Brasília, 26 de setembro de 2021) foi um cardeal brasileiro e o segundo Arcebispo de Brasília.

Primeiros anos

[editar | editar código-fonte]

Nascido no interior do Ceará, na cidade de Ereré, estudou no seminário da Prainha, em Fortaleza, e ordenou-se padre em Limoeiro do Norte em 19 de junho de 1949.[1][2] Até 1967, trabalhou na diocese de Limoeiro do Norte, no ministério pastoral, e foi vice-diretor do Liceu Diocesano. Foi membro da faculdade do seu seminário menor e outras instituições de ensino e assistente eclesiástico da Ação Católica.[3]

Foi o único cearense que chegou ao cargo de cardeal da Igreja Católica.[4]

Eleito bispo-titular de Vardimissa e bispo-coadjutor designado, com direito de sucessão, de Limoeiro do Norte em 24 de abril de 1967. Foi consagrado em 17 de junho, por José de Medeiros Delgado, arcebispo de Fortaleza, assistido por Vicente de Paulo Araújo Matos, bispo de Crato, e por José Mauro Ramalho de Alarcón Santiago, bispo de Iguatu. Sucedeu a Sé de Limoeiro do Norte em 19 de agosto de 1967.[5][2] Frequentou a II Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, de Medellín na Colômbia, entre 24 de agosto e 6 de setembro de 1968.[6]

Promovido a sé metropolitana de Teresina em 25 de novembro de 1971.[7] Frequentou o III Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, Puebla no México, entre 27 de janeiro e 13 de fevereiro de 1979 e da VI Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, na Cidade do Vaticano, entre 29 de setembro e 28 de outubro de 1983.[8] Foi transferido para a sé metropolitana de Brasília em 15 de fevereiro de 1984.[9] No mesmo ano, foi eleito segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano.[10]

Falcão com o vice-presidente brasileiro José Alencar, em 2003

Foi criado cardeal no consistório de 28 de junho de 1988, recebendo o barrete cardinalício e o título de cardeal-presbítero de San Luca a Via Prenestina no mesmo dia.[11][12] Frequentou a VIII Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, na Cidade do Vaticano, entre 30 de setembro e 28 de outubro de 1990 e a IV Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano de Santo Domingo, na República Dominicana, entre 12 e 28 de outubro de 1992.[10][2]

Membro do Conselho de Cardeais para o Estudo dos problemas organizativos e econômicos da Santa Sé, em 2 de dezembro de 1993.[8] Assistiu à Assembleia Especial para a América do Sínodo dos Bispos, na Cidade do Vaticano, entre 16 de novembro e 12 de dezembro de 1997.[13]

Renunciou ao governo pastoral da arquidiocese após ter atingido a idade limite, em 28 de janeiro de 2004.[8] Participou do conclave de 2005, que elegeu o Papa Bento XVI. Perdeu o direito de votar no conclave, quando completou 80 anos de idade, em 23 de outubro de 2005.[14]

Faleceu em 26 de setembro de 2021, em Brasília, no Hospital Santa Lúcia, vítima de complicações da COVID-19.[15][16]

Ordenações episcopais

[editar | editar código-fonte]

O Cardeal Dom José Freire Falcão foi o ordenante principal dos seguintes bispos:

O Cardeal Dom José Freire Falcão foi o co-ordenante dos seguintes bispos:

Ordenação presbítero

[editar | editar código-fonte]
  • O Homem Integral e o Estado Integral (filosofia política de Plínio Salgado), 1957.
  • Refletindo o Evangelho.

Referências

  1. «Arcebispo emérito de Brasilia, cardeal José Freire Falcão, celebra 70 anos de sacerdócio». Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 25 de junho de 2019. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  2. a b c Bruno Marques (2 de setembro de 2014). «FALCÃO, José Freire». Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Fundação Getúlio Vargas. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  3. «Dom José Freire Falcão comemora 90 anos com fé inabalada». Correio Braziliense. 31 de outubro de 2015. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  4. «Cardeal do CE celebra 60 anos de sacerdócio». Diário do Nordeste. 19 de junho de 2009. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  5. «José Freire Falcão». Portal Verdes Mares. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  6. «Cardeal Dom Falcão celebra 91 anos de vida». Dom Total. 25 de outubro de 2016. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  7. «FALCÃO, José Freire». Acidigital. 2015. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  8. a b c The Cardinals of the Holy Roman Church
  9. «Arquidiocese de Brasília celebra missa pelos 85 anos de Dom José Freire Falcão». Arautos do Evangelho. 19 de outubro de 2010. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  10. a b «Cardeal Falcão celebra 90 anos de vida: não há Cruz sem ressurreição». Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - Regional Centro-Oeste. 26 de outubro de 2015. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  11. «Cardeal Dom José Freire Falcão celebra 91 anos de vida». Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - Regional Centro-Oeste. 26 de outubro de 2016. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  12. «Ficha dos cardeais brasileiros e dos principais latino-americanos no conclave». Uol. 15 de abril de 2015. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  13. «DOM DAMASCENO COMPLETA 27 ANOS DE ORDENAÇÃO EPISCOPAL». Arquidiocese de Aparecida. 30 de agosto de 2016. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  14. Deborah Berlinck, Monica Yanakiew e Gina A. Marques (21 de abril de 2005). «CARDEAIS BRASILEIROS PEDEM VOTO DE CONFIANÇA AO PAPA». O Globo. Senado Federal do Brasil. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  15. «Faleceu aos 95 anos o cardeal José Freire Falcão». Vatican News. 27 de setembro de 2021 
  16. «Telegramma del Santo Padre per la morte dell'Em.mo Card. José Freire Falcão, 27.09.2021» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre José Freire Falcão
Wikiquote
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: José Freire Falcão

Precedido por
Aureliano de Matos
Brasão episcopal.
Bispo de Limoeiro do Norte

1967 - 1971
Sucedido por
Pompeu Bezerra Bessa
Precedido por
Avelar Brandão Vilela
brasão episcopal.
Arcebispo de Teresina

1971 - 1984
Sucedido por
Miguel Fenelon Câmara Filho
Precedido por
José Newton de Almeida Baptista
brasão episcopal.
Arcebispo de Brasília

1984 - 2004
Sucedido por
João Braz de Aviz
Precedido por
Antônio Cardeal Poma
Brasão arquiepiscopal
Cardeal-presbítero de
São Lucas na Via Prenestina

1988 - 2021
Sucedido por
Luis José Cardeal Rueda Aparicio