José da Silva Batista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

José da Silva Batista (Pirenópolis, 1 de setembro de 1855), filho de Teodoro da Silva Batista e Efigênia de Siqueira Batista. Em 1882, foi para a freguesia de Santana das Antas, hoje Anápolis, como professor primário. Abriu, depois, uma casa comercial. Possuía alguns conhecimentos de medicina, o que lhe permitiu ser o médico e o farmacêutico da população.

Tornou-se em pouco tempo chefe da localidade, verdadeiro líder do povo. Ele e Gomes de Sousa Ramos pleitearam a elevação da freguesia à categoria de vila, o que conseguiram em 1887, pela Resolução Provincial 811, de 15 de dezembro. Houve, porém, dificuldades para a instalação do município, criadas por alguns políticos de Pirenópolis que não queriam a emancipação.

Em 1889 falecia o fundador da localidade, Gomes de Sousa Ramos, antes da emancipação definitiva do local. Zeca Batista permaneceu à frente do patriótico movimento, o que lhe custou muito trabalho e sacrifício. Enfim, a 10 de março de 1892, era instalada a Vila de Sant'Ana de Antas, tendo como primeiro administrador o José da Silva Batista. Pirenópolis perdia uma boa parte de seu território, mas o Estado ganhava mais um município.

Conseguiu, além de outras coisas, a elevação da vila à categoria de cidade, em 31 de julho de1907, como nome de Anápolis. Em 1909, foi vice-presidente do estado de Goiás e foi um dos chefes de uma revolução vitoriosa. Deposto o governo, ocupou a Presidência do Estado pelo espaço de três meses.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]