Larva migrans visceral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Larva migrans visceral
Especialidade infectologia
Classificação e recursos externos
CID-10 B76.9
CID-9 126.9
DiseasesDB 3263
MedlinePlus 000633
MeSH D007815
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

A larva migrans visceral (LMV) é uma síndrome causada pela migração de larvas de Toxocara canis e Toxocara cati pelo organismo humano. Foi reportada pela primeira vez em 1952.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Beaver, P. C.; Snyder, C. H.; Carrera, G. M.; Dent, J. H.; Lafferty, J. W. (1952). «Chronic eosinophilia due to visceral larva migrans; report of three cases». Pediatrics. 9 (1): 7–19. PMID 14911260 
Ícone de esboço Este artigo sobre Parasitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.