Difilobotríase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Difilobotríase
Classificação e recursos externos
CID-10 B70.0
CID-9 123.4
DiseasesDB 29539
MeSH D004169
Star of life caution.svg Aviso médico

A difilobotríase é uma doença parasitária causada pelo cestódio Diphyllobothrium latum, conhecida como "tênia do peixe", pois só é transmitida ao homem através da ingestão de peixes crus, mal cozidos ou defumados em temperatura inadequada.

Pode atingir cerca de dez metros de comprimento no intestino delgado, sendo assim, um dos maiores parasitas que habitam o homem.

Essa parasitose intestinal é considerada problema de saúde pública, não apenas por causar transtornos aos pacientes, mas por apresentar um grande número de casos assintomáticos (80%), e os indivíduos permanecerem eliminando os ovos enquanto não forem tratados. Dependendo das condições de saneamento básico, pode, por isso, disseminar-se para rios, lagos e mares, contaminando os peixes locais.

O tratamento de primeira escolha é feito com praziquantel na dose única de 5 a 10 mg/kg. Como forma alternativa, pode ser feito niclosamida na dose única de 2g. A tênia será eliminada do corpo.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Apostila do Centro de Vigilância Epidemiológica “Prof. Alexandre Vranjac”, Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar da Secretaria de Estado de Saúde e Coordenadoria de Controle de Doenças. São Paulo, 11 de maio de 2005. Disponível em: http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/hidrica/ifba_difilo.htm, Acesso em 26 de maio de 2008.


Ícone de esboço Este artigo sobre Patologia (doença) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.